Ano: 2019 Banca: FCC Órgão: SEFAZ-BA Prova: Auditor Fiscal - Tecnologia da Informação
Texto Associado Texto Associado
Considere um cenário composto pelas ações elencadas a seguir.
I. Auditora 1 trava o arquivo para edição.
II . Enquanto Auditora 1 edita o arquivo, Auditora 2 tenta travá-lo e falha.
III . Auditora 2 edita o arquivo sem travá-lo, inclui suas modificações e publica o arquivo.
IV. Auditora 1 publica sua versão e destrava o arquivo.
V. Agora Auditora 2 consegue travar o arquivo e atualizá-lo com suas modificações.
VI. Auditora 1 atualiza sua versão, pegando o arquivo apenas para leitura.
Nesse caso, a política de gerência de configuração e mudança de software é do tipo
A
otimista, que enfatiza o uso de check-out reservado, fazendo bloqueio e inibindo o paralelismo do desenvolvimento sobre o mesmo artefato.
B
pessimista, que enfatiza o uso de check-out reservado, fazendo bloqueio e inibindo o paralelismo do desenvolvimento sobre o mesmo artefato.
C
otimista, pois permite que o artefato seja alterado simultaneamente por Auditora 1 e Auditora 2, e usa o mecanismo de check-in para unir as modificações efetuadas em paralelo.
D
otimista, que evita que conflitos ocorram quando a mesma região ou linha do arquivo é modificada.
E
pessimista, pois utiliza o mecanismo de junção automática quando o artefato é modificado simultaneamente.