Questões

Total de Questões Encontradas: 30

Vários dispositivos são usados em redes de computadores, cada um deles possuindo funções específicas. Estes dispositivos têm a finalidade de interpretar os sinais processados na rede e encaminhá-los ao seu destino, obedecendo a um determinado padrão e protocolo. A interação entre dispositivos permite o compartilhamento das informações entre todos os usuários da rede. Analise a figura abaixo que mostra diversos dispositivos de redes.
Imagem da Questão
Os dispositivos apresentados na figura acima como I, II, III, IV, V e VI são, correta e respectivamente: 
A
I - hub;     II - hub;     III - switch; IV - repeater; V - router;     VI - bridge
B
I - router;  II - router; III - bridge; IV - hub;         V - switch;    VI - repeater
C
I - switch; II - switch; III - hub;     IV - router;     V - repeater; VI - bridge
D
I - router;  II - router; III - hub;     IV - bridge;     V - switch;    VI - repeater
E
I - switch; II - switch; III - bridge; IV - hub;         V - repeater; VI - router 
Para transmitir informações, os sistemas de comunicação que utilizam __________ trabalham em frequências muito altas, localizadas um pouco abaixo do espectro de luz visível. Comunicam-se utilizando LEDs e suas transmissões podem ser full-duplex ou half-duplex. Os dispositivos que utilizam este sistema podem ter um transmissor e um receptor, separadamente, ou um transceptor (combinação de transmissor e receptor em um único dispositivo). Para usar esta tecnologia não é necessária autorização do governo. Por atingir alguns poucos metros e não penetrar em objetos opacos, geralmente, é utilizada em Redes Pessoais (PANs).

Preenche corretamente a lacuna:
A
Tecnologia 2G
B
Infravermelho
C
Microondas
D
Radiofrequência 
E
Bluetooth 
Comparando-se as tecnologias de telefonia celular 3G e 4G, é INCORRETO afirmar:
A
A grande maioria das antenas 3G são redistribuidoras, ou seja, recebem o sinal de uma antena principal e então compartilham a frequência com os usuários que estiverem ao alcance, em celulares, tablets ou computadores. As antenas 4G são distribuidoras. Isso significa que elas recebem o sinal por cabo de fibra óptica e então enviam os espectros para os consumidores.
B
Nos equipamentos utilizados nas antenas 4G, não somente a frequência é diferente da utilizada pelas redes 3G, mas também os métodos de empacotamento dos dados. Como os controladores e compressores são mais avançados, eles podem fazer com que o sinal seja enviado com mais facilidade e rapidez, além de absorver maior quantidade de informações.
C
Os sistemas de distribuição da 4G são mais inteligentes que os 3G. Roteadores são programados para que os fluxos de dados sejam desafogados automaticamente. Isso significa que as redes conseguem identificar momentos de tráfego intenso de dados e se reorganizam para que não exista sobrecarga e queda de sistemas. 
D
Todas as redes 3G brasileiras operam nas faixas de frequência de 600MHz e 1.1 GHz e a 4G funciona na faixa de  3.5 GHz. Isso influencia diretamente nos resultados alcançados, pois frequências maiores significam maior alcance, exigindo menos antenas para a distribuição do sinal, o que faz com que os resultados sejam melhores. 
E
Nas redes 3G mais avançadas a velocidade chega aos 21 Mbps. Na 4G, a velocidade pode ficar entre os 50 Mbps e os 1.000 Mbps e o tempo de resposta também melhora, caindo de 50 milissegundos para a faixa de 20 a 40 milissegundos.
As microondas não atravessam muito bem as paredes dos edifícios. Além disso, muito embora o feixe possa estar bem concentrado no transmissor, ainda há alguma divergência no espaço. Algumas ondas podem ser refratadas nas camadas atmosféricas mais baixas e, consequentemente, sua chegada pode ser mais demorada que a das ondas diretas. As ondas retardadas podem chegar fora de fase em relação à onda direta, e assim cancelar o sinal. Esse efeito é chamado ____________ e costuma provocar sérios problemas. Ele depende das condições atmosféricas e da frequência. Algumas operadoras mantém 10% dos seus canais ociosos como sobressalentes; esses canais serão utilizados quando este problema eliminar temporariamente alguma banda de frequência.

