Questões

Total de Questões Encontradas: 959

Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Em relação ao quarto parágrafo, é correto afirmar que Voltaire se vale do seguinte procedimento:
A
formula perguntas retóricas, supondo sempre que se deva responder a elas de modo afirmativo.
B
imagina os argumentos a que seus leitores poderiam recorrer contra os defensores da pena de talião.
C
enumera as razões pelas quais são imorais as vantagens advenientes da aplicação da pena de talião.
D
simula mostrar complacência diante do criminoso, para com isso fustigar os defensores da pena de morte.
E
tipifica os delitos para os quais se providenciarão a tortura pública e uma reparação pecuniária. 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Atente para as seguintes afirmações:

 I. O caso dos quakers é lembrado para exemplificar a mesma convicção sustentada por outra coletividade, a dos brâmanes.  
 II. A pena de talião é refutada por Voltaire porque ele, a par de considerá-la eficaz, julga-a ilegítima e excessivamente cruel.  
 III. O caso da Rússia serve a Voltaire para demonstrar que uma pena exemplar, cumprida em vida, é também índice de civilização.

Em relação ao texto, está correto o que se afirma APENAS em
A
I.
B
II.
C
III.
D
I e III.
E
II e III.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
No segundo parágrafo, em sua argumentação contra a pena de morte, Voltaire refuta a tese segundo a qual 
A
a pena de morte sempre existiu entre os povos, sancionada pelos legisladores mais prestigiados.
B
as guerras demonstram que a execução do inimigo é uma prática não apenas legítima como também universal. 
C
os quakers constituem um exemplo de que, surgindo a oportunidade, os medrosos tornam-se valentes. 
D
os homicídios só podem ser evitados quando os responsáveis por eles renunciam a suas prerrogativas. 
E
a execução de criminosos, justificável durante uma guerra, torna-se inaceitável em tempos de paz. 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Na visão de Sérgio Buarque de Holanda, o historiador deve valorizar
A
os personagens que tiveram papel preponderante na história nacional, deixando de lado os figurantes a quem é dado muito espaço na historiografia brasileira tradicional.
B
o fragmento e o detalhe, contrapondo-se assim à historiografia brasileira tradicional, que privilegia a totalidade e a síntese.
C
o inacabado e o imperfeito, convergindo para a historiografia brasileira tradicional, que sempre recusou a estabilidade e a permanência.
D
os resultados em lugar do processo, objetivando tornar mais significativas as descobertas da história tradicional feita no Brasil.
E
as ideologias e o papel fundamental que desempenham em todo o processo histórico, muito mais importante que aquele exercido pelos indivíduos. 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
O autor justifica a afirmação O efeito era ruim, sem dúvida, (2o parágrafo) mostrando 
A
o contrassenso de se anunciar um produto sofisticado por meio de um recurso grosseiro.
B
o modesto resultado financeiro que se obtém pela publicidade apoiada em homens-placa.
C
a ineficácia de uma propaganda sofisticada voltada para uma clientela de pouco poder aquisitivo.
D
a impossibilidade de se tentar exaltar simultanea- mente aspectos contraditórios de um produto. 
E
o pífio resultado obtido por quem busca valorizar o que é barato por meio de recursos baratos. 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Atente para as seguintes afirmações:

I. Destituídos de qualquer qualidade pessoal, os ho- mens-placa, em sua função mais recente, funcionam como meros sinalizadores físicos da localização dos negócios.
II. No terceiro parágrafo, as referências à Estátua da Liberdade, Marilyns e Kennedys mostram como a propaganda se vale de imagens estereotipadas para incutir prestígio em certos produtos.
III. A despersonalização a que se submetem os homens e mulheres-placa só não é maior do que a que sofre um guardador de carros.

Em relação ao texto, está correto o que se afirma em
A
I, II e III.
B
I e II, somente.
C
I e III, somente.
D
II e III, somente.
E
II, somente.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Os homens e mulheres-placa, no desempenho de sua função, evidenciam o paradoxo
A
da reduzida eficácia que esse antigo e bem-sucedido recurso publicitário obtém nos dias atuais.
B
de se preservar o romantismo do passado na utilização de uma técnica moderna de comunicação. 
C
de se chamar a atenção para a ostensiva presença pública de quem está imerso no anonimato.
D
da teimosa insistência dos empreendedores financeiros numa anacrônica tática de vendas. 
E
da resignação com que fazem de seus próprios corpos matéria de propaganda imobiliária. 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Diz-se que tratar igualmente os desiguais é perpetuar a desigualdade.

Da afirmação acima é coerente deduzir esta outra:
A
Os homens são desiguais porque foram tratados com o mesmo critério de igualdade.
B
A igualdade só é alcançável se abolida a fixação de um mesmo critério para casos muito diferentes. 
C
Quando todos os desiguais são tratados desigualmente, a desigualdade definitiva torna-se aceitável.
D
Uma forma de perpetuar a igualdade está em sempre tratar os iguais como se fossem desiguais. 
E
Critérios diferentes implicam desigualdades tais que os injustiçados são sempre os mesmos.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
A afirmação de que os dicionários podem ajudar a incendiar debates confirma-se, no texto, pelo fato de que o verbete discriminar
A
padece de um sentido vago e impreciso, gerando por isso inúmeras controvérsias entre os usuários.
B
apresenta um sentido secundário, variante de seu sentido principal, que não é reconhecido por todos. 
C
abona tanto o sentido legítimo como o ilegítimo que se costuma atribuir a esse vocábulo.
D
faz pensar nas dificuldades que existem quando se trata de determinar a origem de um vocábulo.
E
desdobra-se em acepções contraditórias que correspondem a convicções incompatíveis.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Atente para as seguintes afirmações:

I. Ao dizer, no primeiro parágrafo, que a fotografia congela o tempo, o autor defende a ideia de que a realidade apreendida numa foto já não pertence a tempo algum.
II. No segundo parágrafo, a menção ao ditado sobre o albergue espanhol tem por finalidade sugerir que o olhar do observador não interfere no sentido próprio e particular de uma foto.
III. Um fotógrafo profissional, conforme sugere o tercei- ro parágrafo, vê não apenas uma foto, mas os re- cursos de uma linguagem específica nela fixados.

Em relação ao texto, está correto o que se afirma SOMENTE em
A
I e II.
B
II e III.
C
I.
D
II.
E
III.
Página 89 de 96