Questões

Total de Questões Encontradas: 550

Um administrador de ambiente Linux precisa verificar as informações relativas a uma máquina servidora e seu sistema: o sistema operacional, a versão do kernel, a arquitetura da máquina e os tipos de processador existentes no servidor. Um comando adequado para se obterem essas informações é o
A
find  /  “*.conf”
B
ifconfig eth0 up
C
rpm –qa
D
uname –a
E
netcfg -u
Texto Associado Texto Associado
Acerca dos sistemas operacionais Windows Server e Linux, julgue os itens seguintes.
O pacote de software denominado Samba, disponível sob licença pública GNU, implementa o lado servidor do CIFS (Common Internet File System) em hosts Linux, apresentando como vantagem, entre outras, o fato de possibilitar a instalação de somente um pacote no servidor, de modo que se torna dispensável qualquer software especial na porção Windows da aplicação.
C
Certo
E
Errado
Texto Associado Texto Associado
Acerca dos sistemas operacionais Windows Server e Linux, julgue os itens seguintes.
O VMware permite executar múltiplos sistemas operacionais simultaneamente no hardware de um computador e emula “máquinas convidadas” virtuais completas na parte superior de um sistema operacional hospedeiro. Permite, ainda, criar redundância e segurança adicional sem que seja necessário recorrer a muitas máquinas físicas, distribuindo melhor os recursos das máquinas hospedeiras.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2014 Banca: CESGRANRIO Órgão: FINEP Prova: Analista da Finep - Informática - Suporte
Um administrador de sistema UNIX precisa determinar o maior UID (User Identification) dentre os UIDs atribuídos aos usuários que utilizam o grupo proj01 como grupo primário.

Se, na política adotada pelo administrador, o UID do primeiro usuário de um grupo primário é sempre igual ao GID (Group Identification) do grupo, o código em bash script que atende à necessidade desse administrador é
A
GROUPID=”grep ^proj01: /etc/group | cut -d: -f3”; if
[ -n “$GROUPID” ]; then USERID=”grep :$GROUPID:
/etc/passwd | cut -d: -f3 | sort -n -r | head -1”; echo
UID=$USERID; fi
 
B
GROUPID=`grep ^proj01: /etc/group | cut -d: -f3`; if
[ -n “$GROUPID” ]; then USERID=`grep :$GROUPID:
/etc/passwd | cut -d: -f3 | sort -n -r | head -1`; echo
UID=$USERID; fi
 
C
GROUPID=”grep ^proj01: /etc/group | cut -d: -f3”; if 
[ -n “$GROUPID” ]; then USERID=”grep :$GROUPID: 
/etc/passwd | cut -d: -f4 | sort -n -r | tail -1”; echo 
UID=$USERID; fi
 
D
GROUPID=`grep ^proj01: /etc/group | cut -d: -f4`; if 
[ -n “$GROUPID” ]; then USERID=`grep :$GROUPID: 
/etc/passwd | cut -d: -f4 | sort -n -r | head -1`; echo 
UID=$USERID; fi
 
E
GROUPID=`grep ^proj01: /etc/group | cut -d: -f3`; if 
[ -n “$GROUPID” ]; then USERID=`grep :$GROUPID: 
/etc/passwd | cut -d: -f4 | sort -n -r | tail -1`; echo 
UID=$USERID; fi
Ano: 2014 Banca: CESGRANRIO Órgão: FINEP Prova: Analista da Finep - Informática - Suporte
O Logical Volume Manager (LVM) possibilita que o administrador gerencie volumes lógicos no sistema Linux. Para adicionarmos volumes físicos a um grupo de volume existente, deve-se utilizar o comando
A
lvmadd
B
lvmextend
C
vgadd
D
vgextend
E
lvmvgadd
Ano: 2014 Banca: CESGRANRIO Órgão: FINEP Prova: Analista da Finep - Informática - Suporte
Um administrador do SUSE Linux 11 deseja permitir que todos os usuários possam criar arquivos na pasta /projeto do sistema de arquivos, garantindo que os usuários possam apagar apenas seus próprios arquivos. Para isso, o administrador deve executar o comando
A
chmod 0777 /projeto
B
chmod 1777 /projeto
C
chmod 2777 /projeto
D
chmod 4777 /projeto
E
chmod 6777 /projeto
Ano: 2014 Banca: CESGRANRIO Órgão: FINEP Prova: Analista da Finep - Informática - Suporte
Para o administrador do sistema SUSE Linux 11 listar a descrição dos usuários cadastrados no sistema na linha de comando do shell, em ordem alfabética, deve-se executar a linha de comando
A
cat /etc/passwd | cut -d: -f6 | sort
B
cat /etc/passwd | cut -d: -f5 | sort
C
cat /etc/shadow | cut -d: -f6 | sort
D
cat /etc/shadow | cut -d: -f5 | sort -r
E
cat /etc/users | cut -d: -f6 | sort -r
Se uma instalação do Red Hat Enterprise Linux 5 for feita de forma automática, ou seja, sem a necessidade de particionar manualmente o(s) disco(s) rígido(s), por padrão, o Agente de Atualização
A
fará o download dos pacotes atualizados para /var/cache/yum.
B
criará uma nova partição no sistema de arquivos com o endereço /update/packages.
C
incluirá, em sua primeira execução, o endereço temporário /tmp/packages.
D
retornará uma mensagem de erro referente à falta do endereço /update/packages.
E
utilizará um buffer na memória RAM para armazenar as informações, até que sejam atualizadas.
Distribuído também com o Red Hat Enterprise Linux 5, o servidor HTTP Apache é um dos serviços mais seguros e estáveis de várias distribuições do Linux. Porém, os administradores de sistemas linux devem ser cautelosos no uso de algumas de suas funções. Nesse sentido, um administrador linux deve, por precaução,
A
criar links simbólicos para a raiz dos documentos do servidor Web, através da diretiva FollowSymLinks, provendo links simbólicos para o diretório raiz.
B
conceder permissões de gravação (write) para usuá- rios diferentes de root, em diretórios que contenham scripts ou scripts CGI (Common Gateway Interface).
C
habilitar a diretiva UserDir, para possibilitar aos usu- ários navegarem por seus diretórios no servidor de forma segura e inibir a confirmação de presença de contas de usuários no sistema.
D
remover a diretiva IncludesNoExec, que é habilitada por padrão, para inibir o atacante de executar comandos no sistema.
E
remover a diretiva Indexes, que é habilitada por padrão,  para evitar a navegação de visitantes pelos arquivos no servidor.
Para impedir que usuários se autentiquem diretamente como root ou impedir o acesso à conta root de comandos que requerem uma shell, tais como o comando su e os comandos ssh, o administrador de um sistema linux, como o Red Hat Enterprise Linux 5, pode inibir o acesso à shell da conta root 
A
excluindo todo o conteúdo do arquivo /var/securetty
B
excluindo do diretório /var o comando ssh
C
ativando o comando /authentic.user na profile de login
D
alterando no arquivo /etc/passwd a shell de /bin/bash para /sbin/nologin
E
alterando a estrutura de permissões do diretório /var para r--r--r--
Página 54 de 55