Ano: 2012 Banca: FCC Órgão: TRE-CE Prova: Analista Judiciário - Analista de Sistemas
Ao elaborar e comunicar uma Política de Segurança da Informação − PSI é necessário usar uma linguagem conhecida e meios adequados aos tipos de mensagens e usuários; adotar estilo simples e claro; respeitar o interlocutor sem superestimá-lo nem subestimá-lo; respeitar a cultura organizacional e a do país a que se destina. Nesse sentido, é correto concluir que tal afirmação
A
adere parcialmente às expectativas de uma PSI, pois a política deve ser única, e não deve  levar em conta características humanas e legais do país no qual ela é aplicada. 
B
adere parcialmente às expectativas de uma PSI, tendo em vista que ela deve ser construída considerando uma linguagem tecnológica desvinculada de adoção de estilos.
C
adere integralmente a formulação de uma PSI, pois ao elaborar uma política é necessário que ela seja ajustada a cada instituição e deve ser comunicada de maneira que todos entendam.
D
adere parcialmente às expectativas de uma PSI, porque os atributos do interlocutor não devem constituir relevância, já que todos os usuários, presumivelmente, foram selecionados pela empresa para entenderem a tecnologia usada.
E
não atende aos propósitos de uma PSI, pois linguagem, estilo e interlocutor não podem sobrepor-se à linguagem tecnológica e é preciso levar em conta a cultura do país no qual ela é aplicada, a linguagem tecnológica utilizada e os níveis de sensibilidade de cada tipo de interlocutor.