Questões

Total de Questões Encontradas: 181

Texto Associado Texto Associado
Com base nos modelos de banco de dados, julgue os itens subsequentes.
São empregados no projeto de aplicações de um banco de dados o modelo entidade-relacionamento (MER), que é um modelo representacional, e suas variações.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Banco de Dados
Considere o seguinte diagrama Entidade-Relacionamento, resultante da modelagem de um banco de dados relacional: 
Imagem da Questão
A partir desse diagrama, pode-se afirmar que 
A
uma loja não possui todos os produtos. 
B
uma loja possui um número par de departamentos.
C
cada departamento pode possuir vários produtos. 
D
um mesmo produto não pode estar em mais de uma loja.
E
o número de lojas é impar. 
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-MA Prova: Analista Judiciário - Banco de Dados
Considere um conjunto de entidades A e um relacionamento recursivo com um conjunto de relacionamentos R na modelagem de um banco de dados relacional. O diagrama Entidade-Relacionamento que representa essa modelagem é:
A
Imagem da Opção A
B
Imagem da Opção B
C
Imagem da Opção C
D
Imagem da Opção D
E
Imagem da Opção E
Ano: 2013 Banca: CESPE Órgão: TCE-ES Prova: Analista Administrativo - Informática
Imagem da Questão
Considerando o diagrama de entidade e relacionamento presente na figura acima, assinale a opção em que é apresentada a expressão DDL (data definition language) utilizada para criar as tabelas, as chaves e os relacionamentos descritos.
A
Imagem da Opção A
B
Imagem da Opção B
C
Imagem da Opção C
D
Imagem da Opção D
E
Imagem da Opção E
Ano: 2013 Banca: ESAF Órgão: DNIT Prova: Analista Administrativo - Tecnologia da Informação
Define-se Modelo de dados da forma seguinte:
A
descrição parametrizada da estrutura dos atributos dos dados.
B
especificações das funções de um banco de dados.
C
descrição contingencial dos modelos de dados. 
D
descrição formal da estrutura de um banco de dados.
E
descrição orientada da funcionalidade de um banco de dados.
Em um modelo entidade-relacionamento de uma clínica médica, observou-se um relacionamento N para N entre as entidades MEDICO e PACIENTE. Essas entidades são mostradas a seguir: 
Imagem da Questão
Conversando com os funcionários da clínica foi obtido o seguinte relato:

Quando o paciente deseja marcar uma consulta, ele liga para a clínica e a atendente agenda a consulta. O paciente pode passar por várias consultas com o mesmo médico, exceto na mesma data e hora. Finalizada a consulta, o médico faz o diagnóstico apenas daquela consulta.

Considerando que a entidade ATENDENTE não faz parte do escopo do modelo desejado, na prática, ao criar o banco de dados, para que o relacionamento entre MEDICO e PACIENTE seja efetivamente estabelecido é necessário:
A
uma tabela CONSULTA entre MEDICO e PACIENTE, fragmentando o relacionamento N para N identificado em dois relacionamentos 1 para N. A chave primária dessa tabela poderá ser composta pelos atributos CRMMedico, CodigoPaciente, DataConsulta e HoraConsulta. 
B
definir a cardinalidade N para N ao relacionar as tabelas MEDICO e PACIENTE, de forma que ambas fiquem com uma chave primária composta pelos atributos CRMMedico e CodigoPaciente.
C
definir a cardinalidade N para N ao relacionar as tabelas MEDICO e PACIENTE, pois todos os Sistemas Gerenciadores de Banco de Dados possuem suporte à criação de relacionamento direto N para N, 1 para N e 1 para 1. 
D
uma entidade intermediária entre MEDICO e PACIENTE, fragmentando o relacionamento N para N identificado em dois relacionamentos 1 para 1. A chave primária da nova entidade deverá obrigatoriamente ser composta pelos atributos CRMMedico e CodigoPaciente. 
E
uma entidade intermediária entre MÉDICO e PACIENTE, fragmentando o relacionamento N para N identificado em dois relacionamentos N para N. Essa entidade deverá obrigatoriamente ter como chave primária simples um atributo CodigoConsulta. 
No modelo entidade-relacionamento utilizado para modelar Bancos de Dados relacionais, quando se indica que há um conjunto de relacionamentos do tipo muitos para muitos entre 2 conjuntos de entidades A e B, significa que 
A
uma entidade do conjunto B está associada a apenas uma entidade do conjunto A, mas uma entidade do conjunto A está associada a várias entidades do conjunto B.
B
uma entidade do conjunto A está sempre associada a mais de uma entidade de conjunto B e vice-versa. 
C
uma entidade do conjunto A pode estar associada a várias entidades do conjunto B e vice-versa. 
D
os conjuntos de entidades A e B possuem, cada um deles, número igual de atributos. 
E
os conjuntos de entidades A e B possuem diversos atributos com a possibilidade de terem valores nulos. 
Ano: 2012 Banca: AOCP Órgão: TCE-PA Prova: Assessor Técnico - Analista de Sistemas
Em banco de dados relacional, existe um conjunto de conceitos aplicados na modelagem dos dados, que é igualmente conhecido como 
A
RDBMS.
B
SGBD.
C
MER.
D
BDR.
E
DER.
Ano: 2012 Banca: AOCP Órgão: TCE-PA Prova: Assessor Técnico - Administrador de Banco de Dados
Assinale a alternativa correta sobre o relacionamento apresentado a seguir: 
Imagem da Questão
A
Analisando da esquerda para a direita, as cardinalidades entre “Pedido” e “Produto” devem ser “1..*” e “0..*”, respectivamente.
B
É um típico relacionamento ternário, quando surge uma terceira entidade representando o relacionamento “*..*”, muitos para muitos.
C
A entidade “Pedido” deve ser substituída pela entidade “Item_Pedido”, seguindo os padrões de normalização.
D
O resultado é uma entidade conhecida como associativa, que associa muitos produtos a muitos pedidos.
E
Ambos os relacionamentos devem ter cardinalidade “1..1”, para evitar a redundância da informação.
Ano: 2012 Banca: AOCP Órgão: TCE-PA Prova: Assessor Técnico - Administrador de Banco de Dados
A diferença existente entre o Modelo EntidadeRelacionamento (MER) do Diagrama EntidadeRelacionamento é que enquanto 
A
o MER é um conjunto de conceitos aplicados na modelagem dos dados, o DER é a representação gráfica do modelo. 
B
o MER representa graficamente os conceitos aplicados no projeto do banco de dados, o DER é um conjunto de conceitos pertinentes ao projeto.
C
o MER representa graficamente os dados modelados do banco de dados, o DER representa o conjunto de conceitos necessários para a modelagem. 
D
o MER é um conjunto de ferramentas aplicadas no projeto do banco de dados, o DER é o diagrama do conjunto de ferramentas.
E
o MER é um conjunto de dados do modelo, o DER representa graficamente o conjunto de dados do modelo.
Página 8 de 19