Questões

Total de Questões Encontradas: 55

O técnico judiciário da área de TI do TRT da 3ª Região deve escolher o esquema de criptografia mais adequado para a seguinte situação. Ele deve receber uma informação de forma segura, ou seja, criptografada, de outro Tribunal, mas não tem meios para enviar um código secreto (chave) de forma segura para aquele Tribunal. Nessa situação, o técnico deve utilizar o esquema de criptografia de chave
A
isolada.
B
simétrica.
C
privada.
D
assimétrica.
E
unificada.
A rede de computadores mais conhecida atualmente é a internet, na qual são utilizados os protocolos do conjunto TCP/IP. Nesse conjunto, o IPv4, utilizado para a identificação de computadores e no processo de roteamento, possui o comprimento, em bits, de  
A
48.
B
24. 
C
54. 
D
32. 
E
64. 
Um técnico de TI precisa utilizar um subconjunto de dados de um Data Warehouse direcionado à área administrativa de um Tribunal. Esses dados serão armazenados em um banco de dado modelado multidimensionalmente, que será criado capturando-se dados diretamente de sistemas transacionais, buscando as informações relevantes para os processos de negócio da área administrativa. Esse banco de dados será um 
A
Big Data.
B
Data Mart. 
C
OLAP. 
D
MOLAP. 
E
Data Mining. 
A modelagem multidimensional é utilizada especialmente para sumarizar e reestruturar dados e apresentá-los em visões que suportem a análise dos valores desses dados. Um modelo multidimensional é formado por dimensões, e por uma coleção de itens de dados composta de dados de medidas e de contexto, denominada
A
schema.
B
pivot.
C
slice.
D
fato.
E
versão.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Para exibir o nome de todos os advogados que NÃO estão ligados a nenhum processo na tabela advogado_processo utiliza-se a instrução:
A
SELECT DISTINCT nomeAdvogado FROM advogado WHERE nomeAdvogado NOT IN (SELECT nomeAdvogado FROM advogado_processo);
B
SELECT nomeAdvogado FROM advogado WHERE numeroOABAdvogado IS NOT(SELECT numeroOABAdvogado FROM advogado_processo); 
C
SELECT nomeAdvogado FROM advogado RIGHT JOIN advogado_processo ON advogado.numeroOABAdvogado <> advogado_processo.numeroOABAdvogado; 
D
SELECT nomeAdvogado FROM advogado WHERE numeroOABAdvogado NOT IN (SELECT numeroOABAdvogado FROM advogado_processo);
E
SELECT DISTINCT nomeAdvogado FROM advogado JOIN advogado_processo ON advogado.numeroOABAdvogado = advogado_processo.numeroOABAdvogado; 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Um técnico de TI com perfil autorizado para executar operações DML nas tabelas do banco de dados digitou um conjunto de instruções SQL, mas foi executada com sucesso apenas a instrução: 
A
INSERT INTO advogado_processo VALUES ('34001', '000467', 'Acusação', 'Aprovado');
B
INSERT INTO advogado_processo (numeroOABAdvogado, numeroProcesso, tipoAtuacao) VALUES ('67812', '0001467', 'Acusação');
C
INSERT INTO advogado_processo (numeroOABAdvogado, numeroProcesso, tipoAtuacao) VALUES ('59445', '000346', 'Acusação');
D
UPDATE advogado ALTER COLUMN telefoneAdvogado='(11)8787-8787' WHERE numeroOABAdvogado='67812';
E
UPDATE advogado_processo SET numeroOABAdvogado='59800' WHERE numeroOABAdvogado='59445' and numeroProcesso='000467'; 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Um técnico de TI criou uma view e executou a instrução SELECT * FROM processos2010;, que exibiu apenas os dados a seguir: 
Imagem da Questão
A instrução utilizada para criar a view foi:
A
CREATE VIEW processos2010 AS SELECT numeroProcesso AS Número_do_Processo, tribunalProcesso AS Número_do_Tribunal FROM processo WHERE anoInicioProcesso>=2007;
B
CREATE VIEW processos2010 AS SELECT numeroProcesso Número_do_Processo, tribunalProcesso Número_do_Tribunal FROM processo WHERE anoInicioProcesso>2007; 
C
CREATE VIEW processos2010 ON SELECT numeroProcesso Número_do_Processo, tribunalProcesso Número_do_Tribunal FROM processo WHERE tribunalProcesso<10; 
D
CREATE VIEW processos2010 WITH SELECT numeroProcesso Número_do_Processo, tribunalProcesso Número_do_Tribunal FROM processo WHERE anoInicioProcesso>2009; 
E
CREATE VIEW processos2010 AS SELECT numeroProcesso AS Número_do_Processo, tribunalProcesso AS Número_do_Tribunal FROM processo WHERE tribunalProcesso>=5;  SELECT * FROM processos2010; 
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Um técnico de TI adicionou por engano, no PL/SQL, uma constraint CHECK chamada chkAnoProcesso na tabela processo para que o campo anoInicioProcesso permita apenas valores maiores do que 1980. Para remover essa constraint o técnico deve utilizar a instrução:
A
ALTER TABLE processo DROP CONSTRAINT chkAnoProcesso;
B
DELETE FROM  processo DROP CHECK chkAnoProcesso;
C
ALTER TABLE processo DROP CHECK chkAnoProcesso;
D
DROP CONSTRAINT chkAnoProcesso FROM processo;
E
DROP CHECK chkAnoProcesso FROM processo; 
Um técnico de TI do Tribunal pretende prestar exame de certificação de teste de software e necessita conhecer os sete princípios do Teste CFTL. Após um tempo de estudo ele observou o seguinte:

Pode ocorrer o fato de um mesmo conjunto de testes que são repetidos várias vezes não encontrar novos defeitos após um determinado momento. Para superar esta condição, os casos de testes necessitam ser frequentemente revisados e atualizados. Um conjunto de testes novo e diferente precisa ser escrito para exercitar diferentes partes do software ou sistema com objetivo de aumentar a possibilidade de encontrar mais erros.

Este princípio é corretamente denominado
A
Paradoxo do pesticida.
B
Ilusão da ausência de erros.
C
Agrupamento de defeitos.
D
Teste antecipado.
E
Dependência de contexto. 
Considere o MR-MPS-SW (agosto de 2012) e o nível de maturidade G (parcialmente gerenciado) que é composto também pelo processo Gerência de Projetos. Nesse contexto, o propósito do processo Gerência de Projetos é
A
assegurar que os produtos de trabalho e a execução dos processos estejam em conformidade com os planos, procedimentos e padrões estabelecidos.
B
estabelecer e manter a integridade de todos os produtos de trabalho de um processo ou projeto e disponibilizá-los a todos os envolvidos.
C
gerenciar os requisitos do produto e dos componentes do produto do projeto e identificar inconsistências entre os requisitos, os planos do projeto e os produtos de trabalho do projeto.
D
gerenciar a aquisição de produtos que satisfaçam às necessidades expressas pelo adquirente.
E
estabelecer e manter planos que definem as atividades, recursos e responsabilidades do projeto, bem como prover informações sobre o andamento do projeto que permitam a realização de correções quando houver desvios significativos no desempenho do projeto.
Página 3 de 6