Questões

Total de Questões Encontradas: 08

Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
De acordo com o Texto II, a palavra destacada tem sua referência explicitada em:
A
“Até então, esta seria uma construção que resultava de interesses específicos, de setores ou estratos sociais.” (. 6-8) – Nesse trecho, a palavra destacada refere-se ao período inicial da industrialização europeia.
B
“Tal ambiguidade estabelece um patamar para o debate sobre os rumos da cidade.” (. 13-14) – Nesse trecho, a palavra destacada refere-se ao conflito entre as duas concepções de cidade, a pública e a privada.
C
“A opção pelo transporte urbano no modo rodoviário, em detrimento do transporte sobre trilhos, então estruturador das principais cidades, é uma delas. (. 20-22) – Nesse trecho, a palavra destacada refere-se às cidades brasileiras.
D
“A multiplicidade e a variedade, valores do urbano, ali não são consideradas.” (. 27-29) – Nesse trecho, a palavra destacada refere-se às regiões não urbanizadas.
E
“Além disso, com o crescimento demográfico e a expansão do sistema urbano, as áreas informais adquirem relevo” (. 33-35) – Nesse trecho, a palavra destacada refere-se à valorização do automóvel no transporte urbano.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
No desenvolvimento do Texto II, antes de abordar as transformações ocorridas nas cidades brasileiras na mudança do milênio, que as estão configurando como instâncias privadas, o autor afirma que
A
a sensação de ser algo à parte do conjunto é inerente à concepção dos shopping centers.
B
as áreas de ocupação informal passaram a ocupar a maior parte das cidades nos últimos anos.
C
o transporte urbano rodoviário se firma em detrimento do antigo transporte sobre trilhos.
D
o conceito de cidade como instância pública se configurou a partir do início do século passado.
E
os condomínios fechados acirram a fragmentação das funções urbanas nas cidades brasileiras.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Ao analisar as etapas do desenvolvimento do conceito de cidade no Texto II, o autor conclui que
A
o crescimento da ocupação informal do solo tem fortalecido o caráter privado das cidades brasileiras.
B
o modelo de cidade como instância pública está ultrapassado mundialmente desde o início do século passado.
C
o sistema de transporte urbano pautado no deslocamento sobre trilhos favorece a segmentação das funções urbanas.
D
os condomínios e os shopping centers são marcas da modernidade nas cidades brasileiras como instâncias públicas.
E
as exigências de infraestrutura e de serviços públicos inviabilizam a cidade como instância pública no novo milênio.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
No Texto I, a forma verbal seria (. 56) é empregada para
A
relatar um fato.
B
anunciar um acontecimento.
C
apresentar uma certeza.
D
afirmar um desejo.
E
expressar uma hipótese.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
A expressão por outro lado (. 60), no início do último parágrafo do Texto I, estabelece uma relação de contraste entre as seguintes ideias:
A
a vida muda permanentemente apesar das forças conservadoras / a mudança é inerente à existência humana, que deve aceitá-la sem contestação.
B
a sociedade é, por definição, conservadora para manter o convívio social / a sociedade acaba por aceitar as mudanças que atendem a suas necessidades.
C
quem defende valores consagrados e aceitos pode estar errado / o conceito de imutabilidade é destituído de fundamento.
D
uma comunidade deve mudar a cada dia seus princípios e normas / impedir a mudança é impossível, porque ela é inerente à existência.
E
uma comunidade que muda a cada dia seria caótica e inviável / a sociedade deve impedir as mudanças desnecessárias à sua sobrevivência.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
O termo em destaque, nas frases do Texto I, refere-se à informação contida nos colchetes em:
A
“as pessoas tendem a aceitar algumas afirmações como verdades indiscutíveis e até mesmo a irritar--se quando alguém insiste em discuti-las.” (. 2-4) [as pessoas]
B
“Questioná-los, reavaliá-los, negá-los, propor mudanças às vezes radicais tornou-se frequente e inevitável” (. 21-23) [o pensamento objetivo e a ciência]
C
“a visão inovadora veio ganhando terreno e, mais do que isso, conquistando posições estratégicas” (. 31-32) [processo de fortalecimento da visão inovadora]
D
“Só que, em muitos casos, não há alternativa senão defendê-los.” (. 52-53) [os fatos]
E
“mas apenas aquelas que de algum modo atendem a suas necessidades e a fazem avançar.” (. 63-64) [mudanças inerentes à existência]
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Ao defender a tese de que a mudança é inerente à realidade, o Texto I apresenta como contra-argumento a ideia de que
A
as certezas oferecem segurança e tranquilidade para a vida em sociedade.
B
as descobertas científicas não ocorreriam sem a discussão sobre a imutabilidade.
C
as verdades constituiriam uma forma de evolução de toda a humanidade.
D
os partidários de ideologias conservadoras impediriam o avanço da sociedade.
E
os valores consagrados não deveriam ser aceitos pela sociedade atual.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
De acordo com o Texto I, a dialética da mudança é devida
A
à discrepância entre aqueles que rejeitam os avanços da ciência e aqueles que preferem aceitar verdades indiscutíveis.
B
à oposição baseada unicamente na experiência e na observação, sem levar em consideração qualquer metodologia científica.
C
à polêmica entre o reconhecimento dos valores inovadores e a presença de outros, consagrados, que garantem a vida em sociedade.
D
ao caráter contraditório da atitude daqueles que se limitam a conhecimentos fundamentados em valores consagrados.
E
ao conflito originado pela supremacia dos princípios teóricos, de um lado, e pela crença nos fenômenos práticos, de outro.
Página 1 de 1