Questões

Total de Questões Encontradas: 40

Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Considere o programa abaixo escrito na linguagem PHP: 
Imagem da Questão
O resultado a ser informado ao usuário após a execução do programa acima é:
A
100 70 30 20 4
B
50 35 15 10 2 
C
4 20 30 70 100
D
2 10 15 35 50
E
10 50 2 15 35
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Em relação ao desenvolvimento de soluções Web baseadas no modelo cliente/servidor,
A
as soluções Web permitem que um cliente tenha acesso a conteúdos de um servidor, bastando ter as informações necessárias ao acesso. Um usuário de um computador pessoal pode ter acesso a qualquer serviço da Internet, sem necessitar de identificação de acesso. 
B
os computadores que disponibilizam os serviços da Web fazem o papel de cliente, solicitando o acesso a uma área de arquivos temporários dos computadores pessoais. Quando um usuário solicita o acesso a um serviço da Web, o mesmo faz o papel de servidor, disponibilizando a área de arquivos temporários para o cliente Web. 
C
o servidor Web faz a oferta de serviços e está preparado para receber diferentes solicitações de um ou mais clientes que, no caso da Internet, são os computadores pessoais e dispositivos de uso semelhante, tais como smartphones e tablets, com a aplicação adequada para efetuar o acesso. 
D
os sites da Internet são armazenados em servidores, os quais fazem a função de aguardar por solicitações dos usuários finais. Para um usuário ter acesso a um site, este precisa utilizar um computador ou dispositivo de uso semelhante que tenha acesso a uma rede de computadores.
E
o cliente, no desenvolvimento de uma solução Web, é considerado o usuário final do sistema, que aguarda por envios de convites por parte de servidores, os quais buscam por clientes que possam usufruir dos serviços hospedados, tais como sites ou repositório de arquivos.
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Considere o programa abaixo escrito na linguagem Java:
Imagem da Questão
O resultado a ser informado ao usuário após a execução do programa acima é:
A
0 0 1 0 0 1 0 0 1 
B
0 1 2 0 1 2 0 1 2 
C
0 1 0 1 0 1 0 1 0
D
1 2 1 2 1 2 1 2 1
E
0 2 1 0 2 1 0 2 1 
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Um desenvolvedor está trabalhando em uma elaboração de um software no qual uma das funções a serem implementadas é o controle do fluxo de dados que serão armazenados em um SGBD. Esta função receberá como entrada uma estrutura de dados contendo uma coleção de registros de pessoas. Ao término da execução da função, deve ser fornecido como saída outra estrutura de dados contendo uma coleção de pessoas com idade igual ou superior a 18 anos extraídos da estrutura de entrada. Considerando a entrada, saída e o objetivo que deve ser alcançado, o desenvolvedor
A
utilizou comandos para a tomada de decisão, como os comandos condicional e de seleção múltipla. Não foram utilizados comandos que resultassem na repetição de trechos do código desenvolvido.
B
implementou comandos que resultaram na repetição de um trecho do código que realizou um teste de decisão sobre quais dos registros da estrutura de dados de entrada deveriam ser inseridos na estrutura de dados de saída. 
C
construiu a função usando um comando de repetição para percorrer os registros da estrutura de dados de entrada sem o uso de um comando condicional aninhado, melhorando o tempo de processamento. 
D
desenvolveu uma solução em que os registros da coleção de entrada  foram analisados através de um único comando condicional aninhado, sem o uso de comandos de repetição, buscando a otimização do código.
E
criou um comando de repetição para percorrer os registros da estrutura de dados de entrada e, usando comandos de seleção múltipla, separou os registros pela idade, criando diversas estruturas de saída. 
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
A especificação da UML, na versão 2.4, apresenta dois grupos de tipos de diagramas, sendo eles: 
A
o conjunto de diagramas que trata dos aspectos relacionados com as classes, objetos e os relacionamentos do sistema e o conjunto de diagramas que aborda aspectos do estado de funcionamento das aplicações, como o diagrama de máquina de estados e o diagrama de interação.
B
diagramas voltados para a elaboração de programas que usam classes associadas ao conceito de herança e polimorfismo e diagramas voltados para a elaboração de programas que usam classes que usufruem dos conceitos de interface e componente. 
C
o grupo de diagramas que trata de modelar o comportamento do sistema, como o diagrama de classes e o diagrama de pacotes e o grupo de diagramas que trata da estrutura do sistema, como o diagrama de caso de uso e o diagrama de atividades. 
D
os diagramas estruturais, que apresentam os níveis de implementação e como as partes do sistema se relacionam, e os diagramas comportamentais, os quais apresentam o comportamento dinâmico dos objetos do sistema, mostrando as mudanças no tempo, dentre os quais está o diagrama de caso de uso. 
E
uma agregação de diagramas para desenvolver aplicações que não envolvem o uso de classes e objetos, como o diagrama de caso de uso e o diagrama de componentes e outra agregação de diagramas que são aplicados diretamente no modelo de desenvolvimento orientado a objetos. 
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
O Gerente de Projetos de Software aplica os conhecimentos, habilidades e ferramentas às atividades do projeto com o objetivo de garantir que o produto seja desenvolvido de acordo com os requisitos. A métrica de análise de Pontos de Função, de acordo com a norma ISO/IEC 20968,
A
auxilia o Gerente de Projetos de Software a estimar o esforço necessário e custo para o desenvolvimento de sistemas com a abordagem da análise estruturada de sistemas.
B
possibilita ao Gerente de Projetos de Software medir o esforço e qualidade necessários para desenvolver softwares, desde que esteja usando a análise orientada a objetos e os diagramas da UML.
C
classifica a contagem das funções do tipo dado em Entradas Externas (EE), Consultas Externas (CE) e Saídas Externas (SE), representando requisitos que gerem o armazenamento de dados do usuário. 
