Questões

Total de Questões Encontradas: 70

Nos termos da Lei no 8.112/1990, a investidura em cargo público 
A
se dará com a nomeação do servidor no cargo público. 
B
somente se dará com a entrada em exercício no cargo público. 
C
ocorrerá com a posse. 
D
ocorrerá com a posse na hipótese de cargo efetivo e com a nomeação na hipótese de cargo em comissão.
E
 ocorrerá com a nomeação para cargo efetivo e com a entrada em exercício para cargo em comissão. 
Um artista de renome nacional faria show na cidade em que Celso, servidor do Tribunal Regional do Trabalho, trabalha e reside. Hipoteticamente, Celso, utilizando de seu cargo, tenha obtido convite para o referido evento, prometendo, em troca, informações ágeis e privilegiadas quanto à tramitação de ação trabalhista movida em face da Casa de Eventos organizadora da apresentação artística. A conduta de Celso 
A
fere o código de ética, mas Celso não está sujeito à sanção de repreensão ética na hipótese de, pelos mesmos fatos, responder sindicância ou processo administrativo disciplinar. 
B
não fere o código de ética, pois os jurisdicionados têm direito à informação, razão por que a conduta não fere princípios tampouco normas de conduta. 
C
fere o código de ética, mas não configura falta funcional, que não prescinde para sua configuração da exigência de vantagem economicamente mensurável. 
D
não configura falta ética, desde que Celso não cumpra a promessa feita à Casa de Eventos, por ausência de prejuízo. 
E
configura falta ética e possibilita, após regular apuração, a aplicação, pela autoridade competente, da penalidade de censura ética, sem prejuízo da aplicação da sanção correspondente à falta funcional correlata
Considere que hipoteticamente Antonio seja servidor público da União e esteja afastado para exercer suas funções junto ao Tribunal Regional do Trabalho. Foi realizada representação escrita e fundamentada contra Antonio, que teria agido contrariamente às normas do Código de Ética do Tribunal. A Comissão de Ética, à qual foi dirigida a representação, 
A
deve recebê-la e encaminhá-la à Presidência, autoridade competente para instaurar sindicância ou processo administrativo disciplinar, conforme o caso, desde que haja indícios de materialidade e autoria.
B
não deve recebê-la, pois Antonio não está submetido ao Código de Ética, por não ser servidor efetivo e estável do Tribunal. 
C
deve recebê-la e processá-la, desde que haja deliberação, nesse sentido, por maioria de seus membros. 
D
não deve recebê-la, porque endereçada à autoridade incompetente, tendo atribuição para tanto a Presidência ou a VicePresidência do Tribunal. 
E
poderá, se assim entender cabível e por deliberação da maioria de seus membros, recebê-la ou arquivá-la, se a conduta não configurar falta ética. 
Considere que hipoteticamente João ocupe junto ao Tribunal Regional do Trabalho cargo em comissão de livre nomeação e exoneração. Pretende ser nomeado para integrar a Comissão de Ética do Tribunal. A pretensão de João é 
A
viável, desde que nunca tenha sofrido punição administrativa ou criminal, hipótese em que poderá ser designado pela Presidência do Tribunal, para exercer mandato de dois anos. 
B
viável, podendo ser designado pela Presidência do Tribunal, para exercer mandato de dois anos, permitida a recondução.
C
viável, desde que seja designado como suplente, isso em razão da natureza do vínculo mantido com a instituição. 
D
inviável, pois João responde a processo administrativo disciplinar, não fosse isso poderia ser designado pela Presidência para integrar, como membro efetivo ou suplente, a comissão. 
E
inviável, pois somente podem integrar a referida Comissão os servidores efetivos e estáveis, que nunca sofreram punição administrativa ou penal. 
A Lei no 8.899/1994 assegura: 
A
passe com valor reduzido à metade, à pessoa com deficiência que seja carente, para transporte coletivo intermunicipal. 
B
passe com valor reduzido à metade, à pessoa com deficiência, para transporte coletivo intermunicipal. 
C
passe livre, à pessoa com deficiência que seja carente, para transporte coletivo intermunicipal.
D
passe livre, à pessoa com deficiência que seja carente, para transporte coletivo interestadual.  
E
passe com valor reduzido à metade, à pessoa com deficiência que seja carente, para transporte coletivo interestadual. 
A Lei Brasileira de Inclusão, em seu texto, no que diz respeito ao direito à igualdade e a não discriminação, prevê expressamente que a pessoa com deficiência 
A
seja representada por seu curador quando necessário seu consentimento livre e esclarecido para a realização de tratamento. 
B
poderá exercer direitos sexuais e reprodutivos desde que assistida por terceiro. 
C
será submetida à esterilização compulsória somente com decisão judicial nesse sentido. 
D
não está obrigada à fruição de benefícios decorrentes de ação afirmativa. 
E
tem direito a diagnóstico e intervenção precoce. 
Segundo a Constituição Federal brasileira, o dever do Estado com a educação será efetivado mediante a garantia de
A
atendimento educacional especializado às pessoas com deficiência, preferencialmente em equipamento de ensino especial.
B
atendimento educacional especializado às pessoas com deficiência, preferencialmente na rede regular de ensino. 
C
ensino a distância, para pessoas com locomoção limitada.  
D
redução da carga horária para esgotamento da grade escolar. 
E
atendimento educacional especializado às pessoas com deficiência, preferencialmente em equipamentos mistos, que permitam a integração social. 
Na área da saúde, a Lei no 7.853/1989 prevê como promoção de ação preventiva em benefício da pessoa com deficiência
A
o incentivo à pesquisa tecnológica em áreas do conhecimento.  
B
a criação de serviços de reabilitação. 
C
a imunização. 
D
o desenvolvimento de programas de saúde com a participação da sociedade. 
E
a garantia do atendimento domiciliar.  
Considere o texto abaixo:

Um grupo de especialistas em segurança encontrou um novo tipo de malware, que está se espalhando massivamente por meio do Facebook Messenger. Trata-se do Digmine, um malware que usa sistemas infectados para extrair a criptomoeda Monero. Esse malware é enviado às vítimas como um link para um arquivo de vídeo, quando na verdade é um script executável que afeta as versões desktop e web do Facebook Messenger, usando o navegador Google Chrome para minerar a moeda Monero no computador. (Adaptado de: https://guiadobitcoin.com.br/)
Esse tipo de malware, que parece ser uma coisa (vídeo), mas na realidade é outra (script de mineração), é categorizado como 
A
trojan.
B
backdoor.
C
adware.
D
rootkit.
E
ransomware. 
Um Analista comprou um pen drive de 16 GB para armazenar os filmes de uma campanha publicitária da organização em que trabalha. Quando estava gravando o sexto filme no pen drive, apareceu uma mensagem informando que não havia espaço suficiente para a gravação. Os 5 filmes que conseguiu gravar foram: 

Filme1.mp4 - 3.950.000.000 bytes
Filme2.mov - 900.250 KB
Filme3.mp4 - 3700 MB
Filme4.mpg - 3,35 GB
Filme5.mp4 - 3.000.000.000 bytes 
Para a gravação NÃO ter ocorrido, o sexto arquivo pode ter qualquer tamanho 
A
menor do que 3 GB. 
B
maior do que 700 MB. 
C
menor do que 3700 MB. 
D
maior do que 1.9 GB. 
E
maior do que 600000 KB. 
Página 5 de 7