Ano: 2015 Banca: FCC Órgão: TRT - 3ª REGIÃO (MG) Prova: Analista Judiciário - Tecnologia da Informação
Participando do projeto de modelagem de um banco de dados utilizando o MER, um analista de TI identificou na modelagem lógica duas entidades ligadas entre si em um relacionamento muitos-para-muitos (n:m): a entidade Processo e a entidade Advogado, cujos atributos são apresentados abaixo.

Processo (NumeroProcesso, Ano, NumeroVara, NumeroTribunalOrigem)
Advogado (NumeroOABAdvogado, Nome, Telefone)

Cada advogado pode estar relacionado a vários processos diferentes, ora com status de advogado de acusação, ora com status de advogado de defesa, e cada processo, pode ter vários advogados de acusação e/ou de defesa. Nestas condições, para criar as tabelas no banco de dados real este relacionamento n:m terá que ser desmembrado em dois relacionamentos 1:n com uma tabela de ligação contendo os campos
A
NumeroProcesso, NumeroOABAdvogado e StatusAdvogadoProcesso, com chave primária composta pelos campos NumeroProcesso e NumeroOABAdvogado e chave estrangeira formada pelo campo StatusAdvogadoProcesso.
B
CodigoLigacao, StatusAdvogadoProcesso, Data, com chave primária composta pelo campo CodigoLigacao.
C
NumeroProcesso, NumeroOABAdvogado e StatusAdvogadoProcesso, com chave primária composta pelos campos NumeroProcesso e NumeroOABAdvogado.
D
NumeroProcesso e NumeroOABAdvogado, apenas, com ambos os campos sendo chave primária e estrangeira ao mesmo tempo.
E
CodigoLigacao, NumeroProcesso, NumeroOABAdvogado e StatusAdvogadoProcesso, com chave primária composta pelo campo CodigoLigacao e chave estrangeira formada pelos campos NumeroProcesso e NumeroOABAdvogado.