Questões

Total de Questões Encontradas: 52

Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
            A ciência moderna e a economia de mercado figuram entre as mais notáveis realizações humanas. A Revolução Científica do século XVII e a Revolução Industrial do século XVIII foram apenas o prelúdio do que viria em seguida - a revolução permanente dos últimos três séculos. Ciência e mercado são apostas na liberdade: liberdade balizada por padrões impessoais de argumentação e validação de teorias no primeiro caso; e por regras que fixam os marcos dentro dos quais a busca do ganho econômico por parte das pessoas é livre, no segundo. Por mais brilhantes, entretanto, que sejam suas inegáveis conquistas, é preciso ter uma visão clara do que podemos esperar que façam por nós: a ciência jamais aplacará a nossa fome de sentido, e o mercado nada nos diz sobre a ética - como usar a nossa liberdade e o que fazer de nossas vidas.

            O sistema de mercado - baseado na propriedade privada, nas trocas voluntárias e na formação de preços por meio de um processo competitivo reconhecidamente imperfeito - define um conjunto de regras de convivência na vida prática. A regra de ouro do mercado estabelece que a recompensa material dos seus participantes corresponderá ao valor monetário que os demais estiverem dispostos a atribuir ao resultado de suas atividades: a remuneração de cada um, portanto, não depende da intensidade dos seus desejos de consumo, do civismo de suas ações, do seu mérito moral ou estético. Dependerá tão somente da disposição dos consumidores em pagar, com parte do ganho do seu próprio trabalho, para ter acesso aos bens e serviços que o outro oferece. Mas o mercado não decide, em nome dos que nele atuam, os resultados finais da interação. Assim como a gramática não determina o teor das mensagens, mas apenas as regras das trocas verbais, também o mercado não estabelece de antemão o que será feito e escolhido pelos que dele participam.
(Adaptado de: GIANETTI, Eduardo. Trópicos utópicos. São Paulo: Companhia das Letras, 2016, edição digital)
Considere as afirmações abaixo a respeito da pontuação do texto:

I. Mantendo-se a correção e o sentido original, os travessões podem ser substituídos por vírgulas em: O sistema de mercado - baseado na propriedade privada, nas trocas voluntárias e na formação de preços por meio de um processo competitivo reconhecidamente imperfeito - define...
II. Sem prejuízo da correção, uma pontuação alternativa para um segmento do texto é: A regra de ouro do mercado estabelece que, a recompensa material dos seus participantes, corresponderá ao valor monetário que os demais estiverem dispostos a atribuir, ao resultado de suas atividades.
III. Sem prejuízo da correção e da lógica, o sinal de dois-pontos pode ser substituído por “pois”, precedido de vírgula, no segmento é preciso ter uma visão clara do que podemos esperar que façam por nós: a ciência jamais aplacará a nossa fome de sentido...
IV. Uma vírgula pode ser inserida imediatamente após Assim, sem prejuízo do sentido original, em Assim como a gramática não determina o teor das mensagens...
Está correto o que se afirma APENAS em
A
I e IV.
B
I e III.
C
I e II.
D
II, III e IV.
E
III e IV.
Ano: 2019 Banca: IADES Órgão: BRB Prova: Analista - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Considerando as regras de pontuação, assinale a alternativa correta.
A
No primeiro período, apenas uma das vírgulas deveria ser mantida caso a expressão “é claro” (linha 1) fosse suprimida.
B
O uso da vírgula é opcional antes e depois da oração “que veio cedo na história humana” (linha 3).
C
Por exemplificar o uso correto do ponto e da vírgula, a redação exportou-se papiro do Egito para uso como simples material de escrita. Não era, porém, suficientemente duradouro poderia substituir o trecho “exportou-se papiro do Egito para uso como simples material de escrita, mas não era suficientemente duradouro” (linhas 9 e 10).
D
A impessoalidade do texto seria preservada caso o autor decidisse encerrar o primeiro parágrafo com um ponto de exclamação.
E
Para realçar o sentido do vocábulo “lucrativa” (linha 16), poderia ser empregada uma vírgula antes e outra depois dele.
Ano: 2019 Banca: INAZ Órgão: CORE-SP Prova: Técnico - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
      Solidão Coletiva – uma crônica sobre o vazio de uma cidade grande

 

      Se pararmos para pensar, a solidão nos persegue. Sempre estamos tão juntos e, ao mesmo tempo, tão sozinhos.

      O simples fato de estarmos rodeados por dezenas, centenas ou milhares de pessoas, não nos garante que pertençamos ao grupo.

      A cidade é um dos maiores exemplos. Trem, metrô, ônibus em horário de pico. Homens ou mulheres. Jovens ou velhos. Gordos ou magros. Trabalho ou estudo. Cada um do seu jeito, indo cuidar da sua própria vida. Não há conversa ou um sorriso amigável. Rostos sérios e cansados sem ao menos se preocupar em lhe desejar um bom dia. Parece que ninguém está tendo um bom dia.

      Na rua, todos têm pressa. Mochila à frente do corpo, senão você é roubado. Olhar no chão para manter o ritmo do passo, ou logo à frente, como quem quer chegar logo sem ser importunado.

      Um braço estendido me tira do devaneio. É alguém sentado no chão, com um cobertor fino, pedindo algumas moedas. Como boa integrante de uma multidão fria e apressada, ignoro e continuo meu caminho. Essa é uma visão tão rotineira que se torna banal e, assim como eu, ninguém ali observou aquele cidadão com olhos sinceros. Não me julgue, eu sei que você faz o mesmo. O calor humano não parece suficiente para aquecer corações.

