Questões

Total de Questões Encontradas: 45

José instalou, particionou e formatou um novo disco rígido (HD) em um computador com sistema operacional Linux e deseja que a nova partição criada seja montada, de forma automática, durante o processo de boot do sistema operacional. A configuração desejada por José deve ser inserida no arquivo
A
/etc/rc.local
B
/bin/df
C
/boot/mnt
D
/etc/fstab
E
/mount
Luis, administrador do sistema de computadores do TRT da 13a Região, deve definir o sistema de arquivos a ser adotado para os computadores com sistema operacional Linux do Tribunal. Dentre as várias possibilidades, Luis decidiu por adotar o Ext4, que apresenta como algumas das vantagens, se comparado ao Ext3, a maior capacidade de armazenamento na partição e
A
o recurso de diário (journaling) que aumenta a confiabilidade.
B
a alocação postergada para otimizar a alocação dos blocos.
C
o espelhamento do dado em blocos de checagem para o caso de falha.
D
o armazenamento de metadados antes do dado no disco.
E
o armazenamento de metadados em sincronia com o armazenamento do dado no disco.
Este diagrama da UML pode ser usado para modelar processos de negócio. Suporta comportamento paralelo e permite que, quem está seguindo o processo, escolha a ordem na qual fazer as coisas. Em outras palavras, ele simplesmente determina as regras essenciais de sequência que se deve seguir. São geralmente usados para mostrar o que acontece, mas não quem faz o que, já que faz sentido se concentrar no que é feito, em vez de em quem realiza quais partes do comportamento. O diagrama descrito é o diagrama de
A
sequência.
B
atividades.
C
casos de uso.
D
comunicação.
E
distribuição.
Paulo está executando o Git no Linux. Ele tem um repositório Git e um checkout ou cópia funcional dos arquivos para o projeto atual. Cada arquivo, no diretório de trabalho de Paulo, pode estar em um de dois estados: monitorado ou não monitorado. Arquivos monitorados são arquivos que estavam no último snapshot; podendo estar inalterados, modificados ou selecionados. Arquivos não monitorados são os restantes. Para Paulo verificar, em linha de comando, quais arquivos estão em quais estados ele utilizou o comando git status. Em seguida, ele adicionou um novo arquivo chamado trt ao projeto.
Para passar a monitorar este arquivo ele deve usar o comando
A
git add trt
B
git -a --sx trt
C
git state trt
D
git fetch trt
E
git -mu trt
Um dos conceitos mais importantes da orientação a objetos é o de interface. Interfaces podem reduzir o acoplamento entre as classes e tornar o código mais reutilizável. Em Java, as interfaces
A
podem ou não fornecer implementação de métodos, apesar de ser mais comum implementá-los apenas nas classes que as implementam.
B
podem ser implementadas apenas por classes que utilizam em sua declaração a palavra extends.
C
não podem ter campos de instância, mas permitem a especificação de constantes.
D
podem ser instanciadas de outras classes, desde que estejam no mesmo pacote.
E
podem ter seus objetos convertidos no tipo classe diretamente, sem a realização de typecasting.
Considere o código abaixo, digitado em Python.

a, b = 0, 1
while b < 10:
    print b
    a, b = b, a+b

No final da execução do código, o último valor armazenado nas variáveis a e b serão, respectivamente,
A
13 e 21.
B
8 e 13.
C
5 e 10.
D
13 e 20.
E
8 e 10.
Um web service deve ser visto como a convergência de um conjunto de tecnologias, dentre elas o UDDI, que é um padrão para publicação e localização de web services por meio de consultas (queries) baseadas em mensagens SOAP e documentos XML. O UDDI é responsável por armazenar informações sobre o responsável pelo web service, o que o web service faz, a localização do web service e sobre como acessar seus serviços. Estas informações são divididas e organizadas em grupos semânticos conhecidos como páginas (pages). As páginas que contêm informações técnicas que descrevem o comportamento e as operações suportadas pelo serviço hospedado (incluindo indicadores para a localização do serviço) são conhecidas como
A
green pages.
B
yellow pages.
C
white pages.
D
black pages.
E
red pages.
A imagem a seguir mostra uma representação das etapas do processo de desenvolvimento de software e os tipos de testes aplicados em cada etapa.
Imagem da Questão
O mais adequado para Tipo de Teste II é o teste
A
de sistema.
B
de regressão.
C
de aceitação.
D
funcional.
E
de unidade.
A equipe de desenvolvimento do Tribunal Regional do Trabalho da 13a Região utiliza a plataforma Java e seus recursos para desenvolver sistemas de software. Em determinado momento, tiveram que testar se os métodos das classes estavam produzindo os resultados esperados. Fizeram tanto testes isolados como baterias de testes automatizados baseados em modelos de testes padrão. Para realizar estes testes, optaram por utilizar o framework open-source mais popular atualmente com suporte à criação de testes automatizados para aplicações construídas em Java. O framework utilizado e o tipo de teste realizado foram, respectivamente,
A
JTest e teste de carga.
B
JMeter e teste de unidade.
C
JRun e teste funcional.
D
JUnit e teste de unidade.
E
JMeter e teste de carga.
A classe Stack da biblioteca Java implementa o tipo abstrato de pilha e as operações push e pop. Considere o exemplo abaixo.

import java.util.Stack;
public class Pilha {
public static void main(String[] args) {
Stack<String> s = new Stack<String>();
s.push("Ana");
s.push("Paulo");
s.push("Pedro");
s.push("Marcos");
while (s.size() > 0) {
System.out.println(s.pop());
}
}
}

Sobre a classe Pilha apresentada é correto afirmar:
A
A instrução s.pop(1); poderia ter sido utilizada antes do comando while para excluir o nome Paulo da pilha s.
B
Ao término da execução do programa a pilha s estará vazia.
C
Ocorrerá um erro em tempo de execução, pois o método pop apenas remove o último elemento que entrou na pilha e não retorna valor a ser exibido.
D
O programa não irá compilar se a instrução Stack<String> s = new Stack<String>(); for substituída por Stack s = new Stack();
E
Ao término da execução do programa a pilha s permanecerá com os quatro nomes, pois o método pop apenas retorna o elemento da pilha, sem removê-lo.
Página 4 de 5