Preenche corretamente a lacuna:
A
Multipath Fading (esmaecimento de vários caminhos)
B
Orthogonal Frequency Division Multiplexing − OFDM 
C
High Rate Direct Sequence Spread Spectrum − HR–DSSS 
D
Maxwell´s Law Effect (efeito da lei de Maxwell)
E
Tropodifusão
Patricia trabalha no Ministério Público de Sergipe e seu chefe fez a ela a seguinte pergunta: Precisamos distribuir um sinal VGA / WXGA de um computador ligado à internet para vários monitores LCDs de computadores. Que tipo de cabo devemos usar: cabo coaxial, cabo par trançado ou cabo de fibra óptica?

A resposta tecnicamente correta que Patricia forneceu a seu chefe foi:
A
Para transmitir sinal por meio de cabos coaxiais não é necessário conversores, já um sistema de transmissão por cabos de par trançado ou cabos de fibras ópticas envolve um transmissor e um receptor. Portanto, para curtas distâncias é conveniente o uso de cabos coaxiais e para médias distâncias cabos de par trançado são uma boa alternativa. Para longas distâncias, as fibras ópticas são mais adequadas, embora possam ser mais caras.
B
Cabos coaxiais, mesmo os de boa qualidade, apresentam grandes distorções de sinais e pequena a média resposta em frequência. Portanto, estes cabos são desaconselhados. Melhor usar par trançado ou fibras ópticas, que ainda possuem como vantagem maior largura de banda. 
C
Cabos de fibras ópticas possuem muitas vantagens sobre os cabos de par trançado e os coaxiais: normalmente são mais baratos, os sinais são transmitidos em linhas balanceadas, a isolação é independente do sinal, são flexíveis, leves, de fácil manuseio, de fácil reposição e instalação. São a melhor opção dentre os cabos metálicos.
D
Para curtas distâncias, os cabos de fibra óptica são mais adequados para transmitir informações e mais fáceis de instalar que os cabos metálicos. Mas as desvantagens das fibras ópticas são muitas como baixa imunidade a interferências eletromagnéticas e falta de isolamento elétrico. Melhor usar os cabos de par trançado, que possuem grande largura de banda e baixa atenuação, embora apresentem um custo maior.
E
Os principais tipos de cabos utilizados para cabeamento de sinais de áudio, vídeo e VGA / WXGA são os cabos coaxiais e os cabos de par trançado. São tecnologias semelhantes, possuindo anatomia, materiais, condutores, isolação, proteção, capas, terminação e conectorização muito próximas. Como a performance deles também é equivalente, ambos são indicados.
Uma situação de deadlock pode surgir se as 4 condições a seguir ocorrerem simultaneamente em um sistema:

  I. Pelo menos um recurso deve ser alocado em modo não compartilhável, isto é, apenas um processo de cada vez  pode usar o recurso. Se outro processo solicitar este recurso, o processo solicitante deve ser atrasado até o recurso ter sido liberado.

 II. Pelo menos um recurso deve estar alocado a um processo e este processo estar aguardando para adquirir recursos adicionais que, no momento, estejam sendo mantidos por outros processos.

III. Recursos não podem ser interceptados, isto é, um recurso só pode ser liberado voluntariamente pelo processo que o estiver mantendo após esse processo ter concluído sua tarefa.

IV. Deve existir um conjunto de processos (P1, P2, ...Pn) em espera, de tal modo que P1 esteja esperando por um recurso que está alocado a P2, P2 esteja esperando por um recurso que está alocado a Pn-1, Pn-1 esteja esperando por um recurso que está alocado a Pn e Pn esteja esperando por um recurso que está alocado a P1.