      É um mar de gente. Mas não me sinto como mais uma onda, que compõe a beleza do oceano. Sinto-me em um pequeno barco à vela, perdida em alto mar. Parada no meio da multidão, sinto sua tensão constante, como se a qualquer momento fosse chegar um tsunami. Sinto-me naufragando.

      Você já pegou a estrada à noite? É ali que percebemos que a cidade nunca dorme por completo. Carros a perder de vista em qualquer horário, com luzes que compõem uma beleza única. Porém, esquecemos que em cada carro não existe somente uma pessoa ou outra, mas sim histórias.

      Para onde cada um está indo é um mistério. Neste momento, percebo que, assim como eu enxergava alguns minutos atrás, ninguém ali me vê como ser humano. Veem-me como mais um carro, mais uma máquina que atrapalha o trânsito de um local tão movimentado. Só eu sei meu próprio caminho e para onde vou. Estou sozinha entre centenas de pessoas.

      Mesmo assim, muitas dizem preferir a cidade ao campo. Morar no interior não é uma opção para a maior parte das multidões – elas dizem que lá não há nada de interessante acontecendo e o silêncio da natureza as faz sentir muito distantes do mundo.
Por Beatriz Gimenez Disponível em: https://falauniversidades.com.br/cronica-solidao-cidade-grande/
Os travessões utilizados pela autora no título e no último parágrafo do texto poderiam ser substituídos, respectivamente, por:
A
Vírgula e aspas.
B
Parênteses e reticências.
C
Reticências e vírgula.
D
Aspas e dois-pontos.
E
Dois-pontos e parênteses.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
No que se refere ao uso de sinais de pontuação no texto de referência, é INCORRETO o que se comenta em:
A
No terceiro, no quarto e no sexto parágrafos, a primeira vírgula que se aplica possui a função de isolar adjunto adverbial antecipado.
B
No terceiro parágrafo, nenhuma das vírgulas serve para separar elementos que exercem a mesma função sintática no interior da oração.
C
No segundo e no quarto parágrafos, os parênteses e os travessões desempenham função análoga: isolar, num contexto, palavras ou frases.
D
No quarto parágrafo, as aspas são usadas para duas funções: acentuar o valor significativo de uma expressão e para distinguir uma citação do resto do contexto.
E
Na citação da declaração de Nilo Peçanha, a vírgula separa orações coordenadas assindéticas ao mesmo tempo que marca o limite entre duas partes da informação que estão em relação de contraste.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Imagem da Questão
Sobre o uso da pontuação e, em acordo com a norma-padrão,
A
a quarta e a quinta vírgulas são obrigatórias.
B
a terceira e a sexta vírgulas poderiam ser substituídas por ponto e vírgula
C
a segunda e a terceira vírgulas são obrigatórias. 
D
a primeira vírgula poderia ser substituída por ponto e vírgula.
Ano: 2018 Banca: CEBRASPE Órgão: BNB Prova: Analista de TI - Especialista Técnico
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Internet: <https://especiais.opovo.com.br> (com adaptações)
A respeito dos sentidos e dos aspectos linguísticos do texto precedente, julgue os itens que se seguem.
Nos trechos ‘Não me deixes’ (R.25) e ‘seca encarrilhada’ (R.27), as aspas foram empregadas com a mesma finalidade.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2018 Banca: CEBRASPE Órgão: BNB Prova: Analista de TI - Especialista Técnico
Texto Associado Texto Associado
Texto CB1A3-I
Imagem Associada da Questão
Rachel de Queiroz. O quinze. Rio de Janeiro: José Olympio, 2012 (com adaptações)
Acerca dos aspectos linguísticos e dos sentidos do texto CB1A3-I, julgue os seguintes itens.
A vírgula empregada imediatamente após “água” (R.19) é obrigatória, visto que tem a finalidade de introduzir uma justificativa para o que foi dito anteriormente no período.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2018 Banca: CEBRASPE Órgão: BNB Prova: Analista de TI - Especialista Técnico
Texto Associado Texto Associado
Texto CB1A3-I
Imagem Associada da Questão
Rachel de Queiroz. O quinze. Rio de Janeiro: José Olympio, 2012 (com adaptações)
Acerca dos aspectos linguísticos e dos sentidos do texto CB1A3-I, julgue os seguintes itens.
Seriam preservados a correção gramatical e o sentido original do texto caso os travessões empregados no quarto parágrafo, para efeito de ênfase, fossem substituídos por parênteses ou por vírgulas.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2018 Banca: CEBRASPE Órgão: BNB Prova: Analista de TI - Especialista Técnico
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Considerando os sentidos e os aspectos linguísticos do texto apresentado, julgue os próximos itens.
A vírgula empregada na linha 15 indica a existência de uma relação de oposição entre as ideias dos trechos “No dia seguinte entrou a dizer de mim nomes feios” (R.14 e 15) e “e acabou alcunhando-me Dom Casmurro” (R.15 e 16).
C
Certo
E
Errado
Ano: 2018 Banca: CEBRASPE Órgão: BNB Prova: Analista de TI - Especialista Técnico
Julgue os itens seguintes, relativos aos sentidos e a aspectos linguísticos do texto precedente.
As vírgulas que isolam a oração “que estava sentada na ponta da cama” (R. 11 e 12) foram empregadas para dar ênfase às ideias do texto, por isso sua supressão não interferiria nos sentidos originais do trecho.
C
Certo
E
Errado
Página 1 de 6