Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TRF 3ª REGIÃO (SP MS) Prova: Analista Judiciário - Informática (Banco de Dados)
Mineração de dados é a investigação de relações e padrões globais que existem em grandes bancos de dados, mas que estão ocultos no grande volume de dados. Com base nas funções que executam, há diferentes técnicas para a mineração de dados, dentre as quais estão:

I. identificar afinidades existentes entre um conjunto de itens em um dado grupo de registros. Por exemplo: 75% dos envolvidos em processos judiciais ligados a ataques maliciosos a servidores de dados também estão envolvidos em processos ligados a roubo de dados sigilosos.

II. identificar sequências que ocorrem em determinados registros. Por exemplo: 32% de pessoas do sexo feminino após ajuizarem uma causa contra o INSS solicitando nova perícia médica ajuízam uma causa contra o INSS solicitando ressarcimento monetário.

III.  as categorias são definidas antes da análise dos dados. Pode ser utilizada para identificar os atributos de um determinado grupo que fazem a discriminação entre 3 tipos diferentes, por exemplo, os tipos de processos judiciais podem ser categorizados como infrequentes, ocasionais e frequentes.

Os tipos de técnicas referenciados em I, II e III, respectivamente, são: 
A
Padrões sequenciais - Redes Neurais - Árvore de decisão
B
Redes Neurais - Árvore de decisão - Padrões sequenciais
C
Associação - Padrões sequenciais - Classificação
D
Classificação - Associação - Previsão
E
Árvore de decisão - Classificação - Associação