Questões

Total de Questões Encontradas: 05

Uma auditoria em sistema computacional tem por finalidade verificar de que forma ele foi executado, ou seja, conferir se  tudo está funcionando de acordo com o que foi planejado. Utiliza‐se para verificar a configuração atual de um sistema e,  com isso, identificar se o mesmo está de acordo com os padrões estabelecidos e/ou adquiridos. A auditoria pode ser feita  manualmente ou mesmo através de algum software específico. Antes da análise os dados precisam ser identificados e  coletados. Existem muitas formas de se fazer isso e uma delas envolve avaliar procedimentos de controle de mudança e  adequação de controles, regras e esquemas. A afirmação anterior refere‐se a:
A
Política de revisão.
B
Lista de verificação.
C
Configurações de revisão.
D
Documentação de revisão.
As atividades de um projeto, inter‐relacionadas, compõem um todo organizado, que pode ser denominado de diagrama  de rede, ou como normalmente é conhecido – rede PERT (Program Evaluation and Review Technique). O diagrama de  rede  evidencia  esses  inter‐relacionamentos  entre  as  atividades  no  projeto  global.  Outra  forma  mais  comum  de  representação gráfica para cronogramas é o diagrama de Gantt ou diagrama de barras.  Ambos têm vantagens e  desvantagens; entretanto, há uma vantagem comum aos dois modelos. Assinale a alternativa correta que apresenta  essa vantagem.
A
Simples entendimento.
B
Escala de tempo bem definida.
C
Visualização de atrasos com facilidade.
D
Interdependência entre as atividades bem definida.  
Segundo o PMI (Project Management Institute), o Guia PMBOK (Project Management Body of Knowledge) tem como  principal objetivo a identificação do subconjunto do corpo de conhecimentos em gerenciamento de projetos, amplamente reconhecido como boas práticas. No Guia PMBOK 4ª edição, 42 processos são abordados, divididos em nove  áreas do conhecimento. Uma dessas áreas é o Gerenciamento da Integração, subdividido em seis processos. Cada um  dos processos das áreas do conhecimento possui entradas, saídas e ferramentas. No Gerenciamento da Integração, um  dos processos que o compõe é: orientar e gerenciar a execução do projeto. São consideradas entradas desse processo,  EXCETO: 
A
Fatores ambientais da empresa.
B
Plano de gerenciamento do projeto.
C
Ativos de processos organizacionais.
D
Sistema de informações do gerenciamento do projeto.
O Cobit (Control Objective for Information and Related Technology) é um framework de boas práticas para a Governança  de TI. Em 2012, houve o lançamento do Cobit 5 com algumas mudanças em relação ao Cobit 4.1, lançado em 2007. Na  versão anterior eram quatro domínios com 34 processos. Nesta nova versão são cinco domínios e 37 processos,  separados em um domínio para Governança e quatro domínios para Gerenciamento/Gestão. Nesse sentido, são  considerados processos de Gestão/Gerenciamento, EXCETO:
A
Gerenciar a inovação.
B
Gerenciar o conhecimento.
C
Assegurar a otimização dos riscos.
D
Monitorar, avaliar e medir o sistema de controles internos.
A ITIL pode ser considerada uma fonte de boas práticas, utilizadas pelas organizações para estabelecer e melhorar  suas capacitações no gerenciamento de serviços. A ITIL® v3 é composta por cinco publicações ou livros como muitos  autores tratam. Cada uma dessas publicações possui uma série de processos e refere‐se a um estágio do ciclo de vida  do serviço. Como alguns dos processos, cita‐se: avaliação de mudança; validação e teste do serviço; e, gerenciamento  do conhecimento que se encontram no(na):
A
Desenho de Serviço. 
B
Transição de Serviço. 
C
Operação de Serviço.  
D
Estratégia de Serviço. 
Página 1 de 1