Questões

Total de Questões Encontradas: 30

FDDI é um padrão para transmissão digital de dados utilizando cabos de fibra óptica. Redes FDDI transmitem o sinal a taxas de até ___I___ e são normalmente usadas como ___II___ . FDDI-2 suporta a transmissão de informações de voz e de vídeo, bem como de dados.

Preenchem, correta e respectivamente, as lacunas: 
A
100 Mbps − backbones de MANs
B
1 Gbps − sub-redes em WANs
C
10 Gpbs − LANs
D
100 Gbps − provedoras de acesso à Internet
E
10 Mbps − VPNs 
Ethernet é um tipo de LAN definida pelo padrão IEEE 802.3 que usa o protocolo CSMA/CD.   Com relação a esse protocolo, analise as asserções a seguir.

I. No CSMA/CD que obedece o padrão 802.3, nodos “inteligentes” são anexados ao meio por dispositivos de hardware denominados transceptores. Os nodos são considerados inteligentes

                                                                            PORQUE

II. um transceptor testa um meio compartilhado para determinar se ele está disponível antes de transmitir dados. Quando a estação conectada ao transceptor deseja transmitir, o transceptor envia dados para o meio compartilhado e, ao mesmo tempo, o monitora para detectar transmissão simultânea (colisão).

Acerca dessas asserções, é correto afirmar: 
A
I e II são verdadeiras. II é a justificativa correta de I.
B
I e II são verdadeiras. II não é a justificativa correta de I.
C
I é falso e II é verdadeiro.
D
I é verdadeiro e II é falso.
E
I e II são falsos. 
Um endereço IPv4 é um número de 32 bits que identifica, exclusivamente, um host em uma rede TCP/IP.

Considere o endereço IP em notação binária 11000000.10101000.01111011.10000100. Para facilitar o uso e entendimento, os endereços IP são normalmente apresentados no formato decimal.

A representação decimal correta do endereço IP apresentado é
A
128.113.128.1
B
168.0.0.128
C
192.168.123.132
D
192.168.116.128
E
168.192.113.132 
Considere um endereço de rede de classe C (IPv4), cuja máscara é 255.255.255.252. Esta máscara pode representar até 
A
16 sub-redes com 14 hosts cada.
B
8 sub-redes com 30 hosts cada.
C
64 sub-redes com 2 hosts cada.
D
32 sub-redes com 6 hosts cada.
E
4 sub-redes com 62 hosts cada.
A arquitetura TCP/IP divide o processo de comunicação em camadas. Em cada camada atuam determinados protocolos que interagem com os protocolos das outras camadas da arquitetura.

Correspondem à relação correta da camada com alguns de seus protocolos: 
A
Aplicação: SMTP, HTTP, CSMA 
Transporte: UDP, TCP 
Internet: IP, ICMP
B
Aplicação: TELNET, DNS, HTTP 
Transporte: TCP, ICMP 
Internet: IP, ARP 
C
Aplicação: HTTP, POP, IMAP 
Transporte: UDP, ARP 
Internet: IP, RARP 
D
Aplicação: IP, SMTP, HTTP 
Transporte: FTP, TCP 
Internet: ICMP, ARP 
E
Aplicação: HTTP, FTP, DNS 
Transporte: TCP, UDP 
Internet: ICMP, IP 
Analise os passos a seguir:
  1. A envia para B o sincronismo SYN e o número de sequência de A que é x.
  2. B responde para A com a confirmação ACK, o número de sequência x + 1 e o número de sequência de B que é y.
  3. A responde para B, confirmando que o número de sequência de B será y + 1, e o número de sequência de A será x + 1.
Os passos apresentados correspondem a um exemplo de
A
comunicação entre um cliente A e um servidor B utilizando o protocolo TELNET.
B
sincronismo entre um transmissor A e um receptor B em uma comunicação utilizando o protocolo TCP.
C
troca de mensagens de correio entre um transmissor A e um receptor B utilizando o protocolo SMTP.
D
troca de arquivos entre um cliente A e um servidor B utilizando o protocolo FTP. 
E
comunicação entre um transmissor A e um receptor B utilizando o protocolo UDP.
No modelo OSI, os switches tradicionais (sem funções de roteamento) e os roteadores, operam, respectivamente, nas camadas de
A
enlace e de transporte.
B
transporte e física.
C
rede e de transporte.
D
enlace e de rede.
E
sessão e de rede.
Para reduzir a complexidade do projeto, a maioria das redes é organizada como uma pilha de camadas ou níveis, colocadas umas sobre as outras. A camada n de uma máquina se comunica com a camada n de outra máquina utilizando regras que chamamos de protocolos. A arquitetura da rede é formada por um conjunto de camadas e protocolos onde normalmente é necessário

