Questões

Total de Questões Encontradas: 31

Ano: 2018 Banca: CONSULPLAN Órgão: CMBH Prova: Analista de TI - Desenvolvimento de Sistemas
Na fase de análise, do processo de desenvolvimento de um sistema, na modelagem de processos, são criados os modelos de processos que descrevem os processos operacionais, e podem ser usados na descrição dos estados do sistema que está sendo desenvolvido. Nesta fase, o DFD (Diagrama de Fluxo de Dados) é um dos principais componentes. O DFD possui quatro elementos, cada um representado por um símbolo gráfico diferente. Um desses elementos possui: um nome (um substantivo); uma descrição; e, uma ou mais conexões com um processo.
 Assinale a alternativa que apresenta esse elemento do DFD.
A
Processo. 
B
Fluxo de Dados.
C
Entidade Externa
D
Depósito de Dados.
Uma das principais ferramentas de modelagem utilizada para a análise estruturada de sistema é o Diagrama de Fluxo de Dados − DFD. Em um DFD,
A
o número máximo de linhas de fluxo de dados é de 5, em cada nível do DFD.
B
os depósitos de dados são representados por losangos.
C
os fluxos de dados são representados por duas linhas paralelas.
D
os processos são representados por círculos.
E
os terminadores são representados por círculos.
A especificação de processos (PSPEC) em análise estruturada
A
é uma listagem organizada de todos os elementos de dados pertinentes ao sistema.
B
é uma listagem estruturada dos elementos de dados gerados por processos externos. 
C
é usada para priorizar os processos do Diagrama de Fluxo de Dados (DFD) de maior complexidade. 
D
especifica os processos do Diagrama de Fluxo de Dados (DFD) que não comportam descrição formal.
E
é usada para descrever todos os processos do Diagrama de Fluxo de Dados (DFD) que aparecem no nível de refinamento final.
Em relação à metodologia estruturada, é correto afirmar que
A
a Análise Estruturada é uma técnica de modelagem da estrutura da organização. 
B
o Projeto do Fluxo de Dados (DFDesign) é utilizado no planejamento da implantação. 
C
o Diagrama de Fluxo de Dados (DFD) não tem utilidade para a Análise de Requisitos. 
D
a Análise Estruturada é uma técnica de modelagem do conteúdo e do fluxo de informação. 
E
um Diagrama de Fluxo de Dados (DFD) descreve o fluxo de informações e as transformações dentro das entidades externas, que são aplicadas à medida que os dados se movimentam em seus processos.
Texto Associado Texto Associado
A respeito de engenharia de software, julgue os próximos itens.
Na técnica dinâmica de geração de dados, a análise de fluxo dos dados é utilizada para determinar as variáveis de entrada responsáveis pelo comportamento incorreto do programa.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2013 Banca: ESAF Órgão: DNIT Prova: Analista Administrativo - Tecnologia da Informação
Assinale a opção correta relativa a Diagrama de Fluxo de Dados (DFD).
A
Possibilita ao programador desenvolver algoritmos de especificação de domínio de informação e do domínio convencional.
B
Possibilita ao engenheiro de software desenvolver programas para compatibilizar informações com funções.
C
Possibilita ao engenheiro de software desenvolver modelos de hardware adequados aos dados.
D
Possibilita ao engenheiro de software desenvolver modelos do domínio da informação e do domínio funcional.
E
Possibilita ao engenheiro de hardware desenvolver algoritmos operacionais dentro do domínio de especificação da informação e das funções.
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Um analista desenvolveu dois Diagramas de Fluxo de Dados (DFDs) para um sistema. A caracterização correta destes diagramas é encontrada em:
A
Ambos os diagramas representam partes do sistema desenvolvido com base na análise estruturada. Um dos diagramas representa a relação entre os processos existentes no sistema em uma única camada de abstração. O outro diagrama apresenta a relação entre os dados do sistema, apoiando o desenvolvimento de bancos de dados relacionais que podem ser implementados em um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados.
B
O diagrama com o nível maior de especificação, conhecido por diagrama de contexto, apresenta uma visão detalhada das entradas e saídas de dados, os processos que tratam os dados originados das entidades externas e armazenam as saídas nos depósitos de dados. O outro diagrama apresenta uma abstração do relacionamento entre os dados armazenados nas entidades externas e nos depósitos de dados, sendo esta uma visão macro do diagrama de contexto.
C
O primeiro diagrama, com o maior nível de abstração, conhecido por diagrama de contexto, contém a representação macro do sistema com as entidades externas, depósitos de dados e o processo do sistema com os fluxos de dados. O outro diagrama apresenta os subprocessos internos ao processo do sistema, com os respectivos fluxos de dados, respeitando as ligações entre as entidades externas e depósito de dados modelados no diagrama de contexto.
D
Os diagramas desenvolvidos seguem a abordagem dos diagramas estruturais da UML, a qual propõe o uso do DFD para ilustrar os processos existentes, os fluxos de dados do sistema, as entidades externas e os depósitos de dados. O diagrama de contexto contém um único processo e os fluxos macros. O segundo diagrama apresenta os diagramas derivados do processo principal.
E
Estes diagramas são baseados na análise estruturada de sistemas e ambos modelam as entidades externas, depósito de dados e os relacionamentos entre as entidades com a definição das cardinalidades, apoiando o desenvolvimento de um banco de dados relacional. O DFD compõe o modelo conceitual, servindo de apoio às próximas etapas de concepção de um banco de dados, tal como o modelo lógico e o modelo físico. 
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TRE-CE Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Permite identificar os limites dos processos, as áreas envolvidas com o processo e os relacionamentos com outros processos e elementos externos à empresa e mostra as características do sistema tais como: I. Agentes que se comunicam com o sistema; II. Dados que o sistema aceita e deve processar; III. Dados que o sistema produz para o ambiente e IV. Fronteira do sistema com o ambiente. Trata-se do diagrama de
A
blocos.
B
contexto. 
C
atividades.
D
sequência. 
E
máquina de estados.
Ano: 2012 Banca: FUNCAB Órgão: MPE-RO Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Na análise essencial, NÃO é reconhecido como um componente do modelo comportamental:
A
Diagrama de Entidade e Relacionamento.
B
Diagrama deTransição de Estado.
C
Diagrama de Contexto.
D
Diagrama de Fluxo de Dados particionado.
E
Especificação de Processos.
No paradigma funcional de análise de sistemas, o diagrama de fluxo de dados (DFD) é uma das ferramentas mais empregadas na construção de modelos. Nesse contexto, o nivelamento de DFD tem por objetivo 
A
garantir o nível de qualidade de DFD. 
B
compatibilizar os fluxos de dados com a visão dos dados oferecida pelo modelo E-R. 
C
integrar as funções de um sistema, representadas em um DFD, com os estados encontrados em um diagrama de transição de estados. 
D
alinhar a perspectiva dos desenvolvedores com a dos usuários do futuro sistema. 
E
representar as funções de um sistema com níveis de detalhamento cada vez maiores.
Página 1 de 4