Questões

Total de Questões Encontradas: 04

Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: TJ-CE Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Imagem da Questão
Considerando o endereçamento de comunicação hipotética acima, assinale a opção correta.
A
Um expediente oficial com o endereçamento em tela não poderia ser um ofício.
B
Caso o endereçamento em apreço fosse de uma comunicação destinada ao chefe do Poder Judiciário, por exemplo, o vocativo adequado seria Excelentíssimo Senhor, seguido do respectivo cargo.
C
O destinatário da comunicação com o endereçamento em apreço deve ser tratado por Vossa Senhoria.
D
O superlativo Ilustríssimo deve ser acrescentado imediatamente antes do termo “Senhor” no endereçamento em questão a fim de garantir maior formalidade de tratamento do destinatário.
E
O referido endereçamento poderia constar no campo reservado ao destinatário de um memorando, imediatamente após a data.
Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: TJ-CE Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Assinale a opção correta a respeito do padrão ofício.
A
A assinatura pode ficar em página isolada do expediente, desde que as páginas estejam numeradas.
B
Por ser expedido apenas por ministros de Estado para autoridades de mesma hierarquia, o aviso deve ter como fecho o termo Atenciosamente.
C
O memorando tem como finalidade o tratamento de assuntos meramente administrativos entre unidades de um mesmo órgão, não devendo ser utilizado para a exposição de diretrizes a serem adotadas por determinado setor do serviço público.
D
O ofício difere do aviso e do memorando porque, em sua redação, dispensa-se a inclusão do endereço do destinatário.
E
Os parágrafos do texto de um expediente oficial devem ser numerados, ainda que estejam organizados em títulos e subtítulos.
Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: TJ-CE Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Assinale a opção correta acerca dos aspectos formais das comunicações oficiais.
A
A formalidade diz respeito à urbanidade na abordagem do assunto da comunicação, ao passo que a impessoalidade diz respeito ao emprego adequado dos pronomes de tratamento na interação com as autoridades.
B
Os ministros dos tribunais superiores devem ser tratados por Vossa Excelência e o vocativo referente a eles deve ser Senhor Ministro.
C
O aviso, o ofício e a exposição de motivos têm a apresentação do padrão ofício, embora difiram quanto à diagramação.
D
Os pronomes possessivos devem ser empregados em concordância com os pronomes de tratamento, a exemplo de “Vossa Senhoria deve prestar contas de vosso uso da verba de gabinete”.
E
Assinatura, nome e cargo compõem a forma da identificação do signatário, elemento essencial nas comunicações oficiais, exceto quando o remetente é o presidente da República.
Ano: 2014 Banca: CESPE Órgão: TJ-CE Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
A respeito dos aspectos gerais da redação oficial, assinale a opção correta de acordo com o Manual de Redação da Presidência da República (MRPR).
A
A fim de conferir clareza ao texto redigido, prescinde-se de sua releitura, que requer tempo e atenção para corrigir erros.
B
Tendo em vista que as comunicações oficiais têm caráter público e finalidade de informar com o máximo de clareza e concisão e que a impessoalidade contribui para o alcance dessa finalidade, o MRPR recomenda o uso de padrão oficial de linguagem na redação de expedientes oficiais.
C
Para atender ao princípio de economia linguística, relacionado à qualidade de concisão, é recomendado o uso de abreviações e siglas no texto oficial, dispensando-se a explicação de seu significado, uma vez que este é facilmente apreensível pelo leitor.
D
A redação oficial deve nortear-se pelos atributos de formalidade, uniformidade, verbosidade e uso do padrão culto da língua.
E
A impessoalidade evita a interpretação ambígua que poderia resultar de um tratamento personalista dado ao texto e é alcançada com a contribuição de atributos como concisão, clareza, objetividade e formalidade.
Página 1 de 1