Ano: 2012 Banca: CESGRANRIO Órgão: LIQUIGÁS Prova: Profissional de Tecnologia da Informação - Desenvolvimento de Aplicações
Em redes de computadores que utilizam o protocolo IP, é comum atribuir endereços a subredes associados ao conceito de máscara. A aplicação da máscara a um endereço X de uma estação qualquer corresponde a efetuar uma operação lógica E (AND) entre os bits do endereço X e a máscara. O resultado de se aplicar a máscara é obter o endereço da subrede à qual o endereço X pertence.

De acordo com essas definições, uma estação com endereço 200.20.35.81 pertence a uma subrede que tem endereço e máscara, respectivamente, iguais a 
A
200.20.35.64 e 255.255.255.224 
B
200.20.35.80 e 255.255.255.224 
C
200.20.35.64 e 255.255.255.240 
D
200.20.35.128 e 255.255.255.240 
E
200.20.35.128 e 255.255.255.248