Questões

Total de Questões Encontradas: 255

Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
O recipiente A possui 10 litros de água, e o recipiente B está vazio. A água pode ser transferida do recipiente A para o B (e do B para o A) livremente apenas com o uso de duas canecas, com capacidades de 3 e 5 litros. O número mínimo de transferências de água entre os recipientes até que o recipiente B fique com 4 litros de água é
A
quatro.
B
seis. 
C
cinco. 
D
três. 
E
dois.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Em uma folha quadrada de papel, foram traçadas 3 linhas paralelas a um dos lados da folha e outras 3 linhas perpendiculares às linhas já traçadas de forma a surgirem 16 pequenos quadrados idênticos em seu interior. Algumas fichas serão colocadas nos pequenos quadrados de acordo com a seguinte regra:  − não se pode colocar mais de uma ficha em cada pequeno quadrado;  − não se pode colocar mais do que três fichas em cada linha, coluna ou diagonal da folha de papel.   Nas condições dadas, o número máximo de fichas que se pode colocar sobre a folha quadrada de papel é
A
10  
B
11
C
9
D
12
E
8
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Álvaro assumiu uma dívida de x reais em janeiro. Em fevereiro ele pagou 3/5 dessa dívida. Em março, pagou metade do que ainda devia e, em abril, quitou a dívida, tendo de acrescentar ao pagamento 20% de juros sobre o valor da dívida que havia assumido em janeiro. Se o valor total pago por Álvaro em abril para quitar sua dívida (incluindo os juros) foi de R$ 1.280,00, então x é igual a 
A
R$ 3.150,00 
B
R$ 2.820,00 
C
R$ 3.200,00 
D
R$ 3.300,00
E
R$ 3.050,00
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
O número 40 é dividido em três parcelas positivas. A maior das três parcelas deixa resto 4 na divisão por 8. A parcela de valor intermediário deixa resto 1 na divisão por 8. Nas condições dadas, a menor das três parcelas é igual a
A
B
C
2
D
E
1
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Um motor funciona durante 3 horas consecutivas com 1 litro do combustível A, e 2,5 horas consecutivas com 1 litro do combustível B. Admita que esse motor funcione com qualquer mistura dos combustíveis A e B, e sempre com rendimento diretamente proporcional ao tempo de funcionamento com cada combustível quando utilizado isoladamente. O tempo de funcionamento desse motor com uma mistura de 500 mL de combustível A e 500 mL de combustível B será de 2 horas e 
A
42 minutos.
B
52 minutos.
C
48 minutos.
D
40 minutos.
E
45 minutos.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
O mau emprego do elemento sublinhado torna incoerente a seguinte frase:
A
Conquanto não tema a velhice, o autor não deixa de reconhecer os agravos físicos da idade.
B
Ele não teme a velhice, por mais que tantos se ponham a execrá-la.
C
Não obstante a decrepitude do corpo, o espírito ainda desfruta de todo o seu vigor.
D
Ele vê a velhice com simpatia, porquanto não sentiu envelhecer o espírito.
E
Louvo a velhice, a despeito de alguns verem nela algumas benesses.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Ambas as frases admitem transposição para a voz passiva em:
A
Não renego a mal afamada velhice  e  Alguém invejará os velhos?
B
Vou mais longe que você  e  A natureza tem seus caprichos.
C
O tempo brinca com a juventude  e  O passar dos anos não lhe fez mal.
D
Que os jovens acreditem em mim  e  Sinto-me mais moço do que ele.
E
A natureza não nos poupa  e  O espírito segue confiante
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Está plenamente adequado o emprego de ambos os segmentos sublinhados em:

I. Os anos da velhice, em cujo peso ninguém desacredita, parecem ao autor tão ou mais amenos quanto os da juventude.

II. O preço do passar dos anos, paga-lhe o corpo com os limites e carências de que passa a acusar, mas o espírito segue inabalável.

III. A despeito da má fama de que a velhice é vítima, vivê-la bem é preferível a aproveitar mal a mocidade.

Atende ao enunciado SOMENTE o que está em
A
I.
B
II.
C
III.
D
I e II.
E
II e III.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Está plenamente adequada a pontuação da seguinte frase: 
A
O autor do texto sem dispensar o humor, defende um ponto de vista curioso, segundo o qual a velhice, normalmente uma idade temida, e estigmatizada, não passa de mais uma ilusão da juventude. 
B
O autor do texto, sem dispensar o humor defende um ponto de vista curioso, segundo o qual a velhice normalmente, uma idade temida e estigmatizada não passa de mais uma ilusão, da juventude. 
C
O autor do texto, sem dispensar o humor defende um ponto de vista, curioso, segundo o qual a velhice, normalmente uma idade, temida e estigmatizada, não passa de mais uma ilusão da juventude. 
D
O autor do texto, sem dispensar o humor, defende um ponto de vista curioso, segundo o qual a velhice, normalmente uma idade temida e estigmatizada, não passa de mais uma ilusão da juventude.
E
O autor do texto, sem dispensar o humor, defende um ponto de vista curioso, segundo o qual, a velhice normalmente uma idade temida e estigmatizada, não passa de mais uma ilusão da juventude.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Conhecimentos Básicos
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Está plenamente adequada a correlação entre tempos e modos verbais na frase:
A
Se a natureza não fosse tão caprichosa, seria bom que possamos ainda brincar nos jogos de calçada, com os quais tanto nos animáramos quando pequenos.
B
Quanto mais vivermos, mais remoçaremos, e um dia teremos chegado ao desfrute da liberdade de que gozávamos quando crianças.
C
Se o chão parece mais longe agora, dever-se-á isso ao fato de que nosso corpo começasse a se ressentir dos limites que nos impõem os muitos anos de vida.
D
Esperemos que esta mensagem viesse a contribuir para que todos os jovens que acreditassem na velhice possam mudar de opinião.
E
Melhor será se a morte não tivesse a má ideia de vir interromper nossa vida justamente quando estivermos desfrutando do esplendor da última juventude.
Página 9 de 26