Ano: 2014 Banca: FCC Órgão: TRF 4ª REGIÃO (SUL) Prova: Analista Judiciário - Informática
Texto Associado Texto Associado
Imagem Associada da Questão
Considerando-se o contexto, mantêm-se as relações de sentido estabelecidas pelo texto no que se afirma em:
A
Segundo a tese de Heidegger, os pensadores românticos da Alemanha exploraram a superioridade filosófica do seu idioma, apesar de terem sido assombrados pela presunção de superioridade do francês, que se considerava, erroneamente, a língua do pensamento por excelência.
B
A despeito de, entre os séculos XVII e XVIII, disseminar-se a ideia de que o alemão era uma língua inadequada para representar a civilização moderna, a França domina culturalmente a Europa, Paris se torna a nova Roma, e o francês, por conseguinte, o novo latim. 
C
Porquanto o francês tenha sido eleito como a língua da civilização universal, o alemão − equivalente moderno do grego − reteve em si os traços distintivos da particularidade germânica, cuja autenticidade vai de encontro à superficialidade dos tempos modernos.
D
Depreende-se que o verso “Gosto de ser e de estar”, do início da canção “Língua”, possui carga irônica e provocativa, visto que, embora o tema precípuo de Heidegger seja o conceito do “ser”, explora um privilégio poético-filosófico da língua portuguesa.
E
Uma vez que o francês e o português são idiomas derivados da língua latina, cuja afinidade com a língua grega era enorme, estranha-se que haja franceses ou brasileiros que acreditem em mitos como o de que os franceses só conseguem começar a pensar quando aprendem alemão.