Questões

Total de Questões Encontradas: 2.017

Na UML versão 2.0 o Diagrama de Sequência teve a adição de um recurso chamado Fragmentos Combinados utilizado para modelar testes lógicos. Em relação a Fragmentos Combinados, é INCORRETO afirmar que são
A
representados por um retângulo em linha contínua com uma subdivisão indicando o operador de interação.
B
denotados utilizando notas explicativas.
C
representados por um retângulo de bordas arredondadas e desenhado em linha tracejada com uma subdivisão indicando o operador de interação.
D
exemplos de operadores de interação Loop, Alt, Opt, dentre outros.
O Manifesto para o desenvolvimento ágil de software resume os itens mais valorizados pelos praticantes desta abordagem. Considerando os itens listados a seguir, assinale a opção que NÃO representa um valor ágil segundo o Manifesto.
A
indivíduos e interações mais que processos e ferramentas
B
seguir um plano mais que responder a mudanças
C
software em funcionamento mais que documentação abrangente
D
colaboração com o cliente mais que negociação de contratos
A estrutura da UML 2.0 propõe 13 diagramas para modelagem de sistemas, a maioria dos quais já existia nas versões anteriores. Os diagramas existentes anteriormente sofreram acréscimos em maior ou menor grau, e em alguns casos tiveram seus nomes alterados. O Diagrama de Tempo é um dos três novos diagramas propostos na versão 2.0; os outros dois novos diagramas incorporados nessa versão são
A
o diagrama de interação e o diagrama de comunicação.
B
o diagrama de comunicação e o diagrama de estrutura compostas.
C
o diagrama de interação geral e o diagrama de colaboração.
D
o diagrama de estruturas compostas e o diagrama de interação geral.
Texto Associado Texto Associado
Sobre Orientação a Objetos, analise as seguintes afirmações: 
I. Uma classe abstrata só possui métodos abstratos.
II. Uma interface não contém métodos implementados.
III. Uma classe abstrata não pode ser instanciada, logo ela não pode ter um construtor.
IV. Uma interface pode ser utilizada como um tipo de dado.
É correto o que se afirma somente em
A
IV.
B
II, III e IV.
C
I, e III.
D
I e II.
Test-driven Development (TDD) é uma abordagem para o desenvolvimento de programas em que se intercalam testes e desenvolvimento de código (Sommerville, I. Engenharia de Software, 9a edição, 2011). A respeito do TDD, é correto afirmar que
A
consiste em um processo iterativo que se inicia escrevendo um código de uma funcionalidade do sistema e, logo em seguida, testa-o para saber se a implementação foi correta.
B
apesar de útil, não diminui o custo de testes de regressão do sistema.
C
sua utilização elimina a necessidade de testes de validação do sistema, uma vez que ele já foi testado incrementalmente.
D
apesar de ter sido apresentado como parte dos métodos ágeis, também pode ser usado em outros processos de desenvolvimento de software.
Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Scrum e XP são metodologias ágeis usadas no contexto de desenvolvimento de software que
A
podem ser usadas em conjunto, criando uma metodologia híbrida própria, de forma a unir as práticas de gestão do Scrum com as práticas de desenvolvimento da XP.
B
utilizam reuniões diárias (Daily Meetings) de 15 minutos em pé para ajudar a tornar as reuniões mais produtivas, colaborativas e úteis.
C
podem ser usadas juntas, desde que em um contexto em que o gerenciamento do projeto seja realizado por um framework como o PMBoK.
D
não podem ser usadas em conjunto por serem ambas voltadas para a gestão do processo de desenvolvimento de software.
E
podem ser usadas em conjunto, já que a XP foca mais na gestão do processo de desenvolvimento e a Scrum, no desenvolvimento propriamente dito.
Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Um Auditor Fiscal da área de Tecnologia da Informação está participando do processo de levantamento de requisitos para o desenvolvimento de um novo software. Os requisitos a seguir foram elencados:
I. Um usuário deve ser capaz de pesquisar a lista de contribuintes devedores.
II . O sistema deve gerar a lista de contribuintes com atendimento agendado naquele dia.
