A arquitetura orientada a serviços (SOA) tem como uma de suas principais características o acoplamento fraco (loose coupling) entre aplicativos, objetivando lidar de forma efetiva com conceitos de escalabilidade, flexibilidade e tolerância a falhas em aplicativos.

Uma das formas de atingir esse objetivo e minimizar dependências entre os aplicativos é usando
A
comunicação assíncrona
B
comunicação ponto a ponto
C
controle central
D
modelo de objetos de negócio único e completo
E
plataforma única