Questões

Total de Questões Encontradas: 56

Ano: 2012 Banca: CESGRANRIO Órgão: CMB Prova: Analista da CMB - Desenvolvimento de Sistemas
Observe a sequência de operações realizada em uma pilha P, inicialmente vazia.

             PUSH(P,"B")
             PUSH(P,"R")
             PUSH(P,"A")
             PUSH(P,"S")
             PUSH(P,"I")
             PUSH(P,"L")
             PUSH(P,"2")
             PUSH(P,"0")
             PUSH(P,"1")
             PUSH(P,"1")
             TOP(P)
             POP(P)
             TOP(P)
             POP(P)
             POP(P)
             POP(P)

Após essa sequência, que elemento é retornado pela operação TOP(P)? 
A
1
B
2
C
I
D
L
E
S
Ano: 2010 Banca: ESAF Órgão: MPOG Prova: Analista - Tecnologia da Informação
No contexto de estrutura de dados, uma pilha é
A
uma lista do tipo LILO.
B
uma lista do tipo FIFO.
C
um tipo de lista linear em que as operações de inserção e remoção são realizadas na extremidade denominada topo.
D
um tipo de lista linear em que as operações de inserção e remoção são realizadas aleatoriamente. 
E
um tipo de lista linear em que as operações de inserção são realizadas em uma extremidade e as operações de remoção são realizadas em outra extremidade.
Ano: 2014 Banca: BIO RIO Órgão: EMGEPRON Prova: Analista Técnico - Computação
Uma estrutura de dado é um conjunto de dados organizados de maneira coerente, com uma dada finalidade. Entre os tipos existentes, duas são caracterizadas a seguir.

I -  estrutura na qual as inserções e retiradas são feitas em uma das extremidades denominada topo, sendo por esse motivo do tipo LIFO - Last In First Out.

II -  estrutura na qual as inserções e retiradas são feitas em uma das extremidades opostas, sendo por esse motivo do tipo FIFO - First In First Out.

Essas estruturas de dados são conhecidas respectivamente como
A
fila e pilha.
B
pilha e fila.
C
árvore e lista.
D
lista e árvore.
Ano: 2014 Banca: UFG Órgão: UEAP Prova: Analista de TI - Desenvolvimento de Sistemas
Editores de texto fornecem um mecanismo de reversão de operações (“undo”) que cancela operações recentes e reverte um documento ao estado anterior à operação. Esse mecanismo de “desfazer” é implementado mantendo as al- terações do texto em uma estrutura de dados do tipo
A
pilha.
B
fila.
C
heap.
D
deque.
Ano: 2014 Banca: FUNCAB Órgão: PRODAM Prova: Analista de TI - Programador de Redes
Observe as figuras I e II, que representam duas estruturas de dados.
Imagem da Questão
Essas estruturas de dados são denominadas, respectivamente:
A
fila e lista.
B
fila e pilha.
C
fila e vetor.
D
vetor e lista.
E
vetor e pilha.
Ano: 2014 Banca: FUNCAB Órgão: PRODAM Prova: Analista de TI - Programador de Redes
No que diz respeito às estruturas de dados, considere os procedimentos e funções a seguir.
  • INIT(H) cria a pilhaHvazia
  • PUSH(H,alfa) insere alfa na pilhaH
  • POP(H) desempilha a pilhaH
  • PILHAVAZIA(H) testa se a pilhaHestá vazia
  • STR(alfa) converteumvalor inteiroemcaractere
  • CONCATENA(x,alfa) concatena x e alfa
Observe o algoritmo abaixo.
Imagem da Questão
Se for lido o valor 25 para alpha, o valor de saída do algoritmo para x será:
A
11001
B
11010
C
11011
D
11101
E
11110
As operações POP e PUSH são típicas de estruturas de dados largamente utilizadas em sistemas computacionais,conhecidas como
A
Arrays.
B
Árvores B.
C
Árvores binárias.
D
Listas encadeadas.
E
Pilhas.
O estudo das estruturas de dados envolve um objetivo teórico, que procura identificar e desenvolver modelos matemáticos, determinando que classes de problemas podem ser resolvidos com o seu uso, e um objetivo prático, que busca criar representações concretas dos objetos e desenvolver rotinas capazes de atuar sobre estas representações, de acordo com o modelo considerado. Considere as definições das estruturas de dados:

 I. São conhecidas como listas LIFO − Last In First Out. Uma máquina puxando vagões de trens é um exemplo de funcionamento de uma estrutura deste tipo.  
 II. O armazenamento de dados em Memória Secundária (MS) ou externa, se dá através da sua utilização. Os algoritmos e as estruturas de dados para processamento de dados em MS têm que considerar que o custo para se acessar um registro é algumas ordens de grandeza maior do que o custo de processamento na Memória Primária (MP) ou interna.  
 III. É uma forma especial de se agrupar dados, em que cada item possui uma referência para o próximo item, como se fosse uma corrente, com cada item sendo um dos elos. Costuma-se chamar esses itens de nós ou nodos.  
 IV.  São conhecidas como listas FIFO − First In First Out. Pessoas organizadas para entrar em um trem metropolitano é um exemplo de funcionamento desta estrutura.  
 V.  É utilizada para pesquisa em MS, quando os arquivos contêm mais registros do que a MP pode armazenar. É uma estrutura de dados utilizada para manutenção e organização de arquivos, podendo ser utilizada para armazenar e recuperar informações que estão em grandes repositórios de dados.

As estruturas definidas nos itens de I a V são, respectivamente:  
A
Queues  −  Heaps  −  Árvore Binária de Busca  −  Pilhas  −  Árvore AVL.  
B
Pilhas  −  Diretórios  −  Heap  −  Filas  −  Tabelas Hashing.  
C
Queues  −  Arquivos  −  Lista Duplamente Encadeada  −  Stacks  −  Heap.  
D
Stacks  −  Heaps  −  Lista Encadeada Circular  −  Queues  −  Tabelas Hashing.  
E
Pilhas  −  Arquivos  −  Lista Encadeada  −  Filas  –  Árvore B.
Considere uma máquina baseada em pilha com as seguintes operações:
Imagem da Questão
deixará, no topo da pilha, o resultado do cálculo da expressão
A
3 x 7 ÷ 2 + 8 x (3 – 2) ÷ (7– 6)
B
(3 + 7 – 2) ÷ 8 x 3 x 2 – 7 – 6
C
(3 + 7) ÷ (2 + 8 x (3 – 2)) ÷ (7 – 6)
D
(3 + 7 – 2) x 8 x (3 – 2) ÷ 7 – 6
E
3 + 7 ÷ 2 + 8 x (3 – 2) ÷ (7 – 6)
Considere o tipo abstrato de dados Pilha com as seguintes especificações:
  • Pilha é uma lista (LIFO) de itens com a restrição de que inserções (Push) e retiradas (Pop) de itens só podem ser feitas no final da lista (Topo da lista).
  • CriarP cria uma pilha P vazia. -  Push(P, i) insere o item i no Topo da pilha P.
  • Pop(P) retira e retorna da pilha P o item que está no Topo da pilha P.
  • Pop(P) para pilha P vazia = Erro.
Com essa especificação, quais são, respectivamente, os resultados das expressões Pop(Push(CriarP, X)) ; Pop (CriarP) e Pop(Push(P,(Pop(Push(CriarP, X))))) ?
A
X, X, X
B
X, Erro, Erro
C
X, Erro, X
D
Erro, Erro, Erro
E
Erro, Erro, X
Página 5 de 6