III . O sistema deve se adequar às leis que garantem o sigilo das informações.
IV. Cada usuário do sistema deverá ser identificado por um número de 8 dígitos.
V. O Sistema deve ter suporte para os sistemas operacionais Linux e Windows.
VI. A alteração dos dados de um contribuinte só poderá ser concretizada após confirmação.
VII. Toda consulta deve retornar os valores solicitados em até 20 segundos.
VIII . A gravação dos dados só deverá ser efetuada após o preenchimento de todos os campos de preenchimento obrigatório.
IX. Os dados devem ser armazenados em servidores em cluster para garantir a disponibilidade.
São requisitos funcionais os que constam APENAS em
A
I, II , III , IV, V, VI e VII.
B
II , IV, VII e VIII .
C
I, II , IV, VI e VIII .
D
IV, VI, VIII e IX.
E
II , IV, V, VI e VIII .
Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Suponha que uma Auditora Fiscal da área de TI atue na etapa de testes e avaliação da qualidade de um software em desenvolvimento. Como o software sofria alterações a cada nova funcionalidade a ele incorporada, a Auditora propôs que a equipe de testes adotasse como padrão um tipo de teste que garantisse que as mudanças recentes no código deixassem o resto do código intacto, visando impedir a introdução de erros. A equipe decidiu realizar um tipo de teste para testar a parte modificada e as áreas adjacentes que podem ter sido afetadas, dentro de uma abordagem baseada em risco. Assim, os testadores destacariam as áreas de aplicação que poderiam ser afetadas pelas recentes alterações de código e selecionariam os casos de testes relevantes para o conjunto de testes. Procedendo desta forma, seriam realizados testes
A
de Revisão de Funcionalidade.
B
Gama.
C
de Aceite Operacional.
D
de Regressão.
E
de Caixa-preta.
Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Considere o procedimento apresentado na figura a seguir, no qual são utilizados documentos consistentes e adequados capazes de definir, registrar e prover condições de análise dos resultados obtidos ao longo do processo de testes de software.
Imagem Associada da Questão
Na etapa de Registro do Teste, I corresponde ao
A
Registro de Testes Verde-Vermelho e II corresponde aos Critérios para Homologação de Teste.
B
Log de Teste e II corresponde ao Relatório de Incidentes de Teste.
C
Gap de Teste e II corresponde à Refatoração de Testes.
D
Registro de Testes Funcionais e Não Funcionais e II corresponde ao Relatório de Análise Ciclomática de Teste.
E
Relatório de Testes de Usabilidade e II corresponde ao Relatório de Testes Sincronizados.
Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Considere um cenário composto pelas ações elencadas a seguir.
I. Auditora 1 trava o arquivo para edição.
II . Enquanto Auditora 1 edita o arquivo, Auditora 2 tenta travá-lo e falha.
III . Auditora 2 edita o arquivo sem travá-lo, inclui suas modificações e publica o arquivo.
IV. Auditora 1 publica sua versão e destrava o arquivo.
V. Agora Auditora 2 consegue travar o arquivo e atualizá-lo com suas modificações.
VI. Auditora 1 atualiza sua versão, pegando o arquivo apenas para leitura.
Nesse caso, a política de gerência de configuração e mudança de software é do tipo
A
otimista, que enfatiza o uso de check-out reservado, fazendo bloqueio e inibindo o paralelismo do desenvolvimento sobre o mesmo artefato.
B
pessimista, que enfatiza o uso de check-out reservado, fazendo bloqueio e inibindo o paralelismo do desenvolvimento sobre o mesmo artefato.
C
otimista, pois permite que o artefato seja alterado simultaneamente por Auditora 1 e Auditora 2, e usa o mecanismo de check-in para unir as modificações efetuadas em paralelo.
D
otimista, que evita que conflitos ocorram quando a mesma região ou linha do arquivo é modificada.
E
pessimista, pois utiliza o mecanismo de junção automática quando o artefato é modificado simultaneamente.
Página 2 de 202