Questões

Total de Questões Encontradas: 181

Um Analista está desenvolvendo um Modelo Entidade-Relacionamento do banco de dados de um tribunal sob uma perspectiva lógica e parte do modelo é formado pelas duas entidades abaixo, relacionadas com cardinalidade n:m. 

A entidade Processo contém os atributos:
− NuM_Seq (número sequencial do processo por unidade de origem) − valor inteiro − (PK).
− Dig (dígito verificador) − valor inteiro − (PK).
− Ano (ano do ajuizamento) − valor inteiro − (PK).
− Org (órgão ou segmento do Poder Judiciário, sendo 5 o correspondente à Justiça do Trabalho) − valor inteiro.
− Tribunal (tribunal do segmento do Poder Judiciário, sendo 23 para o TRT da 23a Região) − valor inteiro (FK).
− Origem (unidade de origem do processo, sendo 4 zeros para o TRT) − valor inteiro.

A entidade Advogado contém os atributos:
− Num_OAB (número da OAB) − cadeia de caracteres − primary key.
− Nome (nome do advogado) − cadeia de caracteres.
− Telefone (telefone residencial e comercial) − cadeia de caracteres.

Considerando que Advogado acompanha Processo,
A
o atributo Num_OAB precisa aparecer também na entidade Processo, como chave estrangeira, para garantir a integridade referencial entre os dados.
B
o relacionamento não pode ser n:m, pois em cada Processo não se pode referenciar mais do que um Advogado para cada uma das partes, logo, trata-se de um relacionamento 1:n.
C
o atributo Tribunal não pode ser chave estrangeira na entidade Processo, pois dos Tribunais não há necessidade de se cadastrar nada além do número.
D
na implementação das tabelas, o relacionamento n:m deverá ser dividido em duas relações 1:n e uma nova tabela deverá ser criada para representar o relacionamento.
E
como a relação é n:m, os atributos chave primária da entidade Processo devem aparecer na entidade Advogado como chave estrangeira e vice-versa.
A modelagem funcional de um sistema pode ser realizada por meio de DFDs que
A
mostram a organização dos valores no interior dos objetos e a sequência em que ocorrem as interações entre os processos.
B
não mostram informações de controle, como o momento em que os processos são executados, ou decisões entre vias alternativas de dados.
C
apresentam os relacionamentos funcionais dos valores calculados por um sistema incluindo valores de entrada e saída, mas não inclui valores de depósitos de dados.
D
mostram as classes, atributos, operações e relacionamentos entre os processos e atores do sistema.
E
são compostos por processos, fluxo de dados, entidades externas, atributos e métodos.
Durante a execução de um projeto estruturado, um Técnico pode utilizar símbolos amplamente adotados para representar elementos
de um Diagrama de Fluxo de Dados − DFD, EXCETO
A
Processos.
B
Depósitos de Dados.
C
Fluxos de Dados.
D
Fluxos de Trabalho.
E
Entidades Externas.
Texto Associado Texto Associado
Um Técnico está participando da modelagem de um banco de dados utilizando o Modelo Entidade-Relacionamento − MER e se deparou, dentre outras, com a entidade Processo, que contém os seguintes atributos:
NumeroProcesso − inteiro (PK)
DigitoProcesso − inteiro (PK)
AnoProcesso − inteiro (PK)
NumeroOABAdvogadoProcesso − cadeia de caracteres
NomeAdvogadoProcesso − cadeia de caracteres
NumeroOrgaoJudiciarioProcesso − inteiro (FK)
NumeroTribunal − inteiro (FK)
NumeroUnidadeOrigemProcesso − inteiro (FK)
Após criar a tabela Processo no Sistema Gerenciador de Banco de Dados SQL Server, para definir uma restrição que especifica que o campo AnoProcesso só poderá receber números inteiros maiores do que 2014, o Técnico deve utilizar a instrução
A
ADD CONSTRAINT Processo CHECK (AnoProcesso>2014).
B
ALTER TABLE Processo ADD CHECK (AnoProcesso>2014).
C
ADD CONSTRAINT (AnoProcesso>2014) FROM Processo.
D
CREATE CONSTRAINT Chk_Processo FROM Processo CHECK (AnoProcesso>2014).
E
ALTER TABLE Processo ADD CONSTRAINT (AnoProcesso>2014).
Texto Associado Texto Associado
Um Técnico está participando da modelagem de um banco de dados utilizando o Modelo Entidade-Relacionamento − MER e se deparou, dentre outras, com a entidade Processo, que contém os seguintes atributos:
NumeroProcesso − inteiro (PK)
DigitoProcesso − inteiro (PK)
AnoProcesso − inteiro (PK)
NumeroOABAdvogadoProcesso − cadeia de caracteres
NomeAdvogadoProcesso − cadeia de caracteres
NumeroOrgaoJudiciarioProcesso − inteiro (FK)
NumeroTribunal − inteiro (FK)
NumeroUnidadeOrigemProcesso − inteiro (FK)
Considerando as regras para o desenvolvimento do MER normalizado, o Técnico deve concluir corretamente que um atributo
que NÃO pode estar na entidade Processo é o
 
A
NomeAdvogadoProcesso.
B
AnoProcesso.
C
NumeroOrgaoJudiciarioProcesso.
D
NumeroTribunal.
E
NumeroUnidadeOrigemProcesso.
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: MEC Prova: Técnico de Nível Superior - DESENVOLVEDOR
Texto Associado Texto Associado
Considerando que o principal objetivo da modelagem de dados é desenvolver uma representação das informações de determinado negócio ou processo, julgue os itens subsecutivos.
O modelo de entidade e relacionamento é uma representação da realidade, utilizando entidades e relacionamentos.
C
Certo
E
Errado
Texto Associado Texto Associado
Acerca de modelagem de dados e modelo relacional, julgue os itens seguintes.
Uma entidade é representada por um conjunto de atributos que são propriedades descritivas de cada membro de um conjunto de entidades, logo um projeto relacional de banco de dados especificado por um diagrama C-R pode ser representado por uma coleção de domínios de relação.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: MEC Prova: Técnico de Nível Superior - ADMINISTRADOR DE DADOS
Texto Associado Texto Associado
Julgue os seguintes itens, com relação à modelagem de dados dimensional.
A navegação em uma base de dados que utiliza o modelo entidade-relacionamento é mais fácil se comparada à navegação em uma base que utiliza o modelo multidimensional, visto que a primeira apresenta poucas junções entre as tabelas.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: MEC Prova: Técnico de Nível Superior - ADMINISTRADOR DE DADOS
Texto Associado Texto Associado
Julgue os itens subsequentes acerca de modelagem relacional de dados.
Uma vez que os valores de atributos na modelagem entidade-relacionamento podem ser alterados ao longo do tempo, relacionamentos também podem ser modificados, podendo ser necessário, nesse caso, que o banco de dados mantenha um registro histórico das alterações. Durante a modelagem, relacionamentos que originalmente consideram apenas o estado atual do banco de dados e que possuem cardinalidade 1:1 ou 1:n podem ser transformados em relacionamentos com cardinalidade n:n, considerando assim o
histórico das alterações do relacionamento.
C
Certo
E
Errado
Ano: 2015 Banca: CESPE Órgão: STJ Prova: Técnico Judiciário - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
A respeito da modelagem de dados e da qualidade de software, julgue os itens subsecutivos.
O relacionamento no modelo entidade-relacionamento é uma associação intuitiva entre entidades, cujo número de entidades envolvidas é conhecido como hierarquia.
C
Certo
E
Errado
Página 3 de 19