Questões

Total de Questões Encontradas: 09

Num ambiente Linux, onde pgm representa um programa qualquer, considere o comando a seguir.

                  pgm >> arq
O efeito da submissão desse comando é:
A
adicionar a saída de pgm ao conteúdo do arquivo arq
B
extrair a saída de pgm do conteúdo do arquivo arq;
C
direcionar a saída de pgm para um arquivo denominado arq;
D
usar como input de pgm o arquivo arq;
E
um erro de sintaxe, pois o operador >> não é válido
Ano: 2014 Banca: FGV Órgão: TJ-GO Prova: Analista Judiciário - Suporte Técnico
Para a preparação de um ambiente de virtualização, foram considerados alguns métodos para a instalação de um sistema operacional nas máquinas virtuais, tal que essas pudessem entrar em funcionamento o mais rapidamente possível: 

I. Imagem de disco / disco virtual; 
II. CD-ROM de instalação; 
III. Kernel modificado; 
IV. Servidor de boot PXE. 

Considerando um sistema VMWare ou Xen sem paravirtualização, com múltiplas máquinas virtuais (guests) executando simultaneamente sobre um mesmo hospedeiro (host), as opções aplicáveis são somente:
A
I e II;
B
I e IV;
C
II e III;
D
II e IV;
E
III e IV.
Ano: 2012 Banca: ESAF Órgão: MI Prova: Analista de Sistemas - Informática e Redes
São funções do núcleo do sistema operacional:
A
intervenção no tratamento das exceções, criação, eliminação e controle de processos e bounds, suporte a redes locais e distribuídas, auditoria de gestão. 
B
tratamento de intervenções e exceções, escalonamento e controle de processos e threads, suporte a redes locais e distribuídas, auditoria e segurança do sistema.
C
tratamento de intervenções e interfaces, planejamento e controle de comandos e threads, suporte a redes locais de manipulação de arquivos, compartilhamento e segurança do sistema.
D
tratamento de intervenções escalonadas, otimização da interação entre feedbacks e threads, contabilização do usuário do sistema, auditoria e segurança do sistema. 
E
tratamento de exceções programáveis, escalonamento e auditoria de processos de threads, suporte a CPUs locais e distribuídas, segurança da auditoria do sistema.
Ano: 2012 Banca: ESAF Órgão: MI Prova: Analista de Sistemas - Informática e Redes
Na arquitetura Microkernel
A
permite-se isolar as funções do sistema operacional por diversos processos servidores pequenos e dedicados a serviços específicos.
B
o sistema operacional passa a ser de difícil manutenção. 
C
nunca há necessidade de acesso direto ao hardware, como operações de entrada/saída.
D
permite-se agrupar as funções do sistema operacional por diversos processos clientes pequenos e dedicados a servidores espontâneos.
E
confere-se escalabilidade reduzida ao sistema operacional.
Ano: 2012 Banca: FUNCAB Órgão: MPE-RO Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Num típico sistema de computadores, o componente do sistema operacional no qual se encontra o bloco de controle de processo é:
A
Kernel
B
Shell
C
Sistema deArquivos
D
Assembler
E
Memória
O arquivo de configuração do GRUB (GNU Grand Unified Boot Loader) é utilizado em muitas distribuições Linux, para orientar a carga do sistema operacional. É correto afirmar que a opção presente, nesse arquivo, capaz de especificar um limite de 1 GB de memória para o domínio privilegiado do Xen que tem a responsabilidade de gerenciar os demais sistemas hospedeiros é  
A
kernel_mem=1G 
B
Xen_mem=1G 
C
mem=max:1G 
D
dom0_mem=1G 
E
Xen_mem=max:1G 
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: SABESP Prova: Analista de Gestão - Sistemas
Considere as afirmativas sobre o funcionamento dos Sistemas Operacionais (SOs):

I. Para melhor utilizar a CPU, os SOs modernos utilizam o multiprocessamento, que permite que vários processos fiquem ao mesmo tempo na memória. Os sistemas de tempo compartilhado são uma extensão do multiprocessamento em que algoritmos de escalonamento alternam entre os processos, dando a impressão que estão sendo executados concorrentemente.

II. Para impedir que programas de usuário interfiram na operação apropriada do sistema, o SO tem duas modalidades de operação: modo de usuário e modo kernel. As instruções privilegiadas só podem ser executadas no modo kernel. A memória em que o SO reside também deve ser protegida: um timer impede loops infinitos. Uma interrupção por timer é uma instrução privilegiada.

III. O gerenciamento de processos inclui a criação e a exclusão de processos e mecanismos para a comunicação e sincronização entre processos. O gerenciador de E/S é responsável pela alocação e liberação dinâmica de espaço na memória principal, bem como pelo espaço de armazenamento em dispositivos de E/S. Este gerenciador trabalha com um sistema de arquivos para a representação de arquivos e diretórios.

Está correto o que se afirma APENAS em 
A
I e II.
B
II.
C
II e III.
D
III.
E
I.
Diferentemente da estrutura dos sistemas operacionais da família Windows, a estrutura dos sistemas operacionais Linux é dividida em camadas de funcionalidades conforme apresentada na figura seguinte.
Imagem da Questão
Na estrutura em camadas do sistema operacional Linux, as camadas identificadas pelos números 2, 3 e 4 são, respectivamente, denominadas
A
Kernel, Programas/Comandos e Shell. 
B
Kernel, Driver e Programas/Comandos. 
C
Driver, Shell e Programas/Comandos. 
D
Shell, Driver e Programas/Comandos. 
E
Driver, Kernel e Shell. 
O núcleo do sistema operacional (kernel) é formado por um conjunto de rotinas que oferecem serviços e podem ser acessadas através de chamadas de sistema (system calls). Para tentar criar uma biblioteca de chamadas padronizadas aos serviços do kernel, a ISO e o IEEE propuseram o padrão
A
ISO 8613
B
POSIX
C
OPENSOURCE
D
OPENKERNEL
E
OPENSYSCALLS
Página 1 de 1