Questões

Total de Questões Encontradas: 40

No Microsoft SQL Server, a função que retorna, em caso de sucesso, a posição da primeira ocorrência de uma substring em uma determinada string, se chama  
A
PATINDEX.  
B
POSITION.  
C
SUBSTR.  
D
INDEXOF.  
E
STRPOS.
Em PostgreSQL, a função que converte a primeira letra da string informada em letra maiúscula, alterando todas as letras subsequentes dessa string para minúsculas se chama  
A
chgstr.  
B
altertext.  
C
initcap.  
D
upper.  
E
toupper. 
Em ferramentas OLAP, a estrutura de dados que agrega as medidas por níveis e hierarquias de cada uma das dimensões a serem analisadas, combinando várias dimensões, tais como tempo, geografia e linhas de produtos, com dados resumidos, tais como números de vendas ou de inventário, é visualizada na forma de  
A
um gráfico multidimensional.  
B
uma esfera.  
C
uma planilha.  
D
um cubo.  
E
uma pirâmide tridimensional. 
Após a execução dos seguintes comandos em linguagem SQL:  

 CREATE TABLE Carros (INT Código PRIMARY KEY, TEXT Modelo);  
 INSERT INTO Carros VALUES (NULL, "Alfa Romeo");  
 INSERT INTO Carros VALUES (5000, "Mazda");  
 SELECT COUNT(*) FROM Carros;

 Será retornado o valor  
A
NULL.  
B
1.  
C
0.  
D
2.  
E
5000. 
Considere o seguinte fragmento de linguagem SQL:

CREATE TABLE Carros (INT Código PRIMARY KEY, TEXT Modelo);  
INSERT INTO Carros VALUES (NULL, "Alfa Romeo");

Após a execução da primeira linha do código acima, ao ser executado o código presente na segunda linha, será  
A
inserida uma nova linha na coluna Modelo.  
B
inserida uma nova linha na tabela Carros.  
C
inserida uma nova coluna na linha Carros.  
D
inserida uma nova coluna na linha Modelo.  
E
exibida uma mensagem de erro, pois a coluna Código não pode conter um valor indeterminado (NULL).
Em modelos de entidade e relacionamentos (ER), os relacionamentos independentes são  
A
uma forma de representação em que não existe nenhum tipo de opcionalidade quanto à participação de elementos nas associações.  
B
uma forma de representação gráfica, em que um ou outro elemento permite a ausência de associações.  
C
caracterizados por agrupar todo e qualquer relacionamento que possa vir a ser estabelecido sem que haja necessidade de avaliação simultânea de outro relacionamento.  
D
aqueles que, tendo dependências uns com os outros, impõem o estabelecimento simultâneo de associações entre os vários elementos envolvidos.  
E
caracterizados por serem mutuamente exclusivos, portanto, se a associação for estabelecida através de um dos relacionamentos, não poderá ser estabelecida pelos demais. 
Em um modelo de entidade relacionamento, uma entidade é dita fraca quando é verificada, entre uma entidade A e uma entidade B, a 
A
presença de relacionamento de objetos do mesmo tipo.  
B
existência de grupo de atributos nominativos que englobam os atributos de ambas as entidades.  
C
ausência de representação das características intrínsecas dos objetos por elas representados.  
D
existência de atributos referenciais no modelo conceitual.  
E
dependência da existência entre elas ou a dependência de um identificador.
O modelo conceitual de dados  
A
é aquele em que os objetos, suas características e relacionamentos têm a representação de acordo com as regras de implementação e limitantes impostos por algum tipo de tecnologia.   
B
é aquele em que os objetos, suas características e relacionamentos têm a representação fiel ao ambiente observado, independente de limitações quaisquer impostas por tecnologias, técnicas de implementação ou dispositivos físicos.   
C
é aquele elaborado respeitando-se e implementando-se conceitos tais como chaves de acesso, contro-le de chaves duplicadas, itens de repetição (arrays), normalização, ponteiros e integridade referencial, entre outros.   
D
é a fase da modelagem na qual é necessário considerar todas as particularidades de implementação, principalmente o modelo que será utilizado para a implementação futura.   
E
está sempre associado às fases de projeto, contrastando com o modelo lógico, que sempre está associado à fase de análise, quando utilizado com as metodologias de desenvolvimento de sistemas e implementado por ferramentas CASE. 
Sobre os fundamentos arquiteturais do banco de dados PostgreSQL, considere:

 I. Utiliza um modelo cliente/servidor, consistindo de um processo servidor que gerencia os arquivos do banco de dados, controla as conexões dos clientes ao banco dados e efetua ações no banco de dados em favor dos clientes.  

 II. A aplicação cliente, que irá efetuar as operações no banco de dados, poderá ser de diversas naturezas, como uma ferramenta em modo texto, uma aplicação gráfica, um servidor web que acessa o banco de dados para exibir as páginas ou uma ferramenta de manutenção especializada.  

 III. A aplicação cliente pode estar localizada em uma máquina diferente da máquina em que o servidor está instalado. Neste caso, a comunicação entre ambos é efetuada por uma conexão TCP/IP. O servidor pode aceitar diferentes conexões dos clientes ao mesmo tempo.

Está correto o que se afirma em 
A
I, II e III.   
B
I e II, apenas.   
C
I e III, apenas.   
D
II e III, apenas.   
E
III, apenas. 
Em relação a bancos de dados, uma chave primária pode ser formada por uma ou mais colunas e deve possuir um identificador único para  
A
cada uma das colunas pertencente a essa chave.  
B
cada coluna da tabela.  
C
uma tupla (formada por linhas e colunas).  
D
todos os registros da tabela.  
E
cada linha da tabela. 
Página 3 de 4