Questões

Total de Questões Encontradas: 03

Ano: 2018 Banca: FGV Órgão: CMS Prova: Analista - Tecnologia da Informação
João, servidor público municipal da Câmara Municipal de Salvador, após processo administrativo disciplinar, foi demitido. Um ano depois, João reuniu provas de sua inocência, e logrou êxito em obter decisão administrativa que invalidou sua demissão. 
No caso em tela, de acordo com a Lei Complementar nº 01/91, que institui o Regime Jurídico Único dos servidores públicos do Município de Salvador, o reingresso de João no cargo anteriormente ocupado junto ao Legislativo municipal ocorreu por meio:
A
da readaptação, sem ressarcimento do vencimento e demais vantagens do cargo; 
B
 da reintegração, com ressarcimento do vencimento e demais vantagens do cargo; 
C
do aproveitamento, sem ressarcimento do vencimento e demais vantagens do cargo;
D
 da reversão, com ressarcimento do vencimento e demais vantagens do cargo;
E
da recondução, sem ressarcimento do vencimento e demais vantagens do cargo. 
Pedro, servidor público estadual do Poder Executivo, foi injustamente demitido por falta grave, após processo administrativo disciplinar, sendo acusado de receber propina. Pedro buscou assistência jurídica na Defensoria Pública e, após longo processo judicial, que durou quatro anos, o Poder Judiciário reconheceu que Pedro não praticara o ato que lhe fora imputado, determinando seu retorno ao serviço, com ressarcimento dos vencimentos e vantagens, bem como reconhecimento dos direitos ligados ao cargo. O nome dado à forma de provimento de cargo determinada na decisão judicial é
A
nomeação.
B
retorno.
C
aproveitamento.
D
reintegração. 
E
readaptação.
Claudio, servidor público federal ocupante de cargo efetivo, foi colocado em disponibilidade em face da extinção do órgão no qual estava lotado. Posteriormente, o Órgão Central do Sistema de Pessoal Civil determinou o imediato provimento, por Cláudio, de vaga aberta junto a outro órgão da Administração pública federal. De acordo com as disposições da Lei no 8.112/90, referida situação caracteriza
A
aproveitamento, cabível desde que se trate de cargo com vencimentos e atribuições compatíveis com o anteriormente ocupado pelo servidor. 
B
recondução, obrigatória apenas se o servidor estiver em disponibilidade há menos de 5 (cinco) anos. 
C
reintegração, somente obrigatória em se tratando de órgão sucessor do extinto nas respectivas atribuições. 
D
reversão, facultativa para o servidor, que poderá optar por permanecer em disponibilidade, recebendo 50% (cinquenta por cento) de seus vencimentos.  
E
redistribuição, obrigatória para o servidor, independentemente dos vencimentos do novo cargo. 
Página 1 de 1