Questões

Total de Questões Encontradas: 166

O bloqueio mais restritivo, proibindo outras transações de realizar qualquer tipo de instrução DML ou colocar qualquer tipo de bloqueio em uma tabela Oracle, é denominado:
A
SRX - Share Row Exclusive Table.
B
RX - Row Exclusive Table Lock.
C
RS - Row Share.
D
S - Share Table Lock.
E
X - Exclusive Table Lock.
Na estrutura do banco de dados Oracle, é visível ao sistema operacional o componente:
A
Extends.
B
Segments.
C
Data files.
D
Data bloks.
E
Tablespaces.
Não se trata de uma afirmativa válida para instalação do PostgreSQL, a partir do código fonte da distribuição:
A
A biblioteca Readline do GNU é utilizada por padrão.
B
É requerido o make do GNU ou qualquer outro programa make.
C
É necessário o compilador C ISO/ANSI.
D
É necessário o gzip para descompactar a distribuição.
E
É necessário um software adicional para instalação no Windows. Recomenda-se usar o MinGW.
Na operação normal do PostgreSQL, as tuplas excluídas, ou tornadas obsoletas por causa de atualizações, não são fisicamente removidas da tabela. Para recurar a área de armazenamento ocupada, deve ser executado periodicamente o comando:
A
PREPARE.
B
RESET.
C
REINDEX.
D
VACUUM.
E
DEALLOCATE.
No formato geral de armazenamento físico usado no PostgreSQL, o diretório PGDATA com todos os dados necessários para um agrupamento de banco de dados contém um subdiretório pg_tblspc que armazena:
A
Os vínculos simbólicos para espaços de tabelas.
B
Os dados de status de efetivação de transações.
C
Os arquivos WAL.
D
Os subdiretórios por banco de dados.
E
As tarefas para todo o agrupamento de bancos.
O MySQL Server tem vários logs que podem ajduar a descobrir que atividade está ocorrento. O "binary log" registra:
A
As consultas que levaram mais de um determinado número de segundos para executar.
B
As conexões estabelecidas e as declarações recebidas dos clientes.
C
Os problemas encontrados no início, na execução ou no término dos processamentos.
D
As alterações de dados recebidas de um servidor de replicação mestre.
E
As declarações que alteram dados.
Em um cluster MySQL, cada parte do cluster é considerada um nó. Os nós SQL são:
A
As tabelas e os dados de cada tabela armazenados no cluster.
B
As funções de gerenciamento dos demais nós do cluster.
C
Os servidores MySQL do cluster que podem acessar os dados do cluster.
D
Os mecanismos de armazenamento e acesso aos dados do cluster denominados NDB.
E
Os computadores não conectados ao cluster que acessam os dados do cluster por meio de comandos SQL do MySQL.
Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: AL-MT Prova: Analista de Sistemas - Banco de Dados
A avaliação do desempenho no SGBD MySQL, versão 5.5 ou superior, pode ser obtida através de consultas executadas no 
A
performance_schema. 
B
monitoring_schema. 
C
evaluation_schema. 
D
log_schema. 
E
metadata_schema. 
Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: AL-MT Prova: Analista de Sistemas - Banco de Dados
Os tamanhos máximos para os arquivos de armazenamento de dados e logs nas versões 2008, 2008 R2 e 2012 (32 ou 64 bits) do MS SQL Server são, respectivamente, de 
A
16 TB e 2TB.
B
32 TB e 4TB. 
C
64 TB e 8 TB. 
D
128 TB e 16TB. 
E
256 TB e 32 TB.
Ano: 2013 Banca: FGV Órgão: AL-MT Prova: Analista de Sistemas - Banco de Dados
O modo recomendado para iniciar o servidor MySQL no UNIX é através do script 
A
mysql_up.
B
mysql_startup.
C
mysqld_safe.
D
mysqld.
E
mysqld_on. 
Página 5 de 17