Questões

Total de Questões Encontradas: 70

Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
De acordo com a Lei Complementar Federal no 75/93, é prerrogativa processual do Procurador-Geral da República ser processado e julgado, nos crimes comuns
A
pelo Supremo Tribunal Federal e nos crimes de responsabilidade pelo Congresso Nacional.
B
e nos crimes de responsabilidade pelo Supremo Tribunal Federal.
C
pelo Superior Tribunal de Justiça e nos crimes de responsabilidade pelo Supremo Tribunal Federal.
D
pelo Supremo Tribunal Federal e nos crimes de responsabilidade pelo Senado Federal.
E
e nos crimes de responsabilidade pelo Senado Federal. 
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
De acordo com a Lei Orgânica Nacional do Ministério Público, compete ao Colégio de Procuradores de Justiça
A
indicar ao Procurador-Geral de Justiça Promotores de Justiça para substituição por convocação.
B
eleger o Corregedor-Geral do Ministério Público.
C
indicar ao Procurador-Geral de Justiça, em lista tríplice, os candidatos a remoção ou promoção por merecimento.
D
aprovar os pedidos de remoção por permuta entre membros do Ministério Público.
E
encaminhar ao Procurador-Geral de Justiça os processos administrativos disciplinares que, na forma da Lei Orgânica, incumba a este decidir.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
Nos termos da Lei no 8.429/92, em qualquer fase do processo, reconhecida a inadequação da ação de improbidade, o juiz
A
extinguirá o processo sem julgamento do mérito.
B
suspenderá o processo pelo período máximo de um ano. 
C
arquivará o processo imediatamente, sem prolatar decisão de extinção do feito.
D
suspenderá o processo indeterminadamente, pois podem surgir novos elementos que justifiquem a retomada do feito, ressaltando-se, ademais, o interesse público envolvido.
E
extinguirá o processo com julgamento do mérito.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
A Administração Pública, após regular procedimento licitatório, celebra contrato administrativo para a execução de obra pública com a Empresa XY. Na fase de execução contratual, foram causados danos diretamente à Administração, decorrentes de conduta culposa da empresa contratada. Cumpre salientar que houve fiscalização e acompanhamento da execução pelo órgão interessado. Nos termos da Lei no 8.666/93, a contratada
A
responde apenas subsidiariamente, isto é, se o órgão fiscalizatório não reparar os danos, será acionada a empresa para ressarcir os prejuízos causados à Administração.
B
não é responsável, haja vista que a fiscalização do órgão interessado exclui sua responsabilidade.
C
é responsável pelos danos causados.
D
não é responsável, vez que inexistiu conduta dolosa, mas sim, culposa.
E
é responsável apenas parcialmente pelos danos, pois a fiscalização pelo órgão competente reduz sua responsabilidade.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
Suponha que certo Estado da federação editou lei complementar, dispondo sobre a organização, as atribuições e o estatuto do Ministério Público e determinando, dentre outras disposições:

  I. que os membros do Ministério Público do respectivo Estado formarão lista tríplice dentre integrantes da carreira, para escolha de seu Procurador-Geral, que será nomeado pelo Conselho Estadual do Ministério Público, para um mandato de dois anos, permitida uma recondução;

 II. ser vedado aos membros do Ministério Público exercer, ainda que em disponibilidade, qualquer outra função pública;

III. que o Ministério Público exercerá o controle externo da atividade policial nos termos previstos naquela lei.

A referida lei complementar é compatível com a Constituição Federal no que diz respeito
A
à vedação do exercício, ainda que em disponibilidade, de qualquer outra função pública, mas é inconstitucional ao determinar a nomeação do Procurador-Geral pelo Conselho Estadual do Ministério Público.
B
à previsão do exercício de controle externo da atividade policial pelo Ministério Público, mas é inconstitucional ao determinar a nomeação do Procurador-Geral pelo Conselho Estadual do Ministério Público, bem como ao vedar aos membros da carreira o exercício, ainda que em disponibilidade, de qualquer outra função pública.
C
ao procedimento para nomeação do Procurador-Geral pelo Conselho Estadual, bem como quanto ao seu mandato e permissão de uma recondução, mas é inconstitucional ao vedar aos membros do Ministério Público o exercício, ainda que em disponibilidade, de qualquer outra função pública.
D
à nomeação do Procurador-Geral pelo Conselho Estadual do Ministério Público, para mandato de dois anos, permitindo-se uma recondução, mas é inconstitucional ao exigir a formação de lista tríplice dentre os integrantes da carreira.
E
à previsão do exercício de controle externo da atividade policial pelo Ministério Público e ao procedimento para nomeação do Procurador-Geral pelo Conselho Estadual, mas é inconstitucional ao vedar aos membros da carreira o exercício, ainda que em disponibilidade, qualquer outra função pública. 
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
A Constituição Federal, ao disciplinar a repartição de competências entre União, Estados e Municípios, atribuiu aos Estados, dentre outras, a competência para
A
legislar sobre todas as matérias que não tenham sido atribuídas à União.
B
suplementar a legislação federal em todas as matérias que foram reservadas à União.
C
legislar sobre assuntos de interesse local.
D
regulamentar toda a legislação federal para atender às suas peculiaridades.
E
legislar sobre o que não lhes seja vedado pela Constituição.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
As informações veiculadas na charge têm um tom ...... e podem ser interpretadas como ...... .

Segundo o contexto, a alternativa que preenche, respectivamente, as lacunas da frase acima é
A
sarcástico e provocativas. 
B
impessoal e zombeteiras. 
C
neutro e irreverentes. 
D
cômico e imparciais. 
E
indiferente e artificiais. 
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Na charge editorial, os funcionários têm algo em comum. Nota-se em suas falas que todos
A
gostariam de se vingar de seus respectivos chefes por razões particulares.
B
demonstram o quanto não fazem jus aos bons salários que recebem.
C
fazem reclamações justificadas pelos maus tratos que recebem.
D
mostram algum tipo de insubordinação na corporação em que trabalham.
E
deixam transparecer seus problemas pessoais no ambiente de trabalho.
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
O texto exibe opiniões sobre a existência de computadores no futuro. Além disso, segundo o texto, há também o questionamento sobre 
A
opiniões de experts em relação ao formato dos computadores no futuro.
B
qual invenção é mais importante − a roda ou o computador.
C
especulações a respeito de como eram os computadores antigamente.
D
ideias tolas que alguns têm sobre o futuro da computação.
E
como será a computação no futuro. 
Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: MPE-CE Prova: Analista Ministerial - Ciências da Computação
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Um dos especialistas em computação citados no texto 
A
explica como a computação analógica será em tempos futuros.
B
assegura a princípio que previsões sobre computadores são errôneas.
C
leciona sobre tecnologia da informação e sobre inteligência global.
D
divide com Ed Regis a autoria da pesquisa sobre computadores.
E
profetiza que teremos problemas se nos desfizermos de computadores.
Página 5 de 7