Questões

Total de Questões Encontradas: 64

Ano: 2019 Banca: UFG Órgão: IF-GO Prova: Técnico de Laboratório - Informática
Em uma rede TCP/IP, o computador é identificado por um número chamado endereço IP. Esse endereço IP consiste em um conjunto de 8 bits, chamado de octeto. O padrão de endereçamento IPv4 utiliza 4 conjuntos de 8 bits (4 octetos) para expressar cada endereço IP. Quantos conjuntos são necessários para formar um endereço IPv6, sabendo-se que cada conjunto é formado por dois octetos?
A
2 conjuntos.
B
4 conjuntos.
C
6 conjuntos.
D
8 conjuntos.
Ano: 2019 Banca: INAZ Órgão: CORE-SP Prova: Técnico - Tecnologia da Informação
Um endereço IP é um identificador único para uma interface de rede de uma máquina. Sobre o endereçamento IP também é correto afirmar:
A
É representado por 2 bytes separados por um ponto, onde cada byte é representado por um número decimal, a fim de tornar a identificação do IP mais simples.
B
Um endereço IP pode ser identificado em uma forma binária, representado por 0 e 1, ou na forma decimal, como por exemplo: 209.265.20.190.
C
O “switch” é o responsável pela interligação das duas redes que envolvem o endereçamento IP, e uma delas é a rede na qual a estação está conectada.
D
Possui uma parte que identifica a rede à qual a interface de rede está conectada e outra parte que identifica a máquina dentro dessa rede.
E
Um endereçamento classe A possui endereços que têm uma porção de identificação de rede de 3bytes e uma de equipamentos de 1byte.
TCP/IP é um conjunto de protocolos usados em redes de computadores. TCP e IP são dois protocolos dessa família e por serem os mais conhecidos, tornou-se comum usar o termo TCP/IP para se referir à família inteira. Sobre TCP/IP, analise as assertivas e assinale a alternativa correta:
I. O TCP é um protocolo orientado à conexão, que exige que as duas extremidades concordem em participar

II. Entende-se por datagrama IP a unidade de transferência básica da Internet em uma rede física, um frame que contém um cabeçalho e dados, e esse cabeçalho fornece informações, tais como a origem (física) e endereços de destino.

III. O protocolo IPv4 trabalha com o tamanho de endereços de 32bits, enquanto que o IPv6 trabalha com endereços de 128 bits

IV. O Address Resolution Protocol (ARP) é utilizado pelo IPv4 para procurar um endereço físico, como MAC por exemplo, associado a um endereço de IPv4, enquanto que O IPv6 incorpora estas funções no próprio IP como parte dos algoritmos para autoconfiguração sem registro.
A
F - V - V - F
B
F - F - F -F.
C
F - V - F - V
D
V - V - V -V.
E
V - V - V - F
Texto Associado Texto Associado
Filtrar e monitorar o tráfego da Internet é uma função muito importante que pode ser realizada pelo programa squid instalado em um servidor proxy transparente com uso de NAT.
Considerando uma versão maior ou igual a 3.1 desse programa, e que utiliza a porta 3128 do protocolo IPv4, assinale a opção que apresenta a diretiva a ser colocada no arquivo de configuração proxy.conf para realizar adequadamente a função de proxy transparente com NAT. 
A
http_port 3128 proxy
B
http_port 3128 nat
C
http_port 3128 gateway
D
http_port 3128 accel
E
http_port 3128 intercept
Ano: 2017 Banca: IBFC Órgão: TJ-PE Prova: Analista Judiciário - Analista de Suporte
Ao se verifcar como é o endereçamento do IPv6 (Internet Protocol versão 6) observa-se que existem três tipos de endereços defnidos, diferentes do IPv4 (Internet Protocol versão 4), que são
A
anycast, broadcast e multicast
B
broadcast, multicast e unicast 
C
broadcast, unicast e geocast
D
anycast, multicast e unicast
E
anycast, broadcast e unicast
Ano: 2017 Banca: IBFC Órgão: TJ-PE Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Ao se discutir onde se emprega o QoS (Quality of Service), ou seja, a prioridade com a qual o pacote deve ser tratado tanto no protocolo IPv4 como no IPv6, verifcou-se que são utilizados campos distintos. Esses campos são respectivamente:
A
TTL (Time to Live) - Trafc Class
B
ToS (Type of Service) - Hop Limit
C
Ofset - Hop Limit
D
TTL (Time to Live) - ToS (Type of Service)
E
ToS (Type of Service) - Trafc Class
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: TRE-RS Prova: Técnico Judiciário - Programação de Sistemas
No endereçamento IPv4, os endereços são agrupados em classes (de A a E), os bites iniciais dos endereços possuem uma ordem de apresentação, e cada grupo de bites é formado a partir do número de hosts e de redes. Considerando essas informações, é correto afirmar que
A
a classe C possui 21 bites para a rede e para 16 hosts
B
os endereços da classe A iniciam-se com 10
C
os endereços da classe C iniciam-se com 110
D
a classe B possui 21 bites para a rede e para 8 hosts
E
a classe A tem 14 bites para a rede e para 16 hosts
Ano: 2016 Banca: CESPE Órgão: TRE-PI Prova: Analista Judiciário - Análise de Sistemas
Considerando que os servidores de aplicação e proxy podem ser usados de diversas formas em um ambiente de redes, assinale a opção correta.
A
As redes DMZ ou zonas desmilitarizadas, por estarem ligadas diretamente à Internet, não devem conter servidores de aplicação de nenhum tipo
B
O servidor proxy é um tipo de gateway, também usado em substituição a um firewall, pois se comunica com o navegador usando HTTP e, com os servidores, usando qualquer outro protocolo definido, incluindo-se o próprio HTTP
C
Os applets são aplicações usadas para promover a interação dos clientes com os servidores de aplicação onde as mesmas aplicações executam suas funções
D
A linguagem JAVA, empregada nos servidores de aplicação atuais, é orientada a objeto e pode usar todas as classes disponíveis na linguagem C, incluindo-se as primitivas de E/S ou I/O, presentes na JAVA e na C
E
Um servidor de arquivos que utiliza a arquitetura .NET deve possuir uma única pilha para tratar, simultaneamente, o IPv4 e o IPv6, quando relacionados à comunicação com a camada de rede
No IPv6, o cabeçalho do datagrama não possui o campo para a fragmentação como no cabeçalho do IPv4. A eliminação desse campo foi possível porque
A
o datagrama IPv6 tem tamanho fixo de 1024 Mbytes o que é suficiente para a transferência de dados sem fragmentação.
B
os roteadores compatíveis com o IPv6 gerenciam a fragmentação de datagramas de forma autônoma.
C
as funções de checar e gerenciar a fragmentação foram inseridas no campo Checksum do datagrama IPv6.
D
os hosts e os roteadores compatíveis com o IPv6 determinam o tamanho do datagrama de forma dinâmica.
E
o cabeçalho do datagrama IPv6 possui o campo Next, utilizado para o tratamento de todos os casos opcionais.
A divisão original em classes de endereços IPv4 ocasionou o problema da utilização inadequada de endereços IPs, gerando desperdício, principalmente para os endereços Classe B. Para mitigar esse problema foi proposto o
A
CIDR.
B
VPN.
C
DHCP.
D
NAT.
E
VLAN.
Página 1 de 7