Ano: 2013 Banca: FCC Órgão: TRT - 15ª REGIÃO (CAMPINAS-SP) Prova: Analista Judiciário - Tecnologia da Informação
Recentemente foi aprovado o desenvolvimento do seguinte projeto no Tribunal Regional do Trabalho da 15a Região:

O projeto é uma aplicação web simples, que implementa as operações básicas de um cadastro e segue um modelo de implementação orientada a objetos na plataforma Java EE. O MySQL foi o banco de dados escolhido para persistir as informações do cadastro. O projeto utilizará os seguintes frameworks Java:

O I é uma tecnologia para desenvolvimento de soluções web especificada pela plataforma Java EE. O objetivo desse framework é estipular um padrão para soluções web corporativas em Java. O Primefaces é uma extensão deste framework e disponibiliza uma série de componentes visuais predefinidos. Trata-se de uma tecnologia open source cujo objetivo é aumentar a produtividade durante o desenvolvimento, com foco em qualidade e eficiência.

O II é um modelo de componentes, especificado pela plataforma Java EE, elaborado para resolver problemas e desafios complexos de softwares corporativos. São componentes que atuam na camada servidor, classificados como componentes de negócio. Podem ser utilizados em diferentes situações como desenvolvimento distribuído, integração/conectividade com legado, processamento assíncrono baseado Fila / Mensagens, controle transacional e outros. Este componente é responsável pelas regras de negócio, ou seja, a persistência e o controle transacional.  A JPAJava Persistence API é o padrão adotado pelo Java para soluções ORM (Objeto Mapeamento Relacional).

A JPA define as regras ORM via anotações, mas por ser uma especificação ou padrão ela depende de um provider. Nessa aplicação poderá ser  utilizado o III como o provider JPA.

Os frameworks I, II e III acima que serão utilizados no projeto são, respectivamente:
A
Tomcat; JBoss; APEX.
B
JSF; EJB; Hibernate.
C
Hibernate; JSF; EJB.
D
EJB; Hibernate; JSF.
E
JBoss; Tomcat; Hibernate.