Questões

Total de Questões Encontradas: 194

No modelo CMMI para Desenvolvimento, versão 1.2, são exemplos de atividades a serem revisadas na Prática Genérica GP 2.9 - Avaliar Objetivamente a Aderência:
A
Estabelecimento e manutenção da estratégia para gestão de riscos e Categorias de riscos.
B
Identificação e análise de riscos e Mitigação de riscos.
C
Parâmetros para riscos e Categorias de riscos.
D
Relatório do status de riscos e Mitigação de riscos.
E
Categorias de riscos e Identificação e análise de riscos.
NÃO se trata de um processo no contexto da institucionalização de processos CMMI:
A
Managed process.
B
Required process.
C
Performed process.
D
Defined process.
E
Quantitatively managed process. 
Para alcançar um determinado nível de maturidade, se- gundo o CMMI, a área de processo gestão de risco tem foco
A
na gestão básica do projeto.
B
na padronização do processo. 
C
na execução das atividades.
D
na gestão quantitativa.
E
no aperfeiçoamento contínuo do processo. 
As metas genéricas no CMMI evoluem de modo que cada meta fornece uma base para a próxima. Assim, pode ser feita a conclusão que um processo
A
gerenciado é um processo realizado.
B
quantitativamente gerenciado é um processo otimizado.
C
definido é um processo quantitativamente gerenciado.
D
gerenciado é um processo quantitativamente gerenciado.
E
realizado é um processo gerenciado. 
Existem diversos modelos CMMI disponíveis, gerados a partir do CMMI Framework. Em consequência disso, é preciso estar preparado para decidir qual modelo CMMI melhor atende às necessidades de melhoria de processos de uma organização específica. É possível selecionar uma representação, contínua ou em estágios, e determinar as áreas de conhecimento que serão incluídas no modelo que essa organização irá utilizar. Sobre essas representações, considere:

I.  Oferecerá uma sequência comprovada de melhorias, começando com práticas básicas de gerenciamento e progredindo por um caminho pré-definido e comprovado de níveis sucessivos, cada um servindo como base para o próximo.
II. Oferecerá uma classificação única que resume os resultados de avaliações e permite comparações entre organizações.
III.  Possibilitará comparações dentro e entre organizações em uma área de processo em termos de área de processo ou pela comparação de resultados através do uso de estágios equivalentes.
IV. Permitirá comparação dentro da organização e entre organizações pelo uso de níveis de maturidade.
V.  Permitirá selecionar a sequência de melhorias que melhor atende aos objetivos de negócios e reduz as áreas de risco da organização.

Os itens apresentados referem-se, respectivamente, às representações 
A
contínua,  contínua,  em estágios,  contínua,  em estágios.
B
em estágios,  em estágios,  contínua,  em estágios,  contínua.
C
contínua,  em estágios,  em estágios,  contínua,  em estágios.
D
em estágios,  contínua,  em estágios,  contínua,  em estágios.
E
contínua,  em estágios,  contínua,  em estágios,  contínua.
A empresa onde Paulo trabalha utiliza o CMMI-DEV para prover diretrizes para monitorar, mensurar e gerenciar os processos de desenvolvimento de software. Foi adotada a abordagem de implementação por estágios, que define 5 níveis de maturidade. No nível de maturidade em que a empresa se encontra, o conceito de inovação organizacional integra os processos de gestão de mudanças tanto em processo como na tecnologia e a importância da análise e da resolução de causas dos desvios é explicita- mente enfatizada. Todas as metas específicas e genéricas correspondentes às áreas de processos foram cumpridas, incluindo os processos específicos do nível de maturidade atual da empresa, dentre os quais encontra-se o processo de
A
Gestão de Mudanças.
B
Desempenho do Processo Organizacional.
C
Gestão do Desempenho Organizacional.
D
Foco no Processo Organizacional.
E
Medição e Análise.
O CMMI é uma abordagem para a melhoria de processos. Existem duas representações do CMMI, a representação contínua e a representação por estágios. A representação contínua é projetada para permitir à empresa focar em processos específicos que deseja melhorar em função de suas prioridades. A avaliação pela representação contínua mede a capacidade da empresa em relação a um ou mais processos. Existem quatro níveis de capacidade, que são, respectivamente,
A
0-Inicial − 1-Gerenciado − 2-Definido − 3-Em otimização.
B
0-Incompleto − 1-Gerenciado − 2-Definido − 3-Otimizado.
C
0-Incompleto − 1-Realizado − 2-Gerenciado − 3-Definido.
D
0-Inicial − 1-Realizado − 2-Gerenciado − 3-Quantitativamente gerenciado.
E
0-Inicial − 1-Definido − 2-Gerenciado − 3-Otimizado.
O CMMI fornece diretrizes baseadas em práticas para melhoria dos processos e habilidades organizacionais, cobrindo o ciclo de vida de produtos e serviços completos. Suas abordagens envolvem a avaliação da maturidade da organização, baseada em 5 níveis de maturidade. Para atingir cada nível, um conjunto de áreas de processo precisa ser desenvolvido.

