Questões

Total de Questões Encontradas: 04

A Administração pública pode editar atos administrativos vinculados ou discricionários, em qualquer dos casos com base no que autorizar a legislação vigente, o que pode ser apontado como uma semelhança. De outro lado, aqueles atos se distinguem, dentre outras razões, porque 
A
os atos vinculados não dependem da existência de motivo ou motivação para serem editados, já que todos os aspectos constam da lei que o autorizou, enquanto que para os atos discricionários é indispensável.
B
os atos discricionários permitem sempre convalidação, enquanto que os atos vinculados devem seguir estritamente o que constar da lei.
C
os atos vinculados permitem ao administrador exame de escolha estritamente no que se refere à finalidade, enquanto que os atos discricionários ensejam essa opção em todos os seus aspectos. 
D
somente os atos vinculados permitem autoexecutoriedade das decisões da Administração, pois os atos vinculados dependem de atuação judicial.
E
os atos discricionários possuem menor espectro de sujeição a controle judicial, preservando seu mérito da ingerência externa, enquanto que os atos vinculados permitem maior controle do Judiciário, visto que ensejam essencialmente exame de conformidade à lei. 
Ano: 2010 Banca: ESAF Órgão: SUSEP Prova: Analista Técnico da Susep - Conhecimentos Básicos
No que tange aos atos administrativos discricionários praticados no âmbito da SUSEP, o Poder Judiciário:
A
não pode sobre eles se manifestar, em face da liberdade que é concedida ao agente público na produção de tais atos.
B
pode exercer controle sobre tais atos, em todos os seus aspectos, em vista da inafastabilidade do Poder Judiciário no exame dos atos dos gestores públicos. 
C
somente poderá exercer o controle que diga respeito à competência daquele que expediu o ato. 
D
poderá exercer o controle que diga respeito ao motivo de tais atos. 
E
poderá exercer o controle que diga respeito à finalidade de tais atos.
Ano: 2010 Banca: ESAF Órgão: SUSEP Prova: Analista Técnico da Susep - Conhecimentos Básicos
O chamado mérito administrativo costuma ser relacionado ao(s) seguinte(s) elemento(s) do ato administrativo:
A
finalidade e objeto. 
B
finalidade e motivo. 
C
motivo e objeto. 
D
finalidade, apenas. 
E
motivo, apenas.
Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TRF 4ª REGIÃO (SUL) Prova: Analista Judiciário - Informática
Quando a Administração pública edita um ato que veicula ao particular que preencheu os requisitos legais a possibilidade de exercer ou realizar uma determinada atividade ou conduta, está-se diante da espécie de ato administrativo conhecida como 
A
autorização, ato vinculado e bilateral, cuja emissão se consubstancia em direito subjetivo do particular.
B
licença, ato discricionário e bilateral, cuja emissão se consubstancia em direito subjetivo do particular. 
C
homologação, ato unilateral e discricionário, cuja emissão deve se dar previamente a outro ato jurídico.
D
licença, ato unilateral, emitida previamente à atividade ou conduta que pretende o particular praticar.
E
homologação, ato vinculado, cuja emissão, presentes os requisitos legais, se dá previamente ao ato jurídico ao qual se refere. 
Página 1 de 1