Questões

Total de Questões Encontradas: 213

Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
A troca da palavra destacada pela expressão entre parênteses altera o sentido completo do trecho APENAS em
A
“Hoje acho que teria dificuldade em encontrar papel- carbono...” (A. 15-16) (de)
B
“com diversas vantagens sobre o sistema atual,” (A. 43-44) (em relação ao)
C
“Sei de gente que dedica todas as suas horas vagas à Internet, no sem-número de grupos de que se pode participar.” (A. 49-51) (do).
D
“Assim mesmo, não sobra tempo para responder à enxurrada diária de e-mails e mensagens variadas.” (A. 51-53) (de)
E
“Assim como, do ponto de vista do leitor,” (A. 64) (sob o)
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
No trecho “Depois, nos diários que fez, dizia as ideias que tinha tido em tal passeio. Os passeios para ele eram também momentos de criação.” (. 31-33) a junção dos períodos em apenas um mantém o sentido original e está adequada à norma-padrão em: 
A
Nos diários que fez, dizia as ideias que tinha tido depois em tal passeio, os quais, para ele, eram também momentos de criação.
B
Embora os passeios para ele tivessem sido também momentos de criação, depois, nos diários que fez, di- zia as ideias que tinha tido em um passeio tal.
C
Depois, nos diários que fez, dizia as ideias que tinha tido em tal passeio, mas os passeios para ele eram também momentos de criação.
D
Ainda que os passeios para ele fossem também momentos de criação, ele dizia as ideias que tinha tido em tal passeio, nos diários que fez depois.
E
Os passeios para ele eram também momentos de criação: assim, depois, nos diários que fez, dizia as ideias que tinha tido em tal passeio.
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Em qual dos trechos a alteração da pontuação mantém o sentido original e respeita a norma-padrão? 
A
“Existe uma ironia ao fazer-se um guia a partir de um roteiro turístico escrito por Fernando Pessoa: embora ele tenha detalhado cada ponto de Lisboa, cidade onde nasceu e viveu, o maior poeta português não gostava de viajar” (. 1-5) — Existe uma ironia, ao fazer-se um guia a partir de um roteiro turístico escrito por Fernando Pessoa. Embora ele tenha detalhado cada ponto de Lisboa, cidade onde nasceu e viveu, o maior poeta português não gostava de viajar.
B
“Após a morte do pai, a sua mãe casou-se com o militar João Miguel Rosa, que, por sua vez, se tornou cônsul de Portugal na cidade africana, obrigando a família a mudar-se” (. 9-12) — Após a morte, do pai, a sua mãe, casou-se com o militar João Miguel Rosa, que, por sua vez, se tornou cônsul, de Portugal, na cidade africana, obrigando a família a mudar-se.
C
“‘Para Pessoa, Lisboa foi mais do que uma cidade, foi a pátria, condensadamente. E desde que nela lançou âncora, em 1905, nunca mais daí saiu’” (. 15-18) — Para Pessoa, Lisboa foi mais do que uma cidade: foi a pátria, condensadamente, e, desde que nela lançou, âncora, em 1905, nunca mais, daí saiu.
D
“Isso ajuda a explicar o fato de ter sido um verdadeiro andarilho, indo de um lado para o outro, algo que acabaria por constituir a sua própria personalidade. Era caminhando que pensava, que refletia” (. 24-28) — Isso ajuda a explicar o fato, de ter sido um verdadeiro andarilho. Indo de um lado para o outro, algo que acabaria por constituir a sua própria personalidade, era caminhando que pensava, que refletia.
E
“Para ele era uma maneira de estar sozinho de fato, bem como uma forma de ter ideias, era uma maneira de criar. Depois, nos diários que fez, dizia as ideias que tinha tido em tal passeio” (. 29-32) — Para ele, era uma maneira de estar sozinho de fato, bem como uma forma de ter ideias; era uma maneira de criar. Depois, nos diários que fez dizia as ideias, que tinha tido em tal passeio.
Página 22 de 22