D
define que os Arquivos Lógicos Internos (ALI) e os Arquivos de Interface Externa (AIE) são funções do tipo transição, os quais representam requisitos relacionados ao processamento.
E
auxilia o Gerente de Projetos de Software com técnicas para medir o esforço necessário para o desenvolvimento de um sistema, apoiando-o, também, no levantamento dos custos, análise de qualidade e análise de produtividade. 
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Na orientação a objetos 
A
a herança permite que os membros de uma classe, chamada de classe-pai, possam ser reaproveitados na definição de outra classe, chamada de classe-filha. Esta classe-filha tem acesso aos membros públicos e protegidos da classe-pai. O polimorfismo, associado à herança, permite que métodos abstratos definidos em uma classe abstrata sejam implementados nas classes-filhas, podendo estes métodos, nas classes-filhas, apresentar comportamentos distintos.
B
atributos e métodos podem ser reaproveitados através da herança, quando uma subclasse herda as características de uma superclasse. Uma subclasse pode ter acesso aos membros de uma superclasse, independente do modificador atribuído. O polimorfismo é um recurso que permite a uma subclasse reimplementar os métodos herdados de uma superclasse, sendo este método abstrato ou não.
C
a herança e o polimorfismo são complementares, ou seja, devem ser aplicados em conjunto. A herança existe a partir de classes abstratas que contêm atributos e métodos abstratos. O polimorfismo obriga que as classes-filhas implementem os métodos e atributos desta classe-pai. O acesso aos atributos da classe-pai independe do modificador utilizado. 
D
o conceito de herança estabelece que uma classe possa aproveitar a implementação, definições dos atributos e métodos de uma classe-base. A classe-filha pode ter acesso aos métodos e atributos públicos e protegidos da classe-base. O polimorfismo é aplicado ao caso em que existe a necessidade de implementar métodos sobrecarregados, nos quais a classe-filha necessita implementar dois métodos com o mesmo nome e parâmetros diferentes.
E
o polimorfismo é uma técnica que permite um objeto nascer a partir do uso de sobrecarga de construtores de uma classe, ou seja, o polimorfismo permite que um objeto possa ser instanciado de diferentes maneiras. A herança permite que uma classe sirva de base para que outras classes sejam implementadas. Entretanto, os membros com modificadores públicos da classe-base podem ser acessados pela classe-filha. 
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Um analista desenvolveu dois Diagramas de Fluxo de Dados (DFDs) para um sistema. A caracterização correta destes diagramas é encontrada em:
A
Ambos os diagramas representam partes do sistema desenvolvido com base na análise estruturada. Um dos diagramas representa a relação entre os processos existentes no sistema em uma única camada de abstração. O outro diagrama apresenta a relação entre os dados do sistema, apoiando o desenvolvimento de bancos de dados relacionais que podem ser implementados em um Sistema de Gerenciamento de Banco de Dados.
B
O diagrama com o nível maior de especificação, conhecido por diagrama de contexto, apresenta uma visão detalhada das entradas e saídas de dados, os processos que tratam os dados originados das entidades externas e armazenam as saídas nos depósitos de dados. O outro diagrama apresenta uma abstração do relacionamento entre os dados armazenados nas entidades externas e nos depósitos de dados, sendo esta uma visão macro do diagrama de contexto.
C
O primeiro diagrama, com o maior nível de abstração, conhecido por diagrama de contexto, contém a representação macro do sistema com as entidades externas, depósitos de dados e o processo do sistema com os fluxos de dados. O outro diagrama apresenta os subprocessos internos ao processo do sistema, com os respectivos fluxos de dados, respeitando as ligações entre as entidades externas e depósito de dados modelados no diagrama de contexto.
D
Os diagramas desenvolvidos seguem a abordagem dos diagramas estruturais da UML, a qual propõe o uso do DFD para ilustrar os processos existentes, os fluxos de dados do sistema, as entidades externas e os depósitos de dados. O diagrama de contexto contém um único processo e os fluxos macros. O segundo diagrama apresenta os diagramas derivados do processo principal.
E
Estes diagramas são baseados na análise estruturada de sistemas e ambos modelam as entidades externas, depósito de dados e os relacionamentos entre as entidades com a definição das cardinalidades, apoiando o desenvolvimento de um banco de dados relacional. O DFD compõe o modelo conceitual, servindo de apoio às próximas etapas de concepção de um banco de dados, tal como o modelo lógico e o modelo físico. 
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
A BPMN (Business Process Modeling Notation) é caracterizada por
A
grupos de procedimentos os quais são representados por um diagrama de blocos para ilustrar os relacionamentos entre artefatos de um software.
B
um conjunto de tarefas representadas por ícones e interligadas por símbolos de fluxograma para facilitar o entendimento de um processo de negócio.
C
uma representação textual do grupo de tarefas que compõem um processo para a tomada de decisões por membros de uma organização.
D
classes de negócio interligadas por notações de relacionamento, tais como associações ou generalizações, a fim de facilitar a compreensão dos requisitos de um software.
E
objetos de software que ilustram a instância de classes de negócio, organizadas através da notação de pacote,  sendo uma maneira de visualizar os processos de negócio que incidem sobre estes objetos.
Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TST Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
São características da análise estruturada e da análise orientada a objetos, respectivamente: 
A
a organização do código-fonte em pacotes e o uso de diagrama de classes.
B
programas elaborados com o uso de funções e determinação do dicionário de dados.
C
o uso de diagramas de sequência  e o uso do diagrama de contexto. 
D
a modelagem do fluxo de dados e a abstração de conceitos do mundo real.
E
a técnica de encapsulamento e a extensão de classes com a aplicação de herança. 
Página 3 de 4