Questões

Total de Questões Encontradas: 60

Vanessa, servidora pública federal, foi sancionada com a pena de suspensão por noventa dias, haja vista ter recusado, no mesmo ano, fé a documentos públicos em duas ocasiões diferentes. Nos termos da Lei no 8.112/1990, a penalidade aplicada
A
terá seu registro cancelado após o decurso de cinco anos de efetivo exercício, se Vanessa não houver, nesse período, praticado nova infração disciplinar.
B
terá seu registro cancelado após o decurso de três anos de efetivo exercício, se Vanessa não houver, nesse período, praticado nova infração disciplinar.
C
terá seu registro cancelado após o decurso de dois anos de efetivo exercício, sendo irrelevante se Vanessa praticar, nesse período, nova infração disciplinar.
D
não terá seu registro cancelado, ou seja, a sanção continuará constando em seu prontuário, haja vista a conduta ter sido reincidente.
E
não terá seu registro cancelado, vez que a sanção de suspensão aplicada à Vanessa foi mais branda do que a prevista em lei para a conduta praticada.
A empresa “Zinco S.A.” atrasou injustificadamente a execução de contrato administrativo celebrado com o Governo do Maranhão e, por tal razão, foi sancionada com multa de mora prevista no citado contrato. Referida multa foi descontada da garantia contratual prestada pela empresa, no entanto, após o esgotamento do valor da garantia, ainda restou multa a ser paga pela empresa.
Nesse caso e nos termos da Lei no 8.666/1993
A
dar-se-á por finda a pena de multa.
B
a multa não poderia ter sido descontada da garantia contratual.
C
o restante da multa será descontado de pagamentos eventualmente devidos à empresa.
D
o restante da multa jamais poderá ser cobrado pela via judicial.
E
a multa de mora não pode ultrapassar garantia contratual, sob pena de enriquecimento indevido do Poder Público.
Na contratação realizada por Instituição Científica e Tecnológica − ICT para a transferência de tecnologia e para o licenciamento de direito de uso ou de exploração de criação protegida, é
A
obrigatória licitação na modalidade convite.
B
dispensável a licitação.
C
inexigível a licitação.
D
obrigatória licitação na modalidade pregão.
E
obrigatória licitação na modalidade tomada de preço.
Vinicius, servidor público federal, pretende tirar licença para capacitação profissional. A propósito de tal licença e nos termos da Lei no 8.112/90, é INCORRETO afirmar que 
A
é concedida sem prejuízo da respectiva remuneração do servidor.
B
se pode dar após cada quinquênio de efetivo exercício.
C
é concedida no interesse da Administração.
D
se dá com o afastamento do exercício do cargo efetivo.
E
tem, como prazo máximo, o período de dois meses.
Suzana, servidora pública, permitiu a permuta de bem público por preço superior ao de mercado, razão pela qual foi condenada por improbidade administrativa. Uma das sanções aplicáveis ao agente ímprobo é a suspensão dos seus direitos políticos que, no caso de Suzana, será de
A
5 a 8 anos.
B
8 a 10 anos.
C
3 anos, obrigatoriamente.
D
2 a 4 anos.
E
10 anos, obrigatoriamente.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
As leis humanas são falíveis, os homens desrespeitam as leis humanas e destituem as leis humanas do sentido de uma profunda equidade que deveria reger as leis humanas.

Evitam-se as viciosas repetições do período acima substituindo-se os elementos sublinhados, na ordem dada, por:
A
desrespeitam a elas  −  destituem-nas  −  deveria reger-lhes
B
desrespeitam-lhes  −  as destituem  −  deveria regê-las
C
desrespeitam-nas  −  lhes destituem  −  lhes deveria reger
D
lhes desrespeitam  −  destituem-lhes  −  deveria regê-las
E
desrespeitam-nas  −  destituem-nas  −  as deveria reger
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
O verbo indicado entre parênteses deverá flexionar-se no plural para preencher corretamente a lacuna da seguinte frase:
A
...... (ganhar) proeminência, entre as convicções de Montesquieu, a de que Deus nunca se afasta em definitivo de suas criaturas, ainda quando estas o esqueçam.
B
Às leis imutáveis do mundo físico não se ...... (ater) a legislação dos homens, caracterizada muitas vezes pela inconstância e pela dificuldade de cumprimento.
C
Dado que não ...... (competir) aos homens governar o mundo natural, deveriam eles buscar governar a si mesmos do modo mais justo e mais eficiente possível.
D
Montesquieu lembra que ...... (dever) caber aos filósofos alertar os homens  para não se esquecerem das leis morais que devem ser cumpridas.
E
...... (atuar) claramente nesse texto, onde tão bem se representa o pensamento de Montesquieu, os conceitos fundamentais de mundo físico e mundo inteligente.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
De acordo com a lógica do texto, as afirmações O homem esquece seu criador e Deus chama-o para si estão clara e corretamente articuladas na seguinte frase:
A
Ainda quando se esqueça de seu criador, o homem busca seu chamado.
B
Embora Deus o chame para si, o homem esquece seu criador.
C
Não obstante o homem possa esquecer seu criador, este o chama para si.
D
Deus chama o homem para si, conquanto ele não deixe de esquecê-lo.
E
Mesmo que viesse a esquecê-lo, o chamado de Deus seria ouvido pelo homem.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Considere as seguintes afirmações:

I. No primeiro parágrafo, afirma-se que é da natureza humana buscar agir em estrita conformidade com as leis divinas, materializadas no mundo físico.
II. No primeiro parágrafo, depreende-se que Montesquieu considera que as leis que governam o mundo físico são exemplos de uma eficiência que os homens deveriam perseguir no governo do mundo inteligente.
III. No segundo parágrafo, a religião e a filosofia surgem, cada uma em sua esfera, como possíveis corretivos para as negligências e os desvios da conduta humana.

Em relação ao texto, está correto o que se afirma em
A
I, II e III.
B
I e II, apenas.
C
I e III, apenas.
D
II e III, apenas.
E
III, apenas.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
A razão invocada por Montesquieu para afirmar que Falta muito para que o mundo inteligente seja tão bem governado quanto o mundo físico deve-se ao fato de que
A
as leis que regem o mundo físico acabam por ser menos previsíveis do que aquelas elaboradas pelos homens.
B
os limites da natureza humana acabam levando os homens a criar leis que eles próprios modificam ou transgridem.
C
o governo do mundo físico é a aspiração que têm os homens de controlarem tudo o que está ao seu alcance.
D
mundo inteligente, governado por Deus, cumpre as leis que escapam completamente à jurisdição humana.
E
o mundo inteligente, ao contrário do mundo físico, tem leis mais flexíveis e mais justas que as da natureza.
Página 5 de 6