Questões

Total de Questões Encontradas: 40

Afonso, instrutor de tecnologia da informação, está preparando uma aula sobre o modelo de referência OSI. Para facilitar o entendimento do modelo pelos alunos, Afonso decidiu fazer um relacionamento dos equipamentos físicos de rede de computadores com o modelo. Um correto relacionamento entre a camada do modelo OSI e o dispositivo de rede de computadores é
A
Rede − Switch L2 / Transporte − Roteador.
B
Enlace − Switch L2 / Rede − Roteador.
C
Rede − Bridge / Transporte − Gateway.
D
Enlace − Gateway / Aplicação − Roteador.
E
Transporte − Gateway / Aplicação − Bridge.
O Analista de Tecnologia da Informação do TRT da 13a Região participa da comissão que está definindo o projeto de cabeamento de rede a ser utilizado entre o prédio principal e o anexo, localizado à distância de 500 m. Dentre as opções de cabos de fibra óptica, a melhor escolha é a fibra
A
Monomodo, pois utiliza uma fibra de menor diâmetro e maior capacidade que o Multímodo.
B
Multímodo, pois permite maior velocidade de transmissão que a Monomodo.
C
Multímodo, pois utiliza uma fibra de maior diâmetro e fornece uma banda maior que a Monomodo.
D
Monomodo, pois apresenta um custo menor que a Multímodo.
E
Multímodo, pois permite alcançar distâncias maiores que o Monomodo.
O administrador (root) de um servidor com sistema operacional Linux deseja verificar se a senha do novo usuário, recentemente criado, foi atribuída. Para verificar isso, o administrador pode consultar o arquivo
A
/etc/passwd
B
/etc/secure
C
/etc/passwd -
D
/etc/shadow
E
/etc/secure -
José instalou o pacote do servidor web Apache2 em um servidor com sistema operacional Linux da empresa em que trabalha e deseja configurá-lo para as especificações da empresa. Por padrão, e para configurar os números das Portas TCP pelas quais o Apache2 irá receber as requisições, José deve editar o arquivo
A
/etc/http.conf
B
/apache2/etc/http.conf
C
/apache2/conf/ports.conf
D
/etc/apache2/apache2.conf
E
/etc/apache2/ports.conf
ne"> Maria, usuária do sistema operacional Linux, criou, em seu diretório home, um arquivo de shell script, denominado meu_shell.sh, para automatizar as suas atividades com o sistema, conforme apresentado abaixo:

-rw------- 1 maria maria 115 Mar 20 2013 meu_shell.sh

Para que o arquivo meu_shell.sh possa ser executado digitando-se: ./meu_shell.sh no seu diretório home, Maria deve modificar as permissões do arquivo utilizando o seguinte comando:
A
chmod meu_shell.sh 111
B
chown meu_shell.sh system
C
chmod 700 meu_shell.sh
D
chown meu_shell.sh root
E
chmod 666 meu_shell.sh
José instalou, particionou e formatou um novo disco rígido (HD) em um computador com sistema operacional Linux e deseja que a nova partição criada seja montada, de forma automática, durante o processo de boot do sistema operacional. A configuração desejada por José deve ser inserida no arquivo
A
/etc/rc.local
B
/bin/df
C
/boot/mnt
D
/etc/fstab
E
/mount
Luis, administrador do sistema de computadores do TRT da 13a Região, deve definir o sistema de arquivos a ser adotado para os computadores com sistema operacional Linux do Tribunal. Dentre as várias possibilidades, Luis decidiu por adotar o Ext4, que apresenta como algumas das vantagens, se comparado ao Ext3, a maior capacidade de armazenamento na partição e
A
o recurso de diário (journaling) que aumenta a confiabilidade.
B
a alocação postergada para otimizar a alocação dos blocos.
C
o espelhamento do dado em blocos de checagem para o caso de falha.
D
o armazenamento de metadados antes do dado no disco.
E
o armazenamento de metadados em sincronia com o armazenamento do dado no disco.
Este diagrama da UML pode ser usado para modelar processos de negócio. Suporta comportamento paralelo e permite que, quem está seguindo o processo, escolha a ordem na qual fazer as coisas. Em outras palavras, ele simplesmente determina as regras essenciais de sequência que se deve seguir. São geralmente usados para mostrar o que acontece, mas não quem faz o que, já que faz sentido se concentrar no que é feito, em vez de em quem realiza quais partes do comportamento. O diagrama descrito é o diagrama de
A
sequência.
B
atividades.
C
casos de uso.
D
comunicação.
E
distribuição.
Paulo está executando o Git no Linux. Ele tem um repositório Git e um checkout ou cópia funcional dos arquivos para o projeto atual. Cada arquivo, no diretório de trabalho de Paulo, pode estar em um de dois estados: monitorado ou não monitorado. Arquivos monitorados são arquivos que estavam no último snapshot; podendo estar inalterados, modificados ou selecionados. Arquivos não monitorados são os restantes. Para Paulo verificar, em linha de comando, quais arquivos estão em quais estados ele utilizou o comando git status. Em seguida, ele adicionou um novo arquivo chamado trt ao projeto.
Para passar a monitorar este arquivo ele deve usar o comando
A
git add trt
B
git -a --sx trt
C
git state trt
D
git fetch trt
E
git -mu trt
Um dos conceitos mais importantes da orientação a objetos é o de interface. Interfaces podem reduzir o acoplamento entre as classes e tornar o código mais reutilizável. Em Java, as interfaces
A
podem ou não fornecer implementação de métodos, apesar de ser mais comum implementá-los apenas nas classes que as implementam.
B
podem ser implementadas apenas por classes que utilizam em sua declaração a palavra extends.
C
não podem ter campos de instância, mas permitem a especificação de constantes.
D
podem ser instanciadas de outras classes, desde que estejam no mesmo pacote.
E
podem ter seus objetos convertidos no tipo classe diretamente, sem a realização de typecasting.
Página 3 de 4