Questões

Total de Questões Encontradas: 959

Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
No contexto do último parágrafo, a referência aos vários níveis de percepção de uma fotografia remete
A
à diversidade das qualidades intrínsecas de uma foto.
B
às diferenças de qualificação do olhar dos observadores.
C
aos graus de insensibilidade de alguns diante de uma foto.
D
às relações que a fotografia mantém com as outras artes.
E
aos vários tempos que cada fotografia representa em si mesma.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
O segmento do texto que ressalta a ação mesma da percepção de uma foto é:
A
A câmara fotográfica é uma verdadeira máquina do tempo.
B
a fotografia congela o tempo.
C
nosso olhar é a varinha de condão que descongela o instante aprisionado.
D
o significado de uma imagem muda com o passar do tempo.
E
Mas é difícil imaginar alguém que seja insensível à magia de uma foto.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Pode-se inferir, com base numa afirmação do texto, que
A
o ensino religioso demanda profissionais altamente qualificados, que o Estado não teria como contratar.
B
a bancada religiosa, tal como qualificada no último parágrafo, partilha do mesmo radicalismo de Dom Tarcísio Scaramussa.
C
as instituições públicas de ensino devem complementar o que já fazem os templos, a exemplo do que ocorre na cidade de São Paulo. 
D
o aprendizado de uma religião não requer instrução tão especializada como a que exigem as ciências exatas.
E
os membros da bancada religiosa, sobretudo os libe- rais, buscam favorecer o setor privado na implementação do ensino religioso.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Atente para estas afirmações:

I. Ao se declarar um cidadão ao mesmo tempo ateu e liberal, o autor enaltece essa sua dupla condição pessoal valendo-se do exemplo da própria CNBB.
II. A falta de oportunidade para se acessarem mensagens religiosas poderia ser suprida, segundo o autor, pela criação de redes de comunicação voltadas para esse fim.
III. Nos dois últimos parágrafos, o autor mostra não reconhecer nem legitimidade nem prioridade para a implementação do ensino religioso na escola pública.

Em relação ao texto, está correto o que se afirma em
A
I, II e III.
B
I e II, apenas.
C
II e III, apenas.
D
I e III, apenas.
E
III, apenas.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
No que diz respeito ao ensino religioso na escola pública, o autor mantém-se
A
esquivo, pois arrola tanto argumentos que defendem a obrigatoriedade como o caráter facultativo da implementação desse ensino.
B
intransigente, uma vez que enumera uma série de razões morais para que se proíba o Estado de legislar sobre quaisquer matérias religiosas.
C
pragmático, já que na base de sua argumentação contra o ensino religioso na escola pública estão razões de ordem jurídica e econômica.
D
intolerante, dado que deixa de reconhecer, como ateu declarado, o direito que têm as pessoas de decidir sobre essa matéria.
E
prudente, pois evita pronunciar-se a favor da obriga- toriedade desse ensino, lembrando que ele já vem sendo ministrado por muitas entidades.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
... enquanto o amor seria algo mais sólido, dado a parcerias de longa duração.

Considerando-se o contexto, no segmento acima há uma
A
concessão.
B
indicação de finalidade.
C
comparação.
D
contradição.
E
indicação de causa.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Depreende-se corretamente do texto:
A
Estudiosos ainda divergem quanto às causas da incidência de terremotos em municípios de Goiás.
B
As consequências da alta incidência de terremotos em municípios de Goiás preocupam os geólogos.
C
Em razão de sua magnitude, os terremotos que atingem Goiás têm força suficiente para se propagarem até o outro lado do Atlântico.
D
A identificação de uma rachadura na crosta terrestre, provável causa de um terremoto que atingiu Goiás, causou espanto entre os pesquisadores.
E
Em 2010, pega desprevenida, a cidade de Mara Rosa teve de ser desocupada em função de um terremoto fortíssimo. 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Quanto ao desenvolvimento textual, afirma-se corretamente:
A
O autor do texto deixa implícita, no 1o parágrafo, sua concordância com a hipótese de que William Shakespeare não deve ter sido realmente o criador de tantos dramas que marcaram sua época.
B
Apesar de evidente intenção esclarecedora das informações contidas no parágrafo final, à semelhança de verbete de dicionário a respeito da Florença do século XV, elas perdem importância diante da constatação de que os artistas não se consideravam ligados a nenhum ofício.
C
No 2o parágrafo, defende-se a ideia central de que, em razão da ausência de limites temporais precisos para a produção artística, resulta impossível para os teóricos perceber diferenças temáticas entre os representantes de determinada época.
D
Há semelhança nos pontos de vista emitidos tanto pelo historiador alemão citado no 2o parágrafo, que publicou sua obra no século XX, quanto pelo teórico florentino, cuja obra data do século XV.
E
O confronto entre as teorias defendidas por historia- dores nos séculos XIX e XX, a respeito de limites temporais para as manifestações artísticas renascentistas, estabelece parâmetros para a correta identificação da autoria dos dramas de William Shakespeare.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Pela primeira vez na história, eram artistas.

A frase final do texto deve ser entendida como
A
tese que se mostrou coerente ao se referir às ideias apresentadas no 2o parágrafo.
B
retomada dos exemplos e das teorias apresentadas no desenvolvimento, o que garante a coesão textual.
C
repetição enfática, que se apresenta como uma sín- tese das ideias discutidas no texto.
D
conclusão que constitui um fecho coeso do que foi desenvolvido no último parágrafo.
E
exposição de um fato inconteste, que vem confirmar a importância da arte renascentista.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Conclui-se corretamente do texto:
A
Houve dificuldades, reconhecidas ainda hoje, em caracterizar com rigor as inovações perpetradas durante o Renascimento por um grupo de artistas italianos, que se diferenciavam dos demais em razão de seus conhecimentos empíricos.
B
As divergências entre historiadores e críticos referentes à periodização adequada e às características do Renascimento italiano acentuam as dificuldades em reconhecer a genialidade e a importância de alguns artistas nele incluídos.
C
A ausência de conhecimentos mais sólidos, com base no saber acadêmico contido nos livros em latim, cerceava a participação de grupos de artistas nas corporações de ofícios existentes na Itália durante a época renascentista.
D
Torna-se mais importante o reconhecimento das características e da genialidade dos artistas do Renascimento italiano do que a preocupação em esta- belecer limites precisos de tempo para explicar todo o florescimento artístico dessa época.
E
As características inovadoras das obras de alguns artistas do Renascimento italiano que se mantinham independentes, quer da tradição artesanal quer do conhecimento acadêmico, isolam-nos inteiramente no contexto artístico desse período. 
Página 90 de 96