Para uma empresa atingir o nível de maturidade 2 (Gerenciado) é preciso desenvolver áreas de alguns processos, dentre eles,
A
Gestão do Desempenho Organizacional e Análise e Resolução de Causas.
B
Desenvolvimento de Requisitos e Gestão de Riscos. 
C
Desempenho do Processo Organizacional e Gestão Quantitativa do Projeto. 
D
Definição do Processo Organizacional e Foco no Processo Organizacional. 
E
Gestão de Requisitos e Gestão da Configuração.
Analise as afirmativas:

I. O CobiT 4.1 define as atividades de TI em um modelo de processos genéricos com 4 domínios que mapeiam as tradicionais áreas de responsabilidade de TI: planejamento, construção, processamento e monitoramento. Esses domínios são Planejar e Organizar, Adquirir e Implementar, Entregar e Suportar e Monitorar e Avaliar.
II. Na sua formulação, o PETI-JT seguiu a metodologia Balanced Scorecard, que vem sendo adotada como padrão no âmbito dos Tribunais para os seus processos de planejamento estratégico institucional e de TI. A concepção do BSC compreende a tradução da visão e da estratégia de uma organização em um conjunto integrado de objetivos e indica- dores que formam a base para um sistema de gerenciamento estratégico e de comunicação.
III. Dentre os objetivos estratégicos do PETI-JT, em relação ao tema “Excelência no Atendimento”, o indicador 1 − tempo de atendimento às solicitações dos magistrados e servidores, tem como meta atender 100% dos incidentes em no máximo 5 minutos até 2014.
IV. Os níveis de maturidade do CobiT 4.1 são designados como perfis de processos de TI que a empresa reconheceria como descrição de possíveis situações atuais e futuras. São designados como um modelo inicial, em que não se pode avançar para o próximo nível sem antes se ter cumprido todas as condições do nível inferior. O modelo de maturidade do CobiT, como no enfoque original SEI CMM, busca medir os níveis de maneira precisa de forma a certificar que aquele nível foi exatamente atingido.

Está correto o que se afirma APENAS em 
A
I e II.
B
I e III.
C
I, II e III.
D
II e IV.
E
II e III.
O CMMI suporta dois caminhos de melhoria usando níveis. Esses níveis correspondem a duas formas de melhoria de processo, chamadas de representações. Numa representação, a melhoria é medida por processos, sendo possível ter um processo com um certo nível e outro processo com um nível mais elevado, variando de acordo com os interesses da empresa. Na outra representação, a melhoria é medida por um conjunto de processos, sendo necessário que todos os processos atinjam um mesmo nível para que a empresa seja certificada naquele nível. O uso da representação I permite que se atinjam níveis de II . O uso da representação III, permite que se atinjam níveis de IV .

Preenchem, correta e respectivamente, as lacunas I, II, III e IV:
A
por estágios − capacidade − contínua − maturidade
B
contínua − continuidade − por serviços − maturidade
C
CMMI-DEV − desenvolvimento − CMMI-ACQ − aquisição
D
contínua − capacidade − por estágios − maturidade
E
CMMI-DEV − desenvolvimento − CMMI-SVC − serviço 
Página 18 de 20