As descrições das condições I, II, III e IV correspondem, correta e respectivamente, às denominações: 
A
inclusão mútua / espera circular / existência de preempção / posse e espera
B
espera contínua / inclusão mútua / posse e espera / existência de preempção 
C
posse e espera / exclusão mútua / espera circular / inexistência de preempção
D
posse e espera / existência de preempção / exclusão mútua / espera contínua
E
exclusão mútua / posse e espera / inexistência de preempção / espera circular
Uma pequena unidade de tempo denominada timeslice ou quantum é definida. Todos os processos são armazenados em uma fila FIFO circular. O escalonador da CPU percorre a fila, alocando a CPU para cada processo durante um quantum. Mais precisamente, o escalonador retira o primeiro processo da fila e procede a sua execução. Se o processo não termina após um quantum, ocorre uma preempção, e o processo é inserido no fim da fila. Se o processo termina antes de um quantum, a CPU é liberada para a execução de novos processos. Em ambos os casos, após a liberação da CPU, um novo processo é escolhido na fila. Novos processos são inseridos no fim da fila.

A descrição acima refere-se ao algoritmo de escalonamento de processos
A
First-Come, First-Served.
B
Shortest-Job-First. 
C
por Prioridades.
D
Round Robin. 
E
Filas em Vários Níveis. 
Considere as afirmativas sobre sistemas de arquivos e seu gerenciamento.

  I. Os diversos arquivos podem ter espaço alocado em disco através da alocação contígua, encadeada ou indexada. A alocação contígua pode apresentar fragmentação externa. O acesso direto é muito ineficiente com a alocação encadeada. A alocação indexada pode requerer um overhead significativo para seu bloco de índices.

 II. Métodos de alocação de espaço livre influenciam a eficiência de uso e do espaço em disco, o desempenho do sistema de arquivos e a confiabilidade da memória principal. Os métodos utilizados incluem vetores de strings e listas encadeadas. As otimizações incluem o agrupamento, a contagem e a FAT que coloca os vetores de strings em uma área contígua da RAM.

III. O sistema de arquivos reside permanentemente em memória secundária, que é projetada para manter uma grande quantidade de dados de maneira não volátil. A mídia de memória secundária mais comum é o disco. Discos físicos podem ser segmentados em partições para controlar o uso da mídia e para permitir múltiplos sistemas de arquivos.

Está correto o que se afirma APENAS em
A
I e II.
B
I e III.
C
II e III.
D
III.
E
I.
Uma tendência na arquitetura de computadores relativa ao projeto de CPUs é a inclusão de vários núcleos de processamento no mesmo chip. Sobre este tipo de projeto, é correto afirmar que 
A
os sistemas de núcleo único (multicore) são especialmente projetados para máquinas servidoras como os servidores de banco de dados e servidores web.
B
o chip com vários núcleos usa bem mais energia do que vários chips de núcleo único.
C
em um projeto dual-core cada núcleo tem seu próprio conjunto de registradores e seu próprio cache local;  outros projetos podem usar um cache compartilhado ou ainda caches local e compartilhado.
D
as CPUs multicore aparecem para o sistema operacional como um único processador padrão.
E
esses chips são multiprocessadores, mas podem ser mais lentos do que vários chips de núcleo único porque a comunicação entre chips é mais veloz do que a comunicação dentro do chip. 
Um Sistema Operacional − SO é grande e complexo e deve ser construído para funcionar de maneira eficiente e ser de fácil atualização. Há diversas arquiteturas e estruturas de SOs. Sobre estas arquiteturas, é INCORRETO afirmar que
A
na arquitetura em camadas, o SO é dividido em vários níveis: a camada inferior é o hardware e a camada mais alta é a interface de usuário. Um problema com as implementações em camadas é que tendem a ser menos eficientes do que outras abordagens.
B
em um sistema em camadas, quando um programa de usuário executa uma operação de I/O, ele executa uma chamada de sistema que é interceptada pela camada de I/O, que chama a camada de gerenciamento de memória, que chama a camada de escalonamento de CPU, que é então passada para o hardware.
C
a principal desvantagem da abordagem em camadas é a complexidade de sua construção e a dificuldade de depuração, pois as camadas são projetadas de modo que cada uma use funções e serviços somente de camadas de mais alto nível.
D
a abordagem de microkernel estrutura o SO removendo todos os componentes não essenciais do kernel e implementandoos como programas de nível de sistema e usuário. O resultado é um kernel menor.
E
a abordagem por módulos envolve o uso de técnicas de programação orientada a objetos na criação de um kernel modular. Essa estratégia utiliza módulos dinamicamente carregáveis e é comum em implementações modernas do UNIX, como o Linux e o Mac OS X.
Página 3 de 3