Questões

Total de Questões Encontradas: 34

A Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira regula a validação de uma assinatura digital ICP-Brasil, realizada sobre um documento eletrônico, com o estabelecimento de alguns critérios. Um desses critérios utiliza resultados hash do documento, que têm como uma de suas finalidades
A
facilitar a criptografia do documento original.
B
assegurar a integridade do conteúdo digital, mostrando que não houve alteração desse conteúdo desde a criação da assinatura digital pelo signatário.
C
assegurar a autoria, decifrando a assinatura digital com a chave criptográfica secreta, contida no certificado digital do signatário.
D
proporcionar a recuperação do documento original com a aplicação da chave secreta do destinatário sobre o hash
E
proporcionar a recuperação do documento original com a aplicação da chave pública do remetente sobre o hash.
O certificado digital funciona como se fosse uma identidade digital, permitindo a identificação segura e inequívoca do autor de uma mensagem ou transação feita em meios eletrônicos. Com relação aos certificados digitais, assinale V para a afirmativa verdadeira e F para a falsa.

( ) O Certificado A1 é gerado em software, e tem a validade de apenas 1 ano, quando é necessário a sua renovação.
( ) O Certificado A3 é baseado em hardware, com uso de token (USB) ou de cartão inteligente, com validade de até três anos.
( ) A Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) utiliza um esquema de encriptação baseado em chaves simétricas.
( ) A validade de um certificado digital pode ser conferida por meio de uma consulta à Autoridade Certificadora usando o Online Certificate Status Protocol (OCSP).

As afirmativas são, respectivamente, 
A
F – V – F – V
B
F – F – V – F
C
V – V – F – V
D
V – V – F – F
E
F – F – V – V
Ano: 2016 Banca: ESAF Órgão: ANAC Prova: Analista Administrativo - Análise de Sistemas
A Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) é uma cadeia hierárquica e de confiança que viabiliza a emissão de certificados digitais para identificação virtual do cidadão. O Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), além de desempenhar o papel de Autoridade Certificadora Raiz (AC-Raiz), também tem o papel de credenciar e descredenciar os demais participantes da cadeia, supervisionar e fazer auditoria dos processos. Portanto, o modelo adotado pelo Brasil é o de
A
Certificação de Raiz Assimétrica
B
Certificação com Raiz Única
C
Certificação com Raízes Independentes
D
Certificação de Autoridades Registradoras Simétricas
E
Certificação com Autoridade Registradora Única
Texto Associado Texto Associado
A respeito de mecanismos de segurança da informação, julgue os itens a seguir.
Uma autoridade registradora (AR), subordinada à hierarquia da ICP-Brasil, é responsável por emitir, distribuir, renovar, revogar e gerenciar certificados digitais, bem como por verificar se o titular do certificado possui a chave privada que corresponde à chave pública que faz parte do certificado digital. 
C
Certo
E
Errado
Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TCM-GO Prova: Auditor de Controle Externo - Informática
Considere que o TCM/GO decidiu adquirir certificados digitais ICP-BRASIL do tipo A3 para que seus servidores possam acessar os sistemas, informações e serviços no ambiente informatizado. Neste tipo de certificado os dados são gerados, armazenados e processados 
A
na nuvem, em repositório sob responsabilidade da ICP-Brasil.
B
em um cartão inteligente ou token.
C
no computador pessoal do usuário.
D
em repositório protegido por senha, cifrado por software.
E
em CD, DVD ou pen drive criptografado. 
Com relação à Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICPBrasil), analise as afirmativas a seguir.

I. O modelo adotado pelo Brasil foi o de certificação com raiz única, sendo que o ITI (Instituto Nacional de Tecnologia da Informação) desempenha o papel de Autoridade Certificadora Raiz (AC‐Raiz).
II. O credenciamento e descredenciamento dos participantes da cadeia abaixo da AC‐Raiz, além da supervisão e da auditoria dos processos, são realizados pelo SERPRO.
III. O Comitê Gestor é o órgão que estabelece a política de certificação e as regras operacionais da AC Raiz, bem como homologa, audita e fiscaliza a AC Raiz e os seus prestadores de serviço.

Assinale:
A
se somente a afirmativa I estiver correta.
B
se somente as afirmativas I e III estiverem corretas.
C
se somente as afirmativas I e II estiverem corretas.
D
se somente as afirmativas II e III estiverem corretas.
E
se todas as afirmativas estiverem corretas.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
A Medida Provisória nº 2200-2, de 24 de agosto de 2001, instituiu a Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) para garantir a autenticidade, a integridade e a validade jurídica de documentos em forma eletrônica. A ICP-Brasil é composta por uma autoridade gestora de políticas e pela cadeia de autoridades certificadoras composta 
A
pelo Comitê de Segurança (CS), pela Autoridade Certificadora Raiz (AC-Raiz), pelas Autoridades de Registro (AR) e pelas Autoridades de Liberação (AL).
B
pelo Ministério da Justiça, pelo Ministério da Fazenda e pelo Ministério da Ciência e Tecnologia.
C
pela Autoridade Certificadora Raiz (AC-Raiz), pelas Autoridades Certificadoras (AC) e pelas Autoridades de Registro (AR).
D
pela Casa Civil da Presidência da República, pelo Ministério da Justiça e pelo Ministério da Fazenda.
E
pela Autoridade Certificadora Raiz (AC-Raiz), pelas Autoridades de Registro (AR) e pelas Autoridades de Segurança (AS).
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Segurança da Informação
O recebimento, validação, encaminhamento de solicitações de emissão ou revogação de certificados digitais e a identificação de forma presencial de seus solicitantes é de responsabilidade da 
A
Unidade de Registro de Domínios.
B
Autoridade Certificadora.
C
Autoridade de Registro.
D
Comissão Regional de Registros.
E
Federação de Segurança.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Segurança da Informação
A Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira (ICP-Brasil) é uma cadeia hierárquica e de confiança que viabiliza a emissão de certificados digitais para identificação virtual do cidadão. O ITI, além de desempenhar o papel de certificação, também tem o papel de credenciar e descredenciar os demais participantes da cadeia, supervisionar e fazer auditoria dos processos. Desse modo, observa-se que o modelo adotado pelo Brasil foi o de certificação
A
presencial e remota.
B
que utiliza RSA e SaaS.
C
que utiliza Diffie-Hellman e SOA.
D
por amostragem.
E
com raiz única. 
Texto Associado Texto Associado
No que diz respeito aos fundamentos de criptografia e certificação digital, julgue os itens subsecutivos. Nesse contexto, considere que a sigla AC, sempre que utilizada, se refira a autoridade certificadora.
Para a obtenção da chave pública de uma AC, utiliza-se um esquema de gerenciamento de chaves públicas, denominado infraestrutura de chaves públicas (ICP). No Brasil, a ICP-Brasil é organizada de forma hierárquica, em que uma AC raiz certifica outras ACs e, posteriormente, estas, bem como a AC raiz, emitem certificados para os usuários finais. 
C
Certo
E
Errado
Página 1 de 4