  I. um meio para que um processo de uma máquina especifique com quem ela deseja se comunicar e uma forma de endereçamento para definir um destino específico.

 II. definir se os dados serão  transferidos em apenas um sentido ou nos dois sentidos, além de definir a quantos canais lógicos corresponde a conexão e quais são suas prioridades.

III. algum controle de erros na transmissão, além disso o receptor deve ter algum meio para informar ao transmissor quais mensagens foram recebidas corretamente e quais não foram.

IV. que algum protocolo permita explicitamente ao receptor remontar de forma adequada os fragmentos recebidos para lidar com uma possível perda de sequência dos segmentos transmitidos.

São questões fundamentais presentes em uma arquitetura de rede em camadas o que consta em 
A
I, II, III e IV.
B
III e IV, apenas. 
C
I e II, apenas.
D
I e III, apenas.
E
II e IV, apenas.
As redes de difusão têm apenas um canal de comunicação, compartilhado por todas as máquinas da rede. LANs de difusão admitem diversas topologias. Duas delas são descritas a seguir:

 I. Em qualquer instante no máximo uma máquina desempenha a função de mestre e pode realizar uma transmissão. Nesse momento, as outras máquinas serão impedidas de enviar qualquer tipo de mensagem. Então, será preciso criar um mecanismo de arbitragem para resolver conflitos quando duas ou mais máquinas quiserem fazer uma transmissão simultaneamente.

II. Cada bit se propaga de modo independente, sem esperar pelo restante do pacote ao qual pertence. Em geral, cada bit percorre todo o trajeto no intervalo de tempo em que alguns bits são enviados, muitas vezes até mesmo antes do pacote ter sido inteiramente transmitido. O IEEE 802.5 e o FDDI são redes locais baseadas nessa topologia.

As topologias referentes aos itens I e II são, correta e respectivamente,
A
malha e anel.
B
estrela e árvore.
C
ponto-a-ponto e estrela.
D
barramento e árvore.
E
barramento e anel. 
A estação terrena mais popular para a comunicação via satélite é a VSAT. Sobre VSAT é correto afirmar:
A
Na topologia em malha, para uma estação VSAT se comunicar com outra estação do mesmo tipo deve se comunicar com a hub station e esta retransmitir o sinal para a outra estação VSAT, ocorrendo, nesse caso, o fenômeno denominado de duplo pico, pois o sinal vai e volta duas vezes do satélite.
B
Há duas topologias de redes VSAT: malha (mesh) e estrela. Na topologia em malha as estações VSAT se comunicam, exclusivamente, com a hub station e na topologia em estrela há comunicação direta entre as VSATs.
C
Uma rede VSAT − Very Small Aperture Terminal é composta de um número de estações VSAT e uma estação principal (hub station). A hub station dispõe de antena maior e se comunica com todas as estações VSAT remotas, coordenando o tráfego entre elas.
D
Para que uma estação VSAT se comunique é necessário que à mesma esteja associado a um canal de RF. Essa associação pode ser permanente ou por demanda, variando dinamicamente. Quando a associação é permanente existe um canal fixo para cada VSAT e há o método de alocação DAMA − Demand Assignment Multiple Access ou acesso múltiplo com alocação por demanda.
E
Quando a alocação é dinâmica existe um pool de canais administrados pela hub station do qual são alocados os canais para cada VSAT na medida em que sejam solicitados e para o qual são liberados ao término do uso. Neste caso, há o método de alocação PAMA − Permanent Assignment Multiple Acess ou acesso múltiplo com alocação permanente.
Página